Economia

“Gestores da área comercial serão fundamentais na recuperação da economia”, afirma especialista

Publicados

em

Responsáveis por cuidar de assuntos estratégicos de uma empresa, os gestores comerciais fazem parte de uma profissão cada vez mais requisitada no mercado. Com funções que se baseiam na liderança, gestão de equipes e resultados, este é um grupo de profissionais que deve ganhar ainda mais notoriedade nos próximos anos, quando as empresas deverão buscar colaboradores cada vez mais capacitados e com múltiplas habilidades para a retomada do crescimento econômico.

É o que analisa o professor Daniel Auler, que coordena o curso de Gestão Comercial EAD na Universidade do Vale do Taquari – Univates. Ele afirma que, no atual momento econômico nacional e internacional, essa é uma área oportuna para quem avalia ingressar no ensino superior e ainda está em dúvidas sobre o que escolher.

“O gestor comercial possui desde a sua formação uma compreensão ampla de diversas disciplinas que aumenta seu poder de análise visando  tomadas de decisões mais assertivas, uma característica fundamental para quem exerce uma função de liderança”.

Auler explica que para atender as exigências do mercado, o gestor comercial estuda temas mais amplos como marketing, negociação, liderança e gestão de equipes, e temas específicos como formação de preço de venda, custos, finanças, atendimento e relacionamento com o cliente, entre outros.

Leia Também:  Cacique Aritana Yawalapiti morre vítima de Coronavírus aos 71 anos

“Pensando em garantir que este profissional esteja pronto para atuar em um período no qual as empresas vão exigir cada vez mais qualidade de seus colaboradores, a Univates passou a oferecer neste ano o curso de Gestão Comercial em nível superior na modalidade a distância. Desenvolvemos uma metodologia que permite que o profissional já na formação seja envolvido com atividades de comercialização em organizações de todo porte, afinal, é nas atividades de compra e venda que os negócios prosperam”, complementa o professor.

Formação

O curso Superior de Tecnologia em Gestão Comercial tem duração de dois anos e conta com carga horária de 1.600 horas. As mensalidades custam R$ 179,00 no primeiro trimestre, assim como os demais cursos EAD da Univates.

Para participar do processo seletivo, o candidato pode se inscrever gratuitamente em www.univates.br/vestibular e realizar a prova de forma on-line.

Para isso, ao finalizar a inscrição, o candidato recebe e-mail com uma senha para acessar o ambiente virtual de prova em univates.br/startunivates. A prova pode ser realizada a qualquer momento e tem duração de até duas horas a partir do sorteio do tema da redação.

Leia Também:  Presidente da CDL David Pintor diz que comercio em VG cresceu 4% e transito sofrerá grandes mudanças

A correção das provas acontece em até 48 horas, exceto em finais de semanas e feriados, e o resultado é enviado para o e-mail do candidato que, se aprovado, pode realizar sua matrícula de forma on-line em univates.br/startunivates.

Outros cursos EAD e polos

Na área das licenciaturas (formação de professores) são ofertados os cursos de Ciências Biológicas, Educação Física, História, Letras e Pedagogia. Administração, Ciências Contábeis e Engenharia de Produção são os três bacharelados disponibilizados. As opções de superior de tecnologia são Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Comércio Exterior, Gestão Comercial, Gestão de Cooperativas, Gestão da Tecnologia da Informação, Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Logística, Marketing e Processos Gerenciais.

Ao todo, a instituição conta com 17 polos, localizados em Arroio do Meio, Arvorezinha, Bento Gonçalves, Bom Retiro do Sul, Carlos Barbosa, Encantado, Estrela, Guaporé, Lajeado – Polo Sede, Nova Mutum (MT), Serafina Corrêa, Soledade, Taquari, Teutônia, Venâncio Aires, Vera Cruz e Veranópolis.

Por ZF Press

COMENTE ABAIXO:

Economia

Ferrovia Estadual está prevista para começar a ser construída no final junho afirma governador Mauro Mendes

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

Em entrevista nesta quarta-feira 18, à Rádio Capital FM, o governador de MT Mauro Mendes (UB), anunciou que as obras para implantação da Ferrovia Estadual, está prevista para começar no final junho deste ano.

Segundo Mauro, em uma reunião com o presidente da Logística um dos responsável pela instalação da Rodovia no estado, disse que Licença de instalação já será emitida.

“Olha tivemos uma reunião, e foi esclarecido que licença de instalação, vai ser emitida no começo de junho, e nós vamos anunciar o começo das obras em um evento que será realizado em Rondonópolis”.afirmou Mendes.

Como já informado a Ferrovia Estadual,vai interligar Cuiabá à Rondonópolis, com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.Para instalação da Ferrovia o governo de MT investiu cerca de R$ 11 bilhões de reais, valor este que terá retorno já que com essa implantação está prevista a geração de mais de 235 mil empregos, além da economia e agilidade no transporte da safra, que é um setor de economia muito grande para MT.

Leia Também:  Imitáveis lança clipes interpretando Jacildo e Seus Rapazes

Vale ressaltar que  a primeira Ferrovia Estadual a ser implantada, fazendo que o estado seja referência nacional, não só em grãos, mas também em logística.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA