Policial

Garota combina com CV o assassinato do namorado de 16 anos

Publicados

em

JB News

Da Redação

O adolescente, Richard William dos Santos, 16 anos, foi brutalmente assinado na noite dessa quarta-feira (18.11), com quatro tiros dentro de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na cidade de Alto Paraguai-MT (420 km de Cuiabá).
Segundo as informações obtidas, o crime foi planejado pela namorada do adolescente, e teve apoio do segurança da Unidade, e de três outros homens que pertencem ao comando vermelho (CV).
A polícia chegou até a namorada do jovem assassinado, depois de ter conseguido prender um dos autores do crime. A Polícia Militar foi acionada e em conversas com as testemunhas, a namorada da vítima entrou em contradição.
As outras testemunhas ouvidas no local, também ajudaram com informações. Policiais seguiram até o endereço do suspeito e nas buscas, encontraram duas armas. O bandido confessou o crime e disse que os comparsas são de Diamantino (10 km de Alto Paraguai) e ainda que, conheceu os outros dois homens, só no dia do assassinato. Segundo o suspeito, o crime foi encomendado pelo Comando Vermelho.
E ainda encontraram durante as investigações no telefone celular apreendido várias mensagens que eram direcionados do aparelho da namorada de Richard.
Segundo relato, ela inventou uma consulta na UPA, e pediu para que ele a acompanhasse no atendimento, ao chegar, o local foi invadido por três elementos armados e encapuzados e que começaram a agredir as pessoas que por ali buscavam atendimento. No instante que Richard correu para outra sala de atendimento para se esconder, o que não foi possível, ele foi alvejado por quatro vezes na cabeça e morreu no local.
O crime foi combinado através do aplicativo Whatsapp com outros dois companheiros do CV que moram na cidade de Diamantino (208 km da Capital).
A polícia investiga o verdadeiro motivo do assassinato.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Rotam prende policiais militares que planejavam roubo em comitê de candidato a vereador por Cuiabá
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fraude em Licitação

Gaeco realiza operação “Afeto” em Primavera do Leste3

Publicados

em

JB News

A Unidade Regional do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) de Rondonópolis deflagrou nesta segunda-feira (23), em Primavera do Leste, a operação “Afeto”. O trabalho conta com o apoio do Gaeco de Cuiabá e busca auxiliar investigação realizada pela 1ª Promotoria de Justiça Cível de Primavera do Leste. Foram cumpridos mandados de busca e apreensão na residência e no gabinete de um vereador do município, nas empresas Nova Service e Top Service, além da estação e almoxarifado onde são guardados os veículos e maquinários das empresas investigadas.

 

De acordo com o Gaeco, a investigação apura fraudes em licitação envolvendo empresas registradas em nome da esposa e do enteado do parlamentar investigado. Há indícios de que o vereador atue junto ao município promovendo o direcionamento de licitações, visando o favorecimento de familiares que supostamente operam como “laranjas”.

 

Entre os anos de 2016 a 2020, as duas empresas alvos da operação movimentaram mais de R$ 4 milhões de verbas públicas por meio de contratos celebrados com o município. Entre os serviços contratados, estão transportes escolares, locações de máquinas e caminhões, varrição, recolhimento de resíduos, obras de engenharia, calçamentos, entre outros.

 

Leia Também:  Rotam prende policiais militares que planejavam roubo em comitê de candidato a vereador por Cuiabá

Segundo o Gaeco, o nome dado à operação realizada nesta segunda-feira é uma alusão aos laços de parentesco e amizade do vereador com as empresas supostamente favorecidas pela prefeitura.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA