Arquivos JB News 10 Anos

Ganha Tempo promove campanha Outubro Rosa em Mato Grosso

Publicados

em

 

Como um espaço com ampla circulação de pessoas, o Ganha Tempo instituiu a rotina de promover campanhas sociais que visam a melhoria das condições vida e saúde

 

Criada na década de 1990, a campanha anual Outubro Rosa rapidamente ganhou o mundo e hoje é marca de prevenção ao câncer de mama. Anualmente, o mês de outubro é utilizado para alertar a sociedade sobre a necessidade e importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. A mobilização visa também à disseminação de dados preventivos e ressalta a importância de olhar com atenção para a saúde.

Diversas instituições aderem à campanha para encorajar mulheres a realizarem exames, como a mamografia, entre elas o Ganha Tempo em Mato Grosso. Iniciativas como essa são consideradas fundamentais para a prevenção, visto que nos estágios iniciais, a doença é assintomática. Durante todo o mês, os colaboradores das sete unidades do Ganha Tempo no estado estarão usando o símbolo da campanha, um laço rosa junto a roupa, além da decoração alusiva à campanha em todos os prédios.

Como um espaço com ampla circulação de pessoas, o Ganha Tempo instituiu a rotina de promover campanhas sociais que visam a melhoria das condições vida e saúde da população.

De acordo com o diretor do Consórcio Rio Verde que administra as unidades do Ganha Tempo, Osmar Linares, a política instituída é que, além dos serviços oferecidos, o usuário possa receber algo a mais para melhorar a qualidade de vida dele. “Nós procuramos atender com excelência e também amplia a consciência em diversas questões que são de importância para nossa sociedade. Nosso papel é de promover cidadania dentro de nossas unidades”, afirma.

Leia Também:  Prova da primeira fase para eleição do Conselho Tutelar acontece nste domingo

Câncer de Mama

De acordo com Instituto Nacional de Câncer (INCA), a cada ano, no Brasil, 59.700 mulheres são diagnosticas com tumor maligno na mama, o que representa 29,5% dos casos de câncer, em mulheres, no país. Estes casos resultam em 16.700 óbitos anualmente.

O INCA alerta que diagnosticar o câncer precocemente aumenta significantemente as chances de cura. Alerta confirmado pelos dados,  95% dos casos identificados em estágio inicial têm possibilidade de cura. Por isso, a mamografia é imprescindível, sendo o principal método para o rastreamento da doença.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Mastologia (SBM) das 11,5 milhões de mamografias que deveriam ter sido realizadas no país em 2018, apenas 2,7 milhões foram feitas. A diminuição acentuada do exame é um fator de risco para milhares de mulheres e um alerta para a importância da campanha Outubro Rosa.

O movimento teve início no ano de 1990 em um evento chamado “Corrida pela cura” realizado na cidade de Nova Iorque (EUA), para arrecadar fundos para a pesquisas sobre a doença. A medida que o movimento foi crescendo, outubro foi instituído como o mês de conscientização nacional nos Estados Unidos, até se espalhar para o resto do mundo. A primeira ação no Brasil aconteceu em 2002 na cidade de São Paulo.

Leia Também:  Jovem é executado a tiros na periferia de Várzea Grande

Público Feminino

O Ganha Tempo de Mato Grosso entende que campanhas sociais e de conscientização são essenciais. Recentemente, foi realizada a campanha de arrecadação de roupas e agasalhos. Junto ao Outubro Rosa, as unidade do Ganha Tempo também estão promovendo outras duas campanhas em apoio ao público feminino; uma de prevenção ao feminicídio e outra sobre o direito a igualdade em todas as esferas, especialmente no trabalho. “Todo mês promovemos uma campanha diferente e, assim, fazemos a nossa parte no trabalho social e mobilização. Já fizemos, inclusive, parcerias com unidades escolares nessas campanhas”, pontua Linares.

Atualmente, o Ganha Tempo está presente em seis cidades de Mato Grosso, com sete unidades: Cuiabá (Unidades Ipiranga e CPA), Várzea Grande, Rondonópolis, Cáceres, Barra do Garças e Sinop.

O Ganha Tempo no estado tem tido uma média de 113 mil atendimentos mês, com um índice de 99% de aprovação dos atendimentos entre bom e ótimo, com filas de espera abaixo do tempo determinado no contrato com o Governo do Estado.

Em todas as unidades, os serviços mais procurados são confecção de RG, vagas de emprego através do SINE (nas unidades que disponibilizam o serviço), Detran, confecção de título de eleitor no TRE e os atendimentos ofertados pela Previdência Social (INSS).

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Automutilação, doença silenciosa

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA