Censura nas Redes

Funcionários de Emanuel Pinheiro excluem de grupos de whatsapp pessoas que não aderem ao prefeito

Publicados

em

JB News

Da Redação

Funcionários de Emanuel excluem de grupos de whatsapp pessoas que não aderem ao prefeito .

Como já não bastassem as pressões sofridas vindas dos cabos eleitorais e dos apoiadores que precisam manter seus cargos na prefeitura de Cuiabá além do uso da máquina pública para favorecimento do atual prefeito Emanuel Pinheiro, através da Secretaria de Educação, sob comando de Edilene de Souza Machado, onde  foi usada de palanque para pedir voto e mobilizar os servidores em favor do emedebista. A exemplo da Secretaria de Saúde, em que Miriam Pinheiro foi gravada coagindo servidores em horário de expediente, agora a caçada está a todo vapor nos grupos de whatsapp.

Manifestantes ou jornalistas que escrevem fatos relacionados ao uso da máquina pública ou até mesmo sobre notícias do cotidiano que não favorecem o prefeito estão sendo excluídos dos grupos a mando do chefe, que quer a qualquer custo silenciar não só a imprensa mas a liberdade de expressão vinda dos quatro cantos da capital.

Leia Também:  Diplomação de Carlos Fávaro e suplentes será virtual nesta terça-feira

A ordem é excluir toda  e qualquer pessoa que no mínimo não ficar de bico calado.

Em um trecho do áudio é possível ouvir uma funcionaria da prefeitura dizer  que nos grupos onde ela está é proibido falar mal ou postar matéria negativa relacionado ao prefeito.

O site JB NEWS  existe pouco mais de 11 anos esta sendo tolhido de postar ou publicar notícias que pode colocar em cheque a identidade da gestão pública do prefeito.

Hoje após mais uma vez denunciar o uso indevido da máquina pública na secretaria de educação da capital em vários grupos, os famosos “puxa sacos” que são funcionários do prefeito resolveram calar o site excluindo-o do debate por não se acovardar  e nem  prestar serviço a qualquer grupo político que não respeita a democracia.

O site JB News tem a honra de sobreviver por mais de uma década sem precisar se prostituir ou se curvar diante de qualquer grupo econômico, principalmente quando tenta cometer um ataque a democracia.

Leia Também:  Gisela minimiza críticas e apoios e diz que vitória de Abílio será apertada

Diante deste fato o JB continuará a escrever e a postar nada mais que a verdade dos fatos, doa a quem doer.

E não será  a exclusão de  grupos que fará nossa honra ser jogada na lama.

Ouça o Áudio abaixo:👇

 

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA