Arquivos JB News 10 Anos

Evento da Defensoria nesta sexta foi selecionado pela ONU

Publicados

em

 

Evento da Defensoria nesta sexta (18) foi selecionado pela ONU para fazer parte do Circuito Urbano 2019

O I Ciclo de Palestras Defensorias Públicas e Cidades Inclusivas ocorrerá na sede da DPMT nesta sexta-feira (18), às 13h; a inscrição é gratuita
Alexandre Guimarães

Nesta sexta-feira (18), às 13h, será realizado o I Ciclo de Palestras Defensorias Públicas e Cidades Inclusivas na sede da Defensoria Pública de Mato Grosso. O evento foi selecionado pela Organização das Nações Unidas para fazer parte do Circuito Urbano 2019 ONU-Habitat.

A inscrição é gratuita e pode ser feita aqui, na página da Associação Mato-grossense dos Defensores Públicos (Amdep) no Facebook, e também no local do seminário, a partir das 12h.

Segundo a defensora pública Tânia Vizeu, diretora cultural da Amdep e organizadora do evento, todos que buscam uma cidade mais inclusiva estão convidados. “Somos a primeira Defensoria do país a firmar uma parceria com a ONU. O objetivo é contribuir para a comunidade e para o fortalecimento dos profissionais da própria Instituição”, afirmou.

“Vai ser uma excelente oportunidade para que os membros possam se aproximar da comunidade, divulgar e replicar projetos exitosos que melhoram a sociedade, promovendo igualdade entre as pessoas”, completou a defensora.

Os quatro novos defensores públicos que vão tomar posse nesta sexta-feira (18), pela manhã, vão ter o primeiro contato com as práticas da Defensoria Pública de Mato Grosso no evento.

Leia Também:  Cinco pessoas foram presas com 102 kg de pescado irregular

A “Agenda 2030 e Defensorias Públicas: Parcerias e Inovações para um Desenvolvimento Sustentável” está sendo realizada pela Amdep em parceria com a Defensoria Pública de Mato Grosso e a Escola Superior da Defensoria (ESDEP-MT), com o apoio institucional do Circuito Urbano 2019 ONU-Habitat.

Clodoaldo Queiroz, defensor público-geral de Mato Grosso, João Paulo Carvalho Dias, presidente da Amdep e Rosana Esteves Monteiro, vice-presidente da Escola Superior da Defensoria Pública (ESDEP-MT), vão representar as instituições na abertura do evento, que ficará por conta de Paula Regina Vieira Zacarias, representante da ONU-Habitat, arquiteta e urbanista (UFAL), pós-graduada em Reabilitação Ambiental Sustentável Arquitetônica e Urbanística (UnB).

Circuito Urbano 2019 – Ao longo de todo o mês de outubro, o Programa das Nações Unidas para Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) participa de 160 eventos em todo o país para discutir o tema “Cidades Inovadoras e Inclusivas”.

“Em Mato Grosso, foram selecionados apenas dois projetos e a Defensoria está entre eles, pois atua em consonância com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para 2030”, destacou Tânia.

O Circuito Urbano 2019 faz parte do Objetivo 11: “tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis”.

O Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat) estabeleceu-se em 1978 como resultado da Conferência das Nações Unidas sobre Assentamentos Humanos (Habitat I). Com sede em Nairóbi, capital do Quênia, é a agência da ONU que atua em prol do desenvolvimento urbano, social, econômico e ambientalmente sustentável e que promove a moradia adequada para todas e todos.

Leia Também:  Mais de 800 vagas de emprego são ofertadas em Mato Grosso

O ONU-Habitat está presente no Brasil há mais de 20 anos, com escritórios no Rio de Janeiro e Maceió, atuando por meio de projetos nos diversos temas urbanos em cidades de todo o país.

Clique aqui para saber mais sobre o Circuito Urbano 2019 ONU-Habitat.

Programação – Na ocasião, serão apresentados os seguintes projetos: “Reciclando Dignidade”, pelas defensoras Carolina Weitkiewik e Cleide Ribeiro Nascimento; “Rede de Frente”, pela defensora Lindalva de Fátima Ramos (ambos pré-selecionados para concorrer ao Prêmio Innovare 2019); “Participação da Defensoria Pública nas Redes Intersetoriais”, pela defensora Tânia Matos; “Aplicativos em aparelhos móveis no combate à violência doméstica”, pela defensora Rosana Leite; “Mutirão para a Alteração de Registro de Pessoas LGBT”, pela defensora Tânia Vizeu; “Defensoria Pública no Berçário”, pela defensora Elianeth de Oliveira; “Livro que Livra”, pela defensora Giovanna Santos; e “Defensoria Pública e a População em Situação de Rua”, pela vice-presidente da ESDEP, Rosana Monteiro.

Confira aqui a programação completa e a página do evento no Facebook.

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Máquina pública ou máquina eleitoral em MT?

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA