Entretenimento

Estado decreta novas regras para funcionamento de bares, cinema e esporte

Publicados

em

O decreto nº 655/2020 foi publicado em edição extra do Diário Oficial desta sexta-feira (25.09)

Lorena Bruschi

Com informações Secom-MT

Cine Teatro Cuiabá – Foto por: Junior Silgueiro/GComMT
A | A

Com a redução na média móvel de casos confirmados de covid-19 no Estado, o governo publicou novas regras para regulamentar a prática de esportes e a abertura de cinemas e bares em Mato Grosso. O decreto nº 655/2020 foi publicado em edição extra do Diário Oficial desta sexta-feira (25.09).

De acordo com o governador Mauro Mendes, planejamento para a retomada das atividades econômicas no Estado está acontecendo de forma responsável, com o objetivo de preservar os postos de trabalho e a economia de Mato Grosso.

“Estamos fazendo essa retomada de forma gradativa. Com a redução da contaminação e da ocupação de UTIs, já é possível permitir que essas atividades possam ser realizadas, sempre de forma segura. O setor cultural e esportivo foi muito prejudicado pela pandemia e cabe ao Governo auxiliar esses profissionais a restabeleceram sua fonte de renda”, afirmou o governador.

Leia Também:  Primeiro show socialmente distanciado é realizado no Reino Unido

“É importante exaltar a sensibilidade do governador que permitiu essas atividades culturais e esportivas, que foram as primeiras afetadas pela pandemia e assim minimizar os impactos a quem vive do setor. Tudo isso paralelamente à ampliação da rede pública de saúde, com criação de leitos de UTI em todo estado, assim como pelas ações de tratamento precoce, a exemplo da criação do Centro de Triagem na Arena Pantanal e do envio de medicamentos e  300 mil testes rápidos aos municípios”, completou o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Alberto Machado.

Novas regras

A prática de esportes coletivos das categorias amador e profissional pode funcionar, desde que respeitado o limite de público externo de, no máximo, 30% da capacidade total do local do evento. Também deve ser observado o espaçamento de 1,5 metro entre os assentos.

Já os cinemas, museus e teatros, podem abrir as portas ao público, desde que respeitado o limite de pessoas correspondente a 50% da capacidade máxima do local. Para este cálculo, é necessário usar como base o metro quadrado e o espaçamento de 1,5 m entre as pessoas.

Leia Também:  Ouça da Janela - Especial Dia das Crianças', uma opção segura de diversão para a criançada de Cuiabá e Rondonópolis

Os bares, shows, casas noturnas e congêneres, precisam respeitar o limite de público sentado, que não deve ultrapassar 50% da capacidade máxima do local, utilizando o mesmo critério para cálculo dos cinemas, teatros e museus.
Para a edição do decreto, o governo considerou a tendência de estabilização nos registros de casos de infecção pelo coronavírus, conforme os dados do último Boletim Epidemiológico do Ministério da Saúde n° 32. Também houve a redução da média móvel de casos confirmados, e de hospitalizações e óbitos.

Confira o decreto na íntegra clicando aqui.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Ouça da Janela – Especial Dia das Crianças’, uma opção segura de diversão para a criançada de Cuiabá e Rondonópolis

Publicados

em

Este ano, o feriado de 12 de outubro será diferente para muitas famílias, principalmente para as crianças. Em decorrência da pandemia mundial, muitos pais optaram por comemorar o Dia das Crianças em casa. Pensando nesta realidade, a Fecomércio, através do Sesc Mato Grosso, anuncia sua terceira edição do Ouça da Janela, desta vez com uma temática infantil.

O projeto é uma das centenas de ações que a instituição realiza para fomentar a cultura no estado. Criado na impossibilidade de promover os tradicionais shows musicais, o ‘Ouça da Janela’ já teve duas edições. A primeira contou com a participação da Companhia Sinfônica e a segunda, em comemoração ao Dia da Independência, levou o Corpo Musical da Polícia Militar de Mato Grosso para as ruas de Cuiabá.

Desta vez, o show itinerante tem o objetivo de levar música e alegria para os pequenos cuiabanos e rondonopolitanos, e será a primeira edição que acontecerá em mais de uma cidade do estado. A música ficará por conta da Banda Caixa de Brinquedos, em ambas as cidades. O grupo mato-grossense, conhecido pelo repertório cheio de músicas infantis nostálgicas, está preparando um repertório para lá de animado e promete colocar a criançada para dançar em suas janelas e sacadas.

Leia Também:  Notícia sobre animal com Coronavírus é alarmante e pode gerar uma nova crise de saúde pública

Em Cuiabá, o evento acontecerá no dia 10 outubro, sábado, às 17h, e passará por diversas ruas da capital. Saída: Sesc Arsenal – Rua 13 de Junho | Av. Senador Metelo | Rua Joaquim Murtinho | Rua Major Gama | Av. tenente Coronel Duarte | Av. Presidente Getúlio Vargas | Praça 8 de Abril | Av. José Monteiro de Figueiredo | Av. Antártica | Av. Filinto Muller | Rua Tenente Thogo da Silva Pereira | Av. São Sebastião | Av. 8 de Abril | Av. Dr José Feliciano de Figueiredo | Av. Senador Metello | Rua Comandante Costa | Rua Coronel Benedito Leite | Chegada no Sesc Arsenal – Rua 13 de Junho.

Em Rondonópolis, o “Ouça da Janela – Especial Dia das Crianças”, ocorrerá no feriado, 12/10, também às 17h. Confira o percurso: Saída – Av Alameda dos Cravos – SESC Rondonópolis – Sagrada Família | Av. dos Estudantes – Vila Aurora | Av. Lions Internacional – Vila Aurora | Av. Júlio Campos – Vila Aurora e Grand Ville | Av. Paulista – Vila Aurora | Av. Brasil – Cidade Alta e Iguaçu | Av. D Pedro II – Vila Aurora | Av. Marechal Rondon – Praça dos Carreiros – Centro | Av. XV de Novembro – Casario.

Leia Também:  BPW Cuiabá realiza live solidária musical com o cantor Carlos Navas

Além dos percursos, o evento contará com uma transmissão ao vivo via Facebook do Sesc Mato Grosso. Assim, as crianças de todas as idades poderão acompanhar a celebração na segurança de seus lares.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA