RECICLAGEM

Empresa de Cuiabá implanta projeto para coleta de óleo de cozinha, pilhas e cápsulas de café

Publicados

em

Proposta é fazer o descarte correto e doar recicláveis para produção de produtos como biodiesel

Se descartado de forma irregular, um litro de óleo de cozinha pode contaminar até 25 mil litros de água. Pensando nisso, a Agenda Assessoria desenvolveu um programa para estimular a consciência ambiental dos seus colaboradores. Há um ano, existe um ponto de coleta na sede da empresa para que os funcionários depositem o óleo usado.

Conforme explicou o gerente, Gláucio Cardoso, desde a implementação do projeto já foram coletados 100 litros de óleo. Com isso, o programa evitou a contaminação de ao menos 2,5 milhões de litros de água. O material coletado foi doado para empresa especializada e servirá como matéria-prima para produção de biodiesel, sabão, tintas a óleo, massa de vidro entre outros produtos.

“Todas as semanas nós encaminhamos mensagens para os colaboradores para incentivar a doação do óleo de cozinha. E para não cair no esquecimento, passamos informações sobre os impactos do óleo descartado de forma incorreta no meio ambiente”, explicou.

Leia Também:  Vereador Dr. Luiz Fernando propõe PL para tornar obrigatório o exame do quadril para recém-nascido

A ideia para implementação do programa surgiu do diretor Edson Jacintho da Silva, que pensou nas consequências a longo prazo que o descarte inadequado traz. A partir de então, foi instalado um ponto de entrega com um tambor para o recolhimento. Os colaboradores trazem semanalmente o produto utilizado em casa.

Há seis meses, a empresa também implementou a coleta de pilhas e cápsulas descartáveis de café. As pilhas serão destinadas para empresa especializada em Cuiabá. As cápsulas, no entanto, não têm destino no município e, por isso, serão enviadas para Osasco, em São Paulo, onde há o tratamento adequado.

“A ideia é ser responsável com o meio ambiente. É muito importante promover esse tipo de consciência para os nossos colaboradores e colaborar com o descarte adequado de materiais que são amplamente utilizados dentro do nosso cotidiano”, finalizou.

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA