Eleições 2020

Emanuelzinho planeja construir centros para idosos e portadores de necessidades especiais

Publicados

em

JB News

_O candidato também afirmou que quer instalar estações de ônibus climatizadas e com acessibilidade na cidade_

O candidato a prefeitura de Várzea Grande, Emanuelzinho (PTB), planeja construir na cidade o Centro de Convivência para o Idoso e o Centro de Reabilitação para pessoas com necessidades especiais. A proposta faz parte do Plano de Governo apresentado à sociedade.

O anúncio ocorreu em visita na manhã desta quinta-feira (22), à Associação Várzea-Grandense das pessoas com Deficiências, Idosos e Famílias Carentes (AVDF), no bairro Cristo Rei, uma das regiões mais populosas de Várzea Grande.

“Muitas vezes o idoso cuida a vida toda da família e no final dela é esquecido pelo Poder Público e pelos amigos. Eu quero proporcionar a vocês o cuidado que vocês merecem. Por isso que está no nosso plano de governo a construção desses dois Centros com pessoas qualificadas, que saibam tratar gente como gente que são, e que sejam tratadas com respeito e que tenham a melhor estrutura física possível”, disse o petebista.

As duas demandas estão na carta-compromisso, entregue ao candidato durante o evento. Nela também constam os pedidos para a criação da Secretaria Adjunta para o Idoso, pessoas com deficiências, que sejam ligadas ao gabinete, mais acessibilidade na cidade e uma cota de 3% para o idoso deficiente.

Acompanhado dos candidatos a vereadores Professora Fátima Guedes (Republicanos) e o Professor Averides, Emanuelzinho também disse que irá instalar estações climatizadas de ônibus, com acesso para as pessoas com necessidades especiais, idosos e obesos.

Leia Também:  PDT amplia força em MT e ganha 8 prefeituras; uma delas atinge 92% de votação

“Na capital existe estação climatizada de ônibus, com acesso ao portador de necessidades especiais, com espaço exclusivo para o idoso e para quem sofre com a obesidade. Por que não podemos ter isso aqui no terminal Andre Maggi, que é onde tem o maior fluxo de pessoas em VG?. Vamos trabalhar para ter uma frota de ônibus que tenha acessibilidade. Também vamos bater de frente com a questões das rotas que o transporte coletivo faz para redesenhá-las atendendo as pessoas que mais precisam”, explicou.

Também estava presente no evento, a presidente da Associação dos Amigos do Autista e da Criança com Deficiência de Mato Grosso, Helena Amaral, que também criticou a falta de estrutura que Várzea Grande tem em prol das crianças autistas.

“Várzea Grande é uma cidade que está bonitinha, bem cuidada, meio-fio está pintado, as praças estão arrumadinhas, mas é uma casca oca. A cidade começou a lutar contra a pandemia com 2 leitos de UTI [Unidade de Terapia Intensiva], isso é a mesma coisa que uma onça entrar na minha casa e eu ir com uma colher de pau enfrentar ela. Melhorou? Um pouco, mas nós dependemos de mais de Cuiabá, está tudo lá e aqui nós não temos nada. Não tem neurologista infantil, não temos profissionais especializados, não temos acessibilidade. Temos uma lei que garante para as crianças com deficiência um brinquedo adaptado nos parquinhos, mas não tem nenhum brinquedo adaptado aqui. Nós também temos uma lei que garante atendimento integral aos nossos filhos, mas não temos uma terapeuta ocupacional há mais de anos”, afirmou.

Leia Também:  CDL de Várzea Grande e IHEMCO Banco de Sangue realizam campanha para arrecadação de bolsas de sangue

A presidente ressaltou que o que a cidade precisa urgentemente é de investimento nessas áreas.

“Nós precisamos de tanta coisa para que nossos filhos possam crescer e ter algum futuro, como outro cidadão qualquer. Mas nós queremos mesmo é investimentos hoje para que nossos filhos, para que eles não precisem amanhã da ‘muleta’ do governo pra viver. Que eles possam ser cidadãos e contribuir com o governo. O que falta para Várzea Grande é isso, um investimento, e eu te desejo coragem Emanuelzinho porque a nossa cidade precisa de alguém com coragem pra lutar, porque disposição você tem, tem apenas 25 anos e tem energia de sobra”, disse.

Emanuelzinho tem como vice o candidato Wilton Coelho, o Wiltinho (PTB) e encabeça a coligação “Um Novo Tempo Para Várzea Grande”, que conta com o apoio dos partidos, PT, PTB, PTC, MDB, PSD e Republicanos.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CUIABÁ

Emanuel Pinheiro será investigado pela Polícia Federal por disseminar Fake News

Publicados

em

JB News

 

O prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição Emanuel Pinheiro será investigado pela Polícia Federal por disseminação de Fake News. Conforme o pedido de instauração de Inquérito Policial recebido nesta segunda-feira (23.11), Emanuel responderá por campanha difamatória, caluniosa e injuriosa contra o candidato Abílio Jr.
“Até onde vai a maldade, vai o desrespeito de uma campanha eleitoral? Até onde pode vir a mentira para destruir a moral das famílias das pessoas? Eu, igual a você, estou indignado com a falta de pudor dessa turma. A falta de respeito com a minha família, com a minha igreja, com a minha fé”, disse Abílio em suas redes sociais.
Na última semana, diversos vídeos contra Abílio começaram a circular na internet sendo que um deles acusa o candidato de desviar materiais de construção da Igreja Assembleia de Deus e usar isso para reformar sua casa.
“Emanuel, respeite as pessoas. Vamos fazer o debate no campo político e não seja um covarde que ataca as pessoas através de mentiras e fake news para tentar defender uma gestão corrupta, para tentar defender um vídeo de paletó que até hoje você não explicou”, expôs Abílio.
De acordo com a defesa de Abílio e Wellaton, patrocinada pelo advogado Alexandre César Lucas, os materiais divulgados ultrapassaram a crítica política. “Isso é inaceitável no campo do bom debate e no exercício democrático dos atos de campanha. As Fake News promovidas pelos apoiadores do Emanuel Pinheiro se estenderam à vida pessoal, aos familiares e até à religião de Abílio. A internet não é terra de ninguém e os responsáveis responderão por isso sim”, argumentou.
De acordo com Alexandre, a consistência do material entregue à Polícia Federal, e que ensejou a instauração do Inquérito Policial, comprova que foram cometidos crimes previstos nos artigos 138, 139 e 140 do Código Penal Brasileiro.

Leia Também:  CDL de Várzea Grande e IHEMCO Banco de Sangue realizam campanha para arrecadação de bolsas de sangue

Veja o Pedido: 👇

IP_1

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA