CUIABÁ

Emanuel Pinheiro não apresenta propostas e chama adversário de “lixo”

Publicados

em

JB News

 

Em uma clara demonstração de despreparo, o candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), não apresentou propostas durante o debate da TV Vila Real (Grupo Gazeta), realizado no final da manhã desta sexta-feira (27/11).

Durante os cinco blocos, o emedebista travou uma verdadeira guerra psicológica para tentar desestabilizar o vereador e candidato a prefeito Abílio Jr (Podemos). Emanuel fez ataques pesados, chamou o seu adversário de “lixo” e “pai da mentira”.

“Vim falar de propostas e o adversário se ateve a calúnias e difamação. Mas, para cada fake news que foi propagada nesse debate, nós temos uma proposta. Queremos fazer o Zap Saúde, colocar ortopedista nas policlínicas e acabar com a realidade de ter que acordar 04h para marcar consulta e chegar na UPA para ser atendido as 07h, sendo que até às 17h não foi atendido ainda”, declarou Abílio.

Visivelmente descontrolado, o debate teve que ser suspenso pelo ataques promovidos por Emanuel Pinheiro contra a honra, família e religião de Abílio.

Demostrando desrespeito aos eleitores cuiabanos, ao ser questionado sobre um contrato de R$ 40 milhões com a empresa Locar, responsável pelo serviço de coleta na Capital, e sobre os motivos por ainda não ter implantado a coleta seletiva em Cuiabá, Emanuel respondeu “Um candidato lixo fazendo uma pergunta sobre lixo”.

Leia Também:  “Precisamos olhar para quem mais precisa de ajuda neste momento”, diz Max Russi

“Triste vir a um debate pra presenciar esse tipo de postura. Uma máquina de fabricar Fake News e agora de desrespeito. A turma do paletó está desesperada, porque vai perder o mandato da prefeitura”, disse Abílio.

Só nas eleições deste ano, Emanuel Pinheiro já é alvo de quase 70 ações por disseminação de Fake News. “O candidato Abílio Jr está sendo vítima da mais suja, rasteira, covarde e abjeta campanha caluniosa, difamatória e injuriosa de disseminação de Fake News já vista. Não se tem notícias de nada tão grave e sujo como o que vem ocorrendo no segundo turno em Cuiabá”, afirmou o advogado Alexandre Cesar Lucas da Coligação “Cuiabá para Pessoas”.

COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Novo decreto autoriza funcionamento em Cuiabá de atividades não essenciais, aulas híbridas e academia em condomínios

Publicados

em

Por

FLEXIBILIZAÇÃO

JB News

Por Denise Niederauer

Novo decreto autoriza funcionamento em Cuiabá de atividades não essenciais, aulas híbridas e academia em condomínios

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB),  liberou o funcionamento das atividades comerciais que estavam suspensas por não se enquadrarem dentro do grupo de serviços essenciais.

O ato consta no Decreto nº 8.388, que entra em vigor neste sábado (10.04) e é válido até o dia 25 de abril, (domingo).

Nesse período, todos os estabelecimentos podem abrir as portas, das 5h às 20h, seguindo um escalonamento de horário e outras medidas de biossegurança. Fica determinada a proibição de locomoção de qualquer cidadão no território do Município de Cuiabá, no período compreendido entre as 21hàs 5h, de segunda-feira à domingo.

“Estamos autorizando o funcionamento das demais atividades, no período das 5h às 20h, seguindo o escalonamento que fizemos para cada segmento comercial. É uma medida que atinge, por exemplo, lojas de roupas, calçados, armarinhos, revendedoras de veículos, que não constam no decreto federal como serviços essenciais e não conseguimos liberar, no primeiro momento”, explica Pinheiro.
Mesmo com a publicação do novo decreto, continua valendo no comércio da Capital o sistema de rodízio de funcionários e colaboradores, diminuindo a circulação de pessoas no mesmo ambiente de trabalho, conforme consta no Decreto nº 8.382, de 06 de abril de 2021. Também segue em vigor o incremento de mais 10% de ônibus na frota do transporte coletivo, totalizando 360 veículos em circulação.

Leia Também:  Mato Grosso registra 323.191 casos e 112 mortes de covid em 24 horas

“Agora, todos poderão trabalhar e garantir o seu sustento. Nossa única exigência é que isso aconteça com responsabilidade, respeitando todas as medidas de biossegurança. É necessário que tenhamos essa sensibilidade e compaixão com o trabalhador. Precisamos apoiar quem está lutando para colocar comida na mesa de sua família”, completa o chefe do Executivo municipal.

Além disso, a partir de  (12.04), as unidades de ensino particulares poderão adotar o funcionamento híbrido, com aulas remotas e presenciais, respeitando as medidas de biossegurança como limite de 50% da capacidade total de cada sala, distanciamento entre as carteiras e uso de máscaras. Para a rede pública municipal, a previsão é de que essa mesma metodologia passe a ocorrer no dia 3 de maio.
O documento autoriza ainda o uso das academias de ginásticas nos condomínios de Cuiabá. “Já havíamos liberado os playground e, agora, o mesmo está sendo feito com as academias, desde que isso ocorra com 50% da capacidade total do ambiente. Ou seja, se o espaço é feito para 10 pessoas, apenas cinco poderão utilizá-lo por vez. Isso, claro, deve ser somado a todas as outras medidas de biossegurança”, enfatizou.

Leia Também:  Governo do Estado, ALMT, prefeitura de Várzea Grande e iniciativa privada criam força tarefa para entregar 100 mil cestas básicas para famílias em vulnerabilidade social

Confira no anexo abaixo o decreto na íntegra

DECRETO nº 8.388 de 09 de abril de 2021 – NIVEL ALTO pdf

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA