MEIO AMBIENTE

Em feira “movida” a sustentabilidade, catadoras orientam público sobre descarte consciente

Publicados

em

JB NEws

Em um ponto de coleta, elas recolhem materiais recicláveis e reutilizáveis, como óleo de cozinha e eletrônicos

As catadoras de material reciclável e reutilizável do Mato Grosso sustentável se unem aos empreendedores criativos da Feira Gaia em sua nova edição. Vai ser neste sábado (14), das 16h às 23h, no Espaço Garden Cuiabá.

No ponto de coleta montado especialmente para a ocasião, elas recolhem materiais descartáveis como óleo de cozinha, garrafas pet, embalagens tetrapack e eletrônicos, enquanto interagem com o público, orientando sobre novas atitudes que podem transformar lares.

E o que é mais importante, despertar uma consciência ambiental sobre a reciclagem e reutilização de matérias e resíduos, por meio desse projeto de orientação do público, chamado “Lixo: Dignidade e Cidadania”, que elas têm levado a diversos eventos da Baixada Cuiabana.

A artista visual e empreendedora cultural Adriana Milano, que organiza o evento ao lado da produtora de eventos Bruna Angelo, destaca que o trabalho dessas mulheres, vai de encontro com o conceito e a essência da feira, a sustentabilidade.

 

“Em contrapartida, ajudaremos essas mulheres com a doação de leite em caixinha, o item de alimentação que elas mais precisam. Pedimos aos visitantes que contribuam com a doação de 1 caixinha de leite como entrada para a Feira”.

Leia Também:  Bombeiros constroem refúgio para animais silvestres do Parque Encontro das Águas

Bruna destaca a relevância do projeto que tem mudado a vida dessas mulheres. “Elas buscam na reciclagem uma maneira de promover a inclusão social e renda para sustentarem suas famílias”.

Além das associadas da Asmats, somam à feira, empreendedores de diferentes segmentos: literatura, artesanato, moda, gastronomia e artistas da música e teatro, bem como, de representantes de ações sociais e de intervenção urbana, como o projeto Verde Novo. A propósito, o Verde Novo, capitaneado pelo paisagista Marcelo Pissurno, fará distribuição gratuita de mudas de plantas nativas.

Programação

O cerimonial do evento tem assinatura de Menotti Griggi. É ele quem anuncia a primeira atração do evento. Luccas Vallent, do Yoga na Chapada, realiza uma aula especial, às 16h.

Deste horário até às 23h, a feira é movimentada pelos negócios de 40 expositores que comercializam seus produtos. O evento conta ainda com a presença de terapeutas e coach, dentre outros profissionais dedicados à saúde física e mental.

Enquanto isso, no telão, serão exibidas séries de fotografias de Rai Reis. No segmento das artes visuais, haverá ainda, exposição com obras do artista plástico Zeilton Mattos. E tem arte na pele, também. A Tattoo Galery realiza um “flash tattoo”.

Leia Também:  Potencialidades produtivas de Mato Grosso atraem interesse de chineses

Durante o evento, o visitante poderá degustar ainda, comidinhas de boteco e vegana, preparadas por experientes cozinheiros.

Música e intervenções artísticas

Do início ao fim, apresentações musicais e performances artísticas agitam o evento. Confira a programação especialmente pensada para edição Espaço Garden da Feira Gaia:

16h as 20h – Sunset com o Dj Renato Milano com uma set list especial para a Gaia

18h a 19h – Intervenção Urbana com o Coma Fronteira e Spectrolab

19 às 21h – Noite de autógrafos e performance com a poetisa e escritora Luciene Carvalho, imortal da Academia Mato-grossense de Letras

19:30 h – Performance artística com Rodrigo Zaiden

20h as 22h- Show de Larissa Padilha com participação do Dj Chabô

Até o encerramento do evento, o palco estará aberto a colaborações.

Serviço:

Dia: 14/12 – sábado

Horário: das 16h às 23h

Local: Espaço Garden

Rua Salah Solamein Ayoub, n.300, Cachoeira da Garças / Coxipó (próximo à rotatória do bairro Jardim Imperial e antiga fábrica da Brahma/ hoje Heineken)


Lidiane Barros

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

MEIO AMBIENTE

Forças de Segurança Nacional virão a MT ajudar a combater incêndios florestais

Publicados

em

Ministério da Justiça e Segurança Pública enviará reforços para Mato Grosso

Lucas Rodrigues e Carol Sanford

Com informações Secom-MT

Secretário Mauro Carvalho vistoria região do pantanal – Foto por: Mayke Toscano
A | A

O Ministério de Justiça e Segurança vai enviar agentes das forças de segurança nacional para ajudar o Governo de Mato Grosso no combate aos incêndios florestais, já na próxima semana, a pedido do governador Mauro Mendes.

A informação foi confirmada ao secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, pelo Secretário Especial Adjunto da Secretaria Especial de Assuntos Federativos da Secretaria de Governo da Presidência da República, Júlio Alexandre.

“O governador Mauro Mendes solicitou essa ajuda já na última segunda-feira, para contribuir no combate a esse grande incêndio que está ocorrendo não só na região do pantanal, mas em todo o estado de Mato Grosso”, afirmou Carvalho, durante vistoria realizada por diversas autoridades na região do Pantanal, neste sábado (19.09).

O secretário pontuou que ainda não há informações sobre o número de combatentes e qual a estrutura que será disponibilizada a Mato Grosso.

“É uma ajuda extremamente importante do Governo Federal junto ao Estado, que não tem medido esforços no combate aos incêndios. Estamos solicitando não só ajuda de pessoas, mas de helicópteros, aeronaves e estrutura. Esses detalhes saberemos na semana que vem, assim que o Ministério da Justiça determinar o envio das forças de segurança nacional”, explicou.

Leia Também:  Bombeiros constroem refúgio para animais silvestres do Parque Encontro das Águas

Carvalho ressaltou que o Governo do Estado tem atuado forte no combate aos incêndios florestais desde março, quando foi lançado o Plano de Ação contra o Desmatamento Ilegal e Incêndios Florestais em Mato Grosso.

Já foram mais de R$ 22 milhões investidos de recursos próprios, contando com 40 equipes espalhadas por todo o estado para o combate ao fogo, seis aeronaves, três helicópteros e mais de 2500 profissionais envolvidos, desde bombeiros militares, voluntários, integrantes da Defesa Civil e do Exército.

Porém, em virtude das condições climáticas desfavoráveis, como a baixa umidade e falta de chuvas há cerca de 120 dias, o Governo de Mato Grosso tem buscado novas parcerias para minimizar os impactos do fogo para o meio ambiente e qualidade de vida do cidadão. Além do combate, o Governo de Mato Grosso também tem adotado política de Tolerância Zero com os autores dos crimes ambientais, com R$ 189 milhões de multas aplicadas neste ano por uso irregular do fogo.

“O Governo do Estado já destinou R$ 22 milhões para o combate aos incêndios. O Governo Federal, em função do decreto de calamidade do governador, destinou mais R$ 10 milhões via Ministério do Desenvolvimento Regional. Todos esses recursos são 100% investidos no combate aos incêndios. Contratamos mais duas aeronaves e na próxima semana contrataremos mais uma, além de estrutura de caminhão-pipa e contratação de pessoas para contribuir com o combate na região pantaneira. Todos estão unidos: Governo Federal, do Estado e prefeituras”, disse o chefe da Casa Civil.

Leia Também:  Governo de Mato Grosso dobra estrutura para combater incêndios florestais

De acordo com a secretária de Estado de Meio Ambiente, Mauren Lazzaretti, a união de esforços de todas as instituições e da sociedade vai ajudar a “mitigar os impactos” dos incêndios. Ela ainda destacou o esforço para ajudar a resgatar os animais vítimas dos incêndios.

“O que estamos mobilizados é para fazer o controle dessa situação, com toda a comunidade científica, ambiental, testando novas alternativas para mitigar impactos, como o uso de retardantes. Já investimos mais de R$ 500 mil para o Posto de Atendimento a animais silvestres no pantanal. Ali é feito um atendimento emergencial para os animais resgatados, como um pronto-socorro. Fazemos esse primeiro atendimento, internamos se necessário e depois encaminhamos para outras unidades e até reintroduzimos na natureza, se for possível”, destacou.

Também estiveram na vistoria ao Pantanal o senador Wellington Fagundes; os deputados federais Dr. Leonardo, Rosa Neide, Nilton Tatto (SP), Paulo Teixeira (SP), Rodrigo Augustinho (SP) e Prof. Israel (DF); o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho; os deputados estaduais Wilson Santos e Carlos Avalone; os secretários Alexandre Bustamente (Segurança Pública), Cesar Miranda (Desenvolvimento Econômico) e Jefferson Moreno (adjunto de Turismo); e o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Alessandro Borges.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA