Arquivos JB News 10 Anos

Em Cuiabá

Publicados

em

 

Clube de Xadrez é reativado com reuniões semanais na Secretaria de Cultura

A participação é gratuita, com idade mínima de 7 anos e não é necessário saber jogar


NAIARA LEONOR







A Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo convida a população para participar do Clube de Xadrez, que terá suas reuniões todas as terças e quintas-feiras, das 18h às 21h, e aos sábados das 8h às 13h. Os encontros ocorrerão no antigo Clube Feminino, atual sede da Secretaria. A participação é gratuita, com idade mínima de 7 anos e não é necessário saber jogar, já que serão oferecidas aulas e treinamentos.

O Clube, que existe desde 1998, mas passou por um hiato, ganha local e horário fixos para as reuniões com a parceria entre a Prefeitura de Cuiabá e a Federação Mato-grossense de Xadrez. “Mais uma atividade incentivada pela gestão Emanuel Pinheiro, que se preocupa com a inclusão e o lazer dos cuiabanos. A Secretaria está aberta para que as pessoas ocupem seu espaço, para quem se interessa pelo desenvolvimento intelectual venha frequentar o Clube de Xadrez e interaja de forma lúdica”, comentou o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo. 

Leia Também:  Saudosismo antipático e humor burocrático!

Além de reuniões na sede da Secretaria, o Clube quer lançar o projeto “Xadrez na Praça” aos finais de semana, retomando suas origens de quando os adeptos da modalidade de tabuleiro se juntavam para partidas na Praça da Mandioca. A proposta é promover tardes de desafios e torneios, além de oficinas para iniciantes.

“A intenção é democratizar o acesso ao xadrez, que é um esporte que desenvolve a concentração, a memória, inteligência cognitiva. Hoje muitas instituições de ensino tem a prática do xadrez no currículo escolar”, explica Cleiton Marino Santana, diretor técnico da Federação Mato-grossense de Xadrez.

Para participar do Clube de Xadrez basta comparecer às reuniões no horário combinado. Crianças a partir dos 7 anos já podem iniciar no esporte e não há limite de idade, todos são bem-vindos e a participação é gratuita. Mais informações pelo telefone (65) 9 9951-1741 com Manfrin ou pelo (65) 9 9662-7072 com Cleiton.

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Defensora denuncia problemas de infraestrutura e esgoto a céu aberto

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA