COVID-19

Em carta, entidades pedem a reabertura do comércio em Cuiabá e Várzea Grande

Publicados

em

Exmª. Sra. Lucimar Sacre de Campos

Prefeita do Município de Várzea Grande

Exmº. Sr. Emanuel Pinheiro

Prefeito do Município de Cuiabá

Senhores Prefeitos:

Diante da possibilidade da reedição das medidas de restrição das atividades do comércio e serviços consideradas não essenciais, ainda que não tenham assento junto aos comitês de crise das respectivas prefeituras, as entidades, abaixo relacionadas, vêm se posicionar como segue:

  1. O funcionamento do comércio e serviços é fundamental para atender às demandas das atividades essenciais e da própria indústria, pois todos se relacionam de maneira encadeada, garantindo o fornecimento de insumos, matérias-primas, refeições, uniformes, serviços de manutenção, limpeza e inúmeros outros.
  2. Criamos, divulgamos, treinamos e cobramos de nossos associados o cumprimento de cartilhas que desenvolvemos dentro dos critérios e procedimentos de segurança determinados pelos organismos de saúde mundial, federal, estadual e municipal.
  3. É fato que as atividades que funcionaram, em sua quase que total maioria, abriram suas portas considerando o preceituado nessas cartilhas, ou seja, oferecendo equipamentos de segurança, informação e suporte aos seus clientes e colaboradores de forma a garantir que as atividades colaborassem para a não proliferação da pandemia.
  4. Também é fato que as pessoas, de uma maneira geral, adotam comportamentos distintos quando em lugares externos, bancos, lojas, empresas, entre outras, daqueles que se manifestam quando estão em suas casas junto com familiares e amigos, pois muitas vezes organizam festas, provocando o aumento da contaminação, diferentemente quando realizando compras de produtos e serviços, por isso, entende-se, que a atividade empresarial cumpridora das orientações de segurança, não é causadora do aumento da contaminação.
  5. Defendemos e apoiamos as seguintes medidas:
Leia Também:  Fundeb será tema de “LIVE” nesta quinta-feira

– 100% da frota de ônibus circulando;

-Entrega de medicamentos nos PAs e UPAs, quando constatados os primeiros sintomas equivalentes aos da COVID-19;

– Testagem em massa com a finalidade de detectar contaminados e principalmente os assintomáticos, determinando seu isolamento e checando seu círculo de relacionamentos; – Campanha sistemática de conscientização sobre a necessidade de isolamento social, saindo de casa apenas quando extremamente necessário;

– Diálogo constante das prefeituras com o setor comercial, especialmente quanto à tomada de medidas que atinjam nossas atividades.

  1. Assim, tentando evitar mais fechamento de empresas e mais desemprego, propomos que as prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande levem ao Poder Judiciário, quando de reunião conciliatória, a disposição das entidades em elaborar, juntamente com os comitês de crise, os requisitos mínimos de funcionamento, considerando todos os aspectos necessários à segurança de colaboradores e clientes, transcritos através de um check list para cada atividade, implicando em medidas de horário de funcionamento, quantidade de pessoas atendidas, por exemplo, entre outras que forem determinadas. O não cumprimento dos itens do check list ensejaria no fechamento imediato da empresa até sua regularização, já as empresas que estiverem dentro das recomendações poderão receber o ‘Alvará Covid’.
Leia Também:  Várzea Grande começa a relizar barreiras sanitárias por regiões ou bairros com maior índice da Covid-19

A Fiemt possui e pode disponibilizar uma ferramenta digital de inteligência que permite a emissão eletrônica desse documento – além de um banco de dados que oferece subsídios às tomadas de decisão em cada região dos municípios. Desde já, nos colocamos à disposição para esclarecer melhor o funcionamento da ferramenta.

Diante disso, entendemos ser possível mantermos a atividade empresarial e contribuirmos para a estagnação da curva de crescimento da pandemia.

Sendo o que tínhamos a considerar, opinar e solicitar, ficamos à disposição de V.Sas para quaisquer outros esclarecimentos.

Cuiabá, 09 de julho de 2020.

FEDERAÇÃO DO COMÉRCIO DE BENS, SERVIÇOS E TURISMO DO ESTADO DE MATO GROSSO – FECOMÉRCIO-MT

FEDERAÇÃO DAS INDÚSTRIAS DO ESTADO DE MATO GROSSO – FIEMT

FEDERAÇÃO DAS CÂMARAS DE DIRIGENTES LOJISTAS DO ESTADO DE MATO GROSSO – FCDL-MT

FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES COMERCIAIS E EMPRESARIAIS DO ESTADO DE MATO GROSSO – FACMAT

CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE CUIABÁ – CDL CUIABÁ

CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE VÁRZEA GRANDE – CDL VÁRZEA GRANDE ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E EMPRESARIAL DE CUIABÁ – ACCUIABÁ

ASSOCIAÇÃO COMERCIAL E INDUSTRIAL DE VÁRZEA GRANDE – ACIVAG

 

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

COVID-19

Governo de Mato Grosso distribuiu 21,3 mil testes para a região Nordeste

Publicados

em

 

Testes foram distribuídos para as 22 prefeituras da região, que passa por Água Boa e Vila RicaLucas Rodrigues | Secom-MT

Profissionais da Saúde que atuam no combate à pandemia realizam teste da Covid-19 – Foto por: Christiano Antonucci – SECOM/MT

A | A

O Governo de Mato Grosso enviou 21,3 mil testes rápidos de covid-19 para os 22 municípios que compõem a região Nordeste do estado, a exemplo de Água Boa e Vila Rica (veja a lista completa ao final da matéria).

Todos os testes já foram recebidos pelas prefeituras, que devem encaminhá-los para a atenção básica de Saúde. No total, o Estado adquiriu 400 mil testes rápidos, sendo que 300 mil estão sendo distribuídos para os 141 municípios de Mato Grosso.

Os outros 100 mil estão à disposição do Centro de Triagem Covid-19, na Arena Pantanal, e dos hospitais administrados pelo Executivo. Além destes, mais 100 mil testes foram doados por uma empresa.

“Sabemos que há uma dificuldade muito grande dos municípios para a aquisição, e por isso o Estado têm dado mais essa contribuição”, afirmou o governador Mauro Mendes.

Leia Também:  Fundeb será tema de “LIVE” nesta quinta-feira

O governador ressaltou que a testagem auxilia as pessoas com sintomas leves a iniciarem o tratamento de forma precoce. A base de cálculo usada para a distribuição é de 8,5% da população de cada município.

“Com o teste rápido disponível já na UPA, na policlínica ou no PSF, o paciente que estiver contaminado já consegue descobrir a doença no início e partir para o tratamento precoce. Isso evita que a situação se agrave e ele venha a precisar de uma UTI. É uma ferramenta que ajuda a salvar vidas”, destacou.

Para o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, a iniciativa é uma forma do Governo de Mato Grosso incentivar a testagem e reforçar a atuação da atenção primária à Saúde, “que é uma responsabilidade dos municípios”.

“Além de fornecer testes, o Estado também atua fortemente no Centro de Triagem da Covid-19, que amplia consideravelmente o número de diagnósticos realizados da Baixada Cuiabana e facilita o acesso ao tratamento precoce”, pontuou Figueiredo.

Os testes adquiridos pelo Governo custaram até 11 vezes mais baratos que os adquiridos em outros estados. Enquanto os preços praticados nos demais estados variaram entre R$ 55 a R$ 199 por cada teste, o Governo de Mato Grosso conseguiu adquirir diretamente de uma fabricante chinesa por U$S 3 dólares, ou seja, R$ 17,83, considerando frete e o valor do dólar pago nas aquisições.

Leia Também:  Guilherme Maluf diz que Riva não tem provas do que fala em delação e acusa o ex-presidente de criar leis e incinerar documentos no parlamento

Confira a quantidade distribuída para cada um dos 22 municípios da região nordeste:

MUNICÍPIO

TESTES DISTRIBUÍDOS

ÁGUA BOA

2.175

ALTO BOA VISTA

575

BOM JESUS DO ARAGUAIA

550

CAMPINÁPOLIS

1.350

CANABRAVA DO NORTE

400

CANARANA

1.825

COCALINHO

475

CONFRESA

2.625

GAÚCHA DO NORTE

650

LUCIARA

175

NOVA NAZARÉ

325

NOVA XAVANTINA

1.825

NOVO SANTO ANTÔNIO

225

PORTO ALEGRE DO NORTE

1.075

QUERÊNCIA

1.475

RIBEIRÃO CASCALHEIRA

875

SANTA CRUZ DO XINGU

225

SANTA TEREZINHA

700

SÃO FÉLIX DO ARAGUAIA

1.000

SÃO JOSÉ DO XINGU

475

SERRA NOVA DOURADA

150

VILA RICA

2.225

TOTAL

21.375

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA