Economia

Edital de fomento à bacia leiteira segue com inscrições abertas até 21 de fevereiro

Publicados

em

O envio de propostas para o chamamento público, iniciado no dia 20 de janeiro, pode ser feito via site da Seaf ou presencialmente na secretaria

Luciana Cury | Seaf-MT

Exemplares como esses serão adquiridos pelo Governo do Estado. São novilhas da raça Girolando ½ sangue, já prenhas com embrião sexado fêmea, também Girolando – Foto por: Seaf-MT
A | A

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), está com inscrições abertas para o edital de seleção de associações sem fins lucrativos ligadas à produção da cadeia leiteira que estão interessados em investir, com contrapartida do Estado, na aquisição de novilhas Girolando ½ sangue, com gestação de embrião sexado fêmea, também Girolando.

O envio de propostas ao edital de chamamento público, aberto no dia 20 de janeiro, pode ser feito até o dia 21 de fevereiro, via site da Seaf ou presencialmente na secretaria, localizada na Rua Eng. Agrônomo Arnaldo Duarte Monteiro, Edifício Engenheiro José Morbeck, 2º andar, Centro Político Administrativo, em Cuiabá.

Leia Também:  Conselho empresarial debate internacionalização do Aeroporto Marechal Rondon

Serão selecionadas até 20 associações, todas obrigatoriamente do segmento da agricultura familiar e que, comprovadamente, desenvolvam atividades relacionadas à cadeia produtiva do leite. Conforme estabelece o edital, cada associação terá que apresentar condições financeiras para adquirir no mínimo de 15 novilhas prenhas, algo em torno de R$ 270 mil. A contrapartida do Governo do Estado é doar a mesma quantidade de animais que a associação se propor adquirir.

Para essa ação, foram destinados R$ 17,9 milhões em recursos estaduais, com o objetivo de fazer o melhoramento genético do rebanho de bovinos leiteiros do Estado por meio da compra de mil novilhas confirmadamente prenhas, com gestação entre quatro a oito meses.

“A associação, juntamente com a Empaer, será a responsável por selecionar os produtores familiares que receberão as novilhas. Nós, da Seaf, ficaremos responsáveis por coordenar, acompanhar e monitorar do projeto, com o apoio da Empaer”,  explica o servidor da Seaf, Jurandyr José Pinto.

No dia 28 de fevereiro serão divulgadas as propostas selecionadas. Para outras informações: (65) 3613-6252/6200 e 3613-6224 (setor responsável), o atendimento da secretaria é das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30.

Leia Também:  Prazo para pagamento dos tributos federais, estaduais e municipais é prorrogado

MT Produtivo Leite

O Governo do Estado vem, desde 2019, investindo na compra de maquinários e serviços destinados ao fortalecimento e expansão da bacia leiteira mato-grossense. Até o momento já foram adquiridos 375 resfriadores de leite, 50 ordenhadeiras de leite, 7 mil doses de sêmen bovino, 1,5 mil prenhezes, 40 mil toneladas de calcário para correção de pastagem e 5 caminhões isotérmicos para o transporte de leite. Juntos, esses investimentos no segmento chegam à soma de R$ 8,5 milhões.

COMENTE ABAIXO:

Economia

Ferrovia Estadual está prevista para começar a ser construída no final junho afirma governador Mauro Mendes

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

Em entrevista nesta quarta-feira 18, à Rádio Capital FM, o governador de MT Mauro Mendes (UB), anunciou que as obras para implantação da Ferrovia Estadual, está prevista para começar no final junho deste ano.

Segundo Mauro, em uma reunião com o presidente da Logística um dos responsável pela instalação da Rodovia no estado, disse que Licença de instalação já será emitida.

“Olha tivemos uma reunião, e foi esclarecido que licença de instalação, vai ser emitida no começo de junho, e nós vamos anunciar o começo das obras em um evento que será realizado em Rondonópolis”.afirmou Mendes.

Como já informado a Ferrovia Estadual,vai interligar Cuiabá à Rondonópolis, com Nova Mutum e Lucas do Rio Verde.Para instalação da Ferrovia o governo de MT investiu cerca de R$ 11 bilhões de reais, valor este que terá retorno já que com essa implantação está prevista a geração de mais de 235 mil empregos, além da economia e agilidade no transporte da safra, que é um setor de economia muito grande para MT.

Leia Também:  Segundo IBGE, vendas no varejo em Mato Grosso cai 10,9% em agosto; Fecomércio-MT discorda dos números

Vale ressaltar que  a primeira Ferrovia Estadual a ser implantada, fazendo que o estado seja referência nacional, não só em grãos, mas também em logística.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA