Policial

Dois homens são presos por furtar e receptar combustível de transportadora em Confresa

Publicados

em

Dois homens, um deles funcionário da empresa vítima do furto de combustível, foram presos pela Polícia Civil, nesta quinta-feira (09.11), no município de Confresa (1.160 km a nordeste de Cuiabá).

A ação foi deflagrada para averiguar denúncia anônima, sobre uma residência utilizada para estocar óleo diesel, sendo o local abastecido sempre pelo mesmo caminhão. Aproximadamente 3,8 mil litros de Diesel S10 foram apreendidos.

O caminhoneiro de 40 anos, funcionário da transportadora, foi autuado em flagrante pelo crime de furto. Já o proprietário do imóvel de 29 anos, foi autuado em flagrante pelos crimes de receptação e crime ambiental.

Após receber a denúncia, as equipes da Delegacia de Confresa e da fiscalização ambiental da Sema, foram até o endereço no bairro Jardim do Edem, e já de longe perceberam forte odor de combustível.

Da fresta do portão da casa foram avistados vários contêineres, uma pequena bomba 12 volts e duas baterias, possivelmente usada para retirar o líquido dos contêineres.

Logo em seguida o morador chegou e afirmou ser o responsável pelo combustível, bem como autorizou a entrada no local. Entrevistado, ele apresentou diversas versões sobre a origem e destino do combustível.

Leia Também:  SER Família Mulher é destinado a vítimas de violência doméstica com medida protetiva e em vulnerabilidade

No entanto, acabou revelando que comprava do motorista da transportadora de combustíveis, e havia acabado de adquirir 500 litros de Diesel S10, pelo valor de R$ 3,5 por litro.

Imediatamente os policiais civis entraram em contato com a empresa transportadora, sendo informados que o caminhão estava na região de fazendas do município de Canabrava do Norte, fazendo entrega de combustível.

Ainda após consultar pelo rastreador do referido veículo, constatou-se que o caminhão estava nas proximidades de Porto Alegre do Norte, razão pela qual os investigadores passaram a diligenciar e localizaram o caminhão transitado por uma estrada de chão.

Ao ser abordado, o motorista assumiu que vendeu o óleo diesel pelo valor de R$ 3,5, sendo a segunda vez que praticou o desvio do combustível. Em seguida o suspeito foi detido junto com o caminhão para esclarecimentos.

O caminhoneiro conduzido foi interrogado e autuado em flagrante pelo crime de furto. O segundo envolvido responderá por receptação e crime ambiental (produzir, processar, embalar, importar, exportar, comercializar, fornecer, transportar, armazenar, guardar, ter em depósito ou usar produto ou substância tóxica, perigosa ou nociva à saúde humana ou ao meio ambiente, em desacordo com as exigências estabelecidas).

Leia Também:  Autor de homicídio no mês de agosto em Cáceres é preso pela Polícia Civil em Cuiabá

Fonte: Policia Civil MT – MT

COMENTE ABAIXO:

Policial

Autor de tentativa de homicídio da ex-companheira é preso pela Polícia Civil 10 anos após o crime

Publicados

em

Por

Policiais civis das Delegacias de Vila Rica e Santa Cruz do Xingu localizaram nesta quinta-feira (30.11) um homem que tentou matar sua companheira há dez anos.

A Delegacia de Vila Rica foi comunicada pela 2a Vara Criminal do município sobre a decretação da prisão preventiva de Weberton Rocha de Souza, em razão do seu desparecimento sem comunicar endereço onde poderia ser localizado. Ele foi procurado diversas vezes, sem sucesso, por oficiais de Justiça.

A equipe de investigação da Delegacia de Vila Rica realizou diligências para a localização do foragido e recebeu informações de que ele estaria escondido em uma comunidade rural no município de Caseara, no estado de Tocantins.

Os policiais seguiram para o estado vizinho nesta quinta-feira e seguiram até o Assentamento Califórnia, localizado e 230 quilômetros de Vila Rica, onde localizaram o foragido em uma das chácaras.

Após a prisão, ele foi conduzido até a Delegacia de Paraíso do Tocantins para a formalização do mandado e comunicação judicial de sua prisão.

Weberton é acusado de tentar matar sua companheira em um bar na cidade de Santa Cruz do Xingu, em 2013. Na ocasião, ele desferiu um golpe de faca nas costas da vítima e só não continuou a matou porque populares intervieram, jogando cadeiras no suspeito, que fugiu.

Leia Também:  Polícia Civil cumpre prisão preventiva de autor de roubo em Cuiabá

Na época, a Justiça concedeu que ele respondesse ao processo em liberdade, porém, o acusado não manteve seu endereço atualizado, nem informou o local onde poderia ser encontrado, e foi considerado foragido.

Fonte: Policia Civil MT – MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA