topo.jpg
Terça-feira - 23 de Janeiro de 2018
OPINIAO - 13/06/2016 - 14:41
 
Um pequeno avanço em direção à RGA
 
   
   
 

 

Um pequeno avanço em direção à RGA

*Por Emanuel Pinheiro

O avanço é pequeno. Representa um curto passo na direção do cumprimento do direito do trabalhador à Revisão Geral Anual (RGA), previsto no artigo 37 da Constituição Federal, que visa unicamente compensar as perdas inflacionárias. Mas não podemos deixar de dizer que é um avanço. A proposta feita pelo Governo do Estado, na última sexta-feira (10), aos membros do Fórum Sindical, deixou clara a abertura da gestão para diálogo. Depois de anunciar em maio passado que não pagaria nenhum por cento de reposição, por fim, temos que reconhecer que a admissão da possibilidade de pagar integralmente o benefício é um passo tímido nessa direção. 

Durante reunião com membros do Fórum Sindical, o secretário-chefe da Casa Civil, Paulo Taques, propôs quitar 6% dos 11,27% da RGA, em três parcelas - em setembro deste ano, e janeiro e abril de 2017. Ele também reiterou a possibilidade do Governo pagar os 5,27% restantes da reposição, a partir de março do ano que vem, desde que o Estado esteja enquadrado nos gastos com folha salarial exigidos pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). 

Além disso, o Governo garantiu o pagamento das perdas inflacionárias, retroativas a maio deste ano, em três parcelas, nos meses de maio, junho e julho de 2017. A lei estabelece que a folha de pagamento do poder público não pode exceder os 49% da Receita Corrente Líquida. Atualmente, 50,46% estão comprometidos. Mas é preciso ressaltar que o artigo 71 da LRF dá a liberdade ao Governo para que ultrapasse o teto orçamentário em até 10%, com vistas a cumprir com os salários. Portanto, é claro que é possível conceder o benefício sem penalização dos gestores. 

O certo é que a proposta - ainda incipiente, já que estende para dois anos o pagamento - dividiu o movimento. O Sindicato dos Servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Sinetran/MT), por exemplo, recusou a oferta e decidiu manter a greve. Para os servidores do órgão, a indicação é uma estratégia para diminuir a força da paralisação na luta pelo direito. Outros avaliam como positiva. Enquanto eu reforço que estou entrincheirado ao lado dos servidores nesta batalha.

Aliás, prova do meu compromisso com os profissionais é que apresentei emendas às Leis Orçamentária Anual (LOA) e de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2016, prevendo o pagamento integral da RGA. É preciso avaliar os impactos do parcelamento proposto no cumprimento da reposição no próximo ano. A matéria acaba de chegar à Casa de Leis. Estarei atento. E é necessário colocar a LDO 2017 na pauta de negociação presente. Portanto, não cabe o servidor público pagar pela crise de arrecadação vivida pelo Governo. Aos cerca de 100 mil trabalhadores, quero reiterar meu compromisso de apoiá-los nesta batalha. Estamos juntos na luta até o fim!

*Emanuel Pinheiro é deputado estadual pelo PMDB em Mato Grosso


   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
28/08/2017  - MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
23/08/2017  - Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
23/08/2017  - MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
23/08/2017  - Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Untitled Document
 
ECONOMIA
Alimentação e Bebidas
23/01/2018
Prévia da inflação oficial registra 0,39% em janeiro, diz IBGE
 
 
DESTAQUES
Resultado Satisfatório
22/01/2018
Prefeitura faz balanço do processo seletivo simplificado de contratação da Educação
 
 
SAÚDE
Período de Férias
19/01/2018
Com estoque baixo, Hemocentro precisa de doadores de sangue
 
 
DESTAQUES
Sem Folia
18/01/2018
Mato Grosso fica sem dinheiro para realizar Carnaval 2018
 
 
POLÍTICA
Processos Diciplinares
17/01/2018
Estado investiga conduta de mais de 800 servidores, que podem ser até demitidos
 
 
DESTAQUES
Crise
16/01/2018
Taques diz não ser "Superhomem" e cita que 12 Estados atrasam salários no país
 
 
DESTAQUES
Segundo novo Estudo
15/01/2018
Custo das energias renováveis pode ficar abaixo dos combustíveis fósseis até 2020
 
 
DESTAQUES
Em Cuiabá
12/01/2018
Seduc registra mais de 7 mil solicitações de matrículas de novos alunos
 
 
CIDADES
Procedimento Administrativo
11/01/2018
Cuiabá investiga 11 médicos e enfermeiros por abandono de cargos
 
 
POLÍTICA
Peixoto de Azevedo
10/01/2018
MPE requer condenação de servidores públicos por improbidade administrativa
 
 
POLÍTICA
Investigação em Risco
09/01/2018
Advogado aponta erro de juiz e STF para pedir anulação de 15 fases da Ararath em MT
 
 
DESTAQUES
Nomeados sem Concurso
08/01/2018
Demitidos pela Justiça, servidores da AL tentam recurso para manter cargos e salários em MT
 
rodape.jpg
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada
 
Artigo  
Modelo Ideal?*
 
Legalize Já!  
Ministro do STF diz que Brasil deve 'legalizar a maconha e ver como isso funciona na vida real'
 
Cultivo Protegido  
Futuros Produtores visitam em Campinas a Divisão de Hortaliças da Monsanto
 
Anvisa Avisa  
Droga da USP não tem ação comprovada contra câncer