topo.jpg
Terça-feira - 24 de Abril de 2018
- 06/11/2015 - 10:22
 
Grupo paulista estreia comédia de Dario Fo no Teatro de Arena,
 
   
   
 

 

Montagem do Coletivo Teatral Commune, dirigida por Augusto Marin, realiza diversas atividades em Porto Alegre, de 12 a 14 de novembro

 

O Coletivo Teatral Commune, de São Paulo, estará em Porto Alegre, de 12 a 14 de novembro próximo, para apresentar sua mais recente produção, Nem Todo Ladrão vem para Roubar.  A montagem dirigida por Augusto Marin é vaudeville absurdo de Dario Fo, que conta a história de um ladrão que entra numa casa para roubar, mas vira refém do Politico e sua Amante, que pensam que ele é um espião a serviço da Esposa. Eles ameaçam matar o Ladrão ou deixá-lo paraplégico para que não possa falar. A partir daí, a peça segue num quiproquó de situações absurdas, um tentando esconder a verdade do outro, culminando com a chegada da Esposa, da Mulher do Ladrão, do Amante da Esposa e até de um Segundo Ladrão. A peça tem no elenco Javert Monteiro, Cibele Troyano, Samara Montalvão, Rose Araujo, Neto Villar e Augusto Marin, além de um ator jovem de Porto Alegre que fará um segundo ladrão.

 

Nem Todo Ladrão vem para Roubar já fez uma carreia de sucesso com apresentações em São Paulo, Interior em Sesc e Sesi, Festivais, teatros municipais pelo Circuito Cultural do Estado e em Portugal, no Festival Folias 2013, de Lousada, Porto. Agora, volta em turnê financiada pelo Prêmio Funarte Myriam Muniz, apresentando-se também em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Curitiba e nas cidades de Campinas, Santos, Caraguatatuba e Botucatu.

 

Dentro da programação, o Commune ministrará a Oficina Gratuita de Commedia Dell Arte e o Teatro de Dario Fo, com improvisação com as máscaras cômicas, no sábado, das 9h30min às 13h, no Teatro de Arena. No mesmo dia, às 16h30min, o diretor Augusto Marin, Vitor Ortiz e Hamilton Braga do Teatro de Arena, comandam uma roda de conversacom o público sobre a formação de público e manutenção de teatros e espaços de rua.

 

Augusto Marin é coordenador da Rede de Teatros Independentes de SP e foi um dos responsáveis pela aprovação da Lei de Isenção de IPTU para os teatros de rua e Zonas de Proteção Cultural no novo Plano Diretor. Confira, no Serviço, mais detalhes sobre a programação.

 

SOBRE A PEÇA

A comédia escrita em 1959, inédita no Brasil, é uma farsa ágil e agradável, repleta de intrigas, mentiras e disfarces. Na peça, o Ladrão e Sua Esposa são retratados como pessoas de princípios éticos, enquanto os ricos e poderosos são retratados como pessoas sem escrúpulos, que fazem qualquer coisa para alcançar o que querem. Qualquer semelhança com a atual realidade da elite brasileira não é mera coincidência.

 

A peça é um vaudeville, de origem parisiense, com forte apelo popular. Genero que existiu entre o final do século XVIII e o começo do século XIX, é construída a partir de uma trama repleta de intrigas, reconhecimentos, golpes e efeitos, sugestões maliciosas e uma salada sobre a vida amorosa. Faz parte da categoria das peças bem feitas ou da dramaturgia do fim do século XVIII, desenvolvida por Scribe, Sardou e Labiche. Entre os seus autores mais notáveis estão Georges Feydeau (1862-1921), com O hotel das trocas livres (1894), e Tristan Bernard (1866-1947), com Tripleatte (1905).

 

SOBRE DARIO FO, O AUTOR

É autor, diretor e protagonista de mais de cem farsas e comédias apresentadas em todo o mundo, criador de inúmeros textos publicitários, músicas e monólogos, além, é claro, de ser pintor, cenógrafo, figurinista, encenador, militante político e vencedor do Prêmio Nobel de Literatura de 1997.

 

A importância do autor Dario Fo é inegável pelas diversas montagens de suas peças que tivemos no Brasil até hoje. Desde Morte Acidental de um Anarquista, dirigida por Antônio Abujamra, com Antônio Fagundes, na famosa CER (Companhia Estável de Repertório), deBrincando em cima Daquilo, que valeu o Prêmio Molière a Marília Pêra, até Um Orgasmo Adulto escapa do Zoológico, também dirigida por Abujamra com a interpretação inesquecível de Denise Stocklos. A Commune montou também de Dario Fo, O Arlecchino, feito em quadros, que fez grande sucesso de público e de crítica.

A chave do teatro de Dario Fo é a utilização da história e das tradições populares como metáfora do presente. Para ele, o verdadeiro teatro satírico nasce da tragédia. Sua dramaturgia é construída a partir de desenhos de personagens, esboços de cenas e de um roteiro de situações.

 

SERVIÇO

NEM TODO LADRÃO VEM PARA ROUBAR
- Dias 12 de novembro de 2015, quinta, às 21h

Teatro de Arena (Av. Borges de Medeiros, 835 - Centro Histórico), Porto Alegre

Dia 13 de novembro, sexta-feita, às19h

Teatro Barbosa Lessa, dentro da programaçã da Feira do Livro de Porto Alegre.

Gênero: Comédia (Farsa)

Elenco

Ladrão.................................................. Javert Monteiro

Homem...................................................  Augusto Marin

Ana, Esposa do Homem..................... Rose Araujo

Mulher do Ladrão............................. Cibele Troyano

Mulher/Julia.......................................  Samara Montalvão

Antonio................................................. Neto Villar

Segunda Ladrão................................ator jovem de Porto Alegre

 

Iluminação e Sonoplastia............... Agnaldo Nicoleti

Produção Geral................................. Silvia Luvizotto

Direção e Tradução.......................... Augusto Marin

 

Informações: (31) 3481-5580
Duração: 60 minutos
Classificação: 12 anos
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) R$ 15,00 (meia)

 

OFICINA GRATUITA DE COMMEDIA DELL ARTE E O TEATRO DE DARIO FO

Com improvisação com as máscaras cômicas

14 de novembro, sábado, das 9h30min às 13h

Teatro de Arena

Inscrição: enviar currículo para marin@commune.com.br

20 vagas

Entrada franca


RODA DE CONVERSA

14 de novembro, sábado, 16h30min

Teatro de Arena (Av. Borges de Medeiros, 835 - Centro Histórico), Porto Alegre

Entrada franca

 

 

Silvia Abreu

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
16/04/2018  - Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
28/08/2017  - MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Untitled Document
 
SATURAÇÃO
Direito a Saúde
21/04/2018
MPE realiza inspeções em mais de 200 Unidades de Saúde da Família
 
 
DESTAQUES
Enfrentamento
20/04/2018
Inscrições para seminário sobre prevenção ao tráfico de pessoas estão abertas
 
 
CIDADES
Nesta Quinta-Feira
19/04/2018
Prefeitura lança oficialmente o Comitê Cuiabá 300 Anos
 
 
CIDADES
Várzea Grande
18/04/2018
Saúde municipal emite nota sobre caso suspeito de gripe H1N1 no município
 
 
JUDICIÁRIO
Rondonópolis
17/04/2018
Ação que requer a perda de terrenos baldios deve ser julgada nos próximos dias
 
 
DESTAQUES
Ataque
17/04/2018
Hackers invadem sistema de Instituto de Previdência em MT
 
 
DESTAQUES
Social
16/04/2018
Caravana começa nesta segunda-feira em Cuiabá
 
 
DESTAQUES
Mutirão
14/04/2018
Detran faz atendimento a população neste sábado
 
 
DESTAQUES
Oportunidade
11/04/2018
Sine Cuiabá oferece vagas com salários de até R$ 1,7 mil
 
 
POLÍTICA
Serviços e Cirurgias
10/04/2018
AL suspeita de "excesso de gastos" e cobra detalhes de Caravana em MT
 
 
DESTAQUES
Constitucional
06/04/2018
Ministério Público aciona TCE para suspender 13º salário para vereadores de Cuiabá
 
 
POLÍTICA
Protesto
05/04/2018
Vereador é expulso do PSDB em Cáceres
 
rodape.jpg
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada
 
Artigo  
Modelo Ideal?*