topo.jpg
Quarta-feira - 18 de Setembro de 2019
 
TURISMO - 09/09/2019 - 06:54
 
Águas termais proporcionam alívio no clima seco e baixa umidade do ar
 
   
   
 

 

 
Balneários de águas termais são ótimas opções para turistas que procuram amenizar os efeitos do clima seco nessa época do ano, principalmente neste mês de setembro em Mato Grosso, um dos piores em termos de problemas respiratórios pelas queimadas e baixa umidade do ar.

Conhecidas pelas propriedades medicinais, as águas termais estão espalhadas por várias regiões no Estado, em especial nos municípios de Santo Antônio de Leverger, em especial no Parque Estadual das Águas Quentes, Juscimeira, Rondonópolis, Poxoréu e  Primavera do Leste. 

Dentre os benefícios das águas termais estão a melhora do sistema respiratório devido o vapor liberado que funciona como um filtro natural e proporciona efeito descongestionante para os incômodos provocados por gripes, resfriados e rinite alérgica, além de relaxar membros e aliviar dores reumáticas, auxiliar na pressão arterial e amenizar o cansaço físico e mental.

Criado em 1978, o Parque Estadual Águas Quentes, administrado pela Rede de Hotéis Mato Grosso, foi a primeira unidade de conservação de Mato Grosso a ter uma estrutura de pousada e piscinas termais naturais. O hotel fica na região da Serra de São Vicente, a cerca de 85 km de Cuiabá.

A curiosidade do turista fica por conta do fenômeno natural que provoca o surgimento das águas quentinhas e com propriedades medicinais. “As águas termais são águas de chuvas que penetram no solo chegando à superfície com temperatura muito elevada e profundidade entre 1.500 a 3 mil metros”, explica o gestor ambiental Joab Almeida Silva, mestre em recursos hídricos.

O especialista afirma que rochas mineralizadas fazem pressão sobre as águas, que quando sobem, não tem tempo de resfriar e ficam aquecidas pelo fenômeno denominado de gradiente geotérmico. “As águas que não escoam para rios, lagos ou oceanos, ficam confinadas em aquíferos, que pelo contato com as rochas quentes, também vão ganhando pressão. Se houver rachadura nas rochas, ela encontra esse caminho e escapa depressa para o topo, perdendo um pouco do calor, formando assim a fonte de água termal”, esclarece Joab.

Na região das Águas Quentes, os visitantes podem conhecer e desfrutar de quatro piscinas naturais de águas termais de origem subterrânea, com fontes que variam entre 33 a 42 graus. “Com a infiltração da água da chuva no topo da Serra de São Vicente, a água quente sofre uma pressão muito grande e aflora pelas fraturas das rochas”, reforça o especialista. 

O Hotel Mato Grosso Águas Quentes está localizado no km 77 da BR-364, na Serra de São Vicente, em Santo Antônio do Leverger. Para mais informações acesse: www.hotelmt.com.br.

Fotos: Assessoria

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
13/09/2019  - Excesso de antibióticos pode causar sepse e levar até a morte alerta infectologista
11/09/2019  - Cuiabá conta com novo serviço de Hemodinâmica
06/09/2019  - Uma história de Maria
05/09/2019  - Touro Brangus impressiona pecuaristas brasileiros e argentinos
05/09/2019  - Fundação André e Lucia Maggi vai oferecer bolsas para curso de Agrocomputação da Fatec Senai MT
 
Untitled Document
 
MUNDO JURÍDICO
Em Defesa da Ordem
17/09/2019
TJMT assegura inviolabilidade do advogado parecerista
 
 
DESTAQUES
Em Rondonópolis
16/09/2019
Defensoria Pública integra comitê interinstitucional de combate às drogas
 
 
ECONOMIA
Mercado do Combustível
13/09/2019
Royal FIC anuncia ampliação na atuação em Mato Grosso neste segundo semestre
 
 
DESTAQUES
Em 30 Dias
12/09/2019
Sema aplicou R$ 146 milhões em multas por crimes ambientais
 
 
MUNDO JURÍDICO
Lei 10.953
12/09/2019
ABRACRIM diz que é Inconstitucional Lei que cobra pecúnia para o uso de tornozeleiras eletrônicas
 
 
DESTAQUES
Nesta Sexta-Feira
11/09/2019
Visitas na Penitenciária Central do Estado será retomadas
 
 
EDUCAÇÃO
Culinaria Escolar Cuiabana
11/09/2019
Concurso vai escolher as três melhores receitas do cardápio da alimentação escolar de Cuiabá
 
 
DESTAQUES
Nesta Quarta-Feira
10/09/2019
Comissão de Saúde discute ações para prevenção e tratamento do uso abusivo de drogas
 
 
ECONOMIA
Mercado Chinês
09/09/2019
7 indústrias são habilitadas a exportar para carne para a China
 
 
MUNDO JURÍDICO
Defesa das Prerrogativas
09/09/2019
OAB emite Nota sobre veto à criminalização da violação das prerrogativas da advocacia
 
 
POLICIA
Chapada dos Guimarães
09/09/2019
Jovem teria subtraído arma do avô da vítima parair matar namorada, pais e atirar na sogra
 
 
ECONOMIA
Maior PIB
07/09/2019
Seis municípios de MT arrecadaram juntos R$ 171 milhões em impostos
 
rodape.jpg
Infecção  
Excesso de antibióticos pode causar sepse e levar até a morte alerta infectologista
 
Qualidade e Precisão  
Cuiabá conta com novo serviço de Hemodinâmica
 
Levantamento  
Uma história de Maria
 
Formação  
Fundação André e Lucia Maggi vai oferecer bolsas para curso de Agrocomputação da Fatec Senai MT
 
Genética  
Touro Brangus impressiona pecuaristas brasileiros e argentinos
 
Pesquisa  
Pesquisadores da UNEMAT desenvolvem protocolos de preservação de sementes de árvores do Pantanal
 
Controle de Pragas  
Destruição de soqueira é essencial para o controle do bicudo após colheita, afirma IMAmt
 
Reflexão  
Produtor rural, o maior interessado na defesa do meio ambiente
 
Mercado  
Agenda ambiental é prioridade para produtores de carne
 
Contesto Histórico  
O Rio Cuiabá e a consciência cidadã