topo.jpg
Quinta-feira - 17 de Outubro de 2019
 
OPINIAO - 27/08/2019 - 10:59
 
O Rio Cuiabá e a consciência cidadã
 
   
   
 

 

 


Por Marcos Veloso

Integrante das duas maiores bacias hidrográficas do país, o Rio Cuiabá passa por onze cidades de Mato Grosso e representa um dos mais importantes componentes histórico, econômico, social e ambiental da Amazônia Legal.

Historicamente e em tempos mais remotos o nosso rio serviu de meio de transportes e comunicação entre as cidades do Estado, contribuindo para a integração dos povos e fomentando a economia, eis que, através dos navios mercantes que nele trafegavam eram transportados produtos essenciais à vida dos ribeirinhos como alimentos, medicamentos, materiais de construção e outros bens necessários às comunidades ribeirinhas.

Além do mais, ele próprio é até hoje fonte de vida e alimentação para uma substancial parcela da sociedade cuiabana e de Mato Grosso, seja na abundância de espécimes de peixes, seja através da lavoura e agricultura exercitada em suas proximidades e margens, o que, às vezes causam problemas ligados ao prejuízo ao meio ambiente, conforme pontuaremos a seguir.

Quando intitulamos este artigo clamando pela consciência cidadã, a intenção prática é o envolvimento direto de todos os integrantes da sociedade cuiabana nos cuidados para a preservação do Rio Cuiabá, através de realizações pessoais, ações dos poderes públicos, do empresariado, das organizações civis preocupadas com o alto índice de desmatamento provocado nas margens do rio, da poluição produzida pela ação inconsequente do homem, pelo despejo de resíduos de componentes orgânicos e inorgânicos em seu leito, provocando a poluição em todas as suas formas, com a consequente contribuição à destruição das espécies.

Entendemos como nosso dever adquirir uma consciência cidadã no que diz respeito à preservação do Rio Cuiabá, e com ela, ações mantenedoras do habitat natural das espécies nele existentes; respeitar as leis ambientais, principalmente aquelas que regulam a utilização de suas margens na criação, plantio e desenvolvimento de lavouras que, em último caso, se não feitas dentro dos parâmetros de respeito à fauna e a flora, como também ao espaço físico previsto em lei, causam prejuízos irrecuperáveis ao meio ambiente, em toda a sua plenitude.

O Brasil é um país de suma importância no contexto ambiental, e, não à toa considerado o pulmão do mundo, ainda mantém uma das maiores extensões de terras virgens, matas ciliares, florestas, rios, cursos d’água, cujas preservações tem sido motivo de políticas públicas voltadas ao meio ambiente, à conservação e preservação das espécies, à regulamentação do solo cultivável, ao combate à destruição de suas florestas, sendo partícipe de organizações e entidades ambientais preocupadas com a própria subsistência humana e das espécies, como já dito.

A educação promovida através das escolas, meios de comunicação de massa, especialistas e entidades voltadas às questões ambientais são de fundamental importância para a consciência cidadã, que deve ter por escopo obedecer normas simples de ajuda no combate a degradação ambiental, como por exemplo, distribuir convenientemente os resíduos líquidos e sólidos em recipientes compatíveis a casa um; preservar as margens de nossos rios; não jogar qualquer tipo de lixo no curso de água, nas margens, nas imediações do rio. Possuir uma responsabilidade ambiental que resulte em benefícios à sociedade de um modo geral e ao meio ambiente em particular.

Ações simples, mas de resultados que impactam expressivamente no seio da sociedade, como um bem para nós próprios, nossos filhos e netos.

Nossa intenção, como contribuintes ao desenvolvimento racional, ecológico e ambiental não só ao Rio Cuiabá, mas de todas as espécies do Planeta, é fomentar o interesse e as ações de pessoas físicas e demais entidades responsáveis no sentido de promovermos ações práticas, fáticas, que contribuam para a preservação do meio ambiente e das espécies e nos proporcionem saudável bem estar da natureza com o homem e vice versa.

Dessa forma, estaremos proporcionando inestimável contribuição à valorização da vida.

Marcos Veloso é vereador por Cuiabá, presidente municipal do Partido Verde, delegado da Polícia Civil e membro atuante da Igreja Católica


   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
14/10/2019  - Ampa prevê manutenção na área de algodão em Mato Grosso na safra 2019/20
13/10/2019  - Prefeitura de São Félix inaugura pavimentação e o novo hospital municipal
10/10/2019  - A solução para dívidas de produtores rurais
09/10/2019  - Cultura do algodão faz parte dos debates do 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agro
06/10/2019  - Lesões na virilha
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Emergencial e Fechada
16/10/2019
Mauro Mendes e Energisa debatem redução no ICMS na energia
 
 
DESTAQUES
Nesta Quinta e Sexta-Feira
16/10/2019
Cáceres recebe Colégio de presidentes e delegados do sistema OAB-MT
 
 
ECONOMIA
15%
15/10/2019
Municípios serão contemplados com o leilão do pré-sal
 
 
DESTAQUES
Recrutamento
15/10/2019
Quatro novos defensores públicos tomam posse esta semana
 
 
ECONOMIA
Fim do Prazo
14/10/2019
Mutirão Fiscal de Várzea Grande entra na reta final e vai até o dia 18
 
 
CIDADES
Infraestrutura
13/10/2019
Prefeitura de São Félix inaugura pavimentação e o novo hospital municipal
 
 
DESTAQUES
Desafio
11/10/2019
Inscrições para os maiores devoradores de hambúrgueres estão abertas
 
 
EDUCAÇÃO
6,8 Milhões
10/10/2019
Seduc repassa 7ª parcela do transporte escolar aos municípios
 
 
AGRONEGÓCIO
DINEPEC
09/10/2019
Dia de Negócios da Pecuária reunirá 5 mil pessoas em Cuiabá
 
 
ECONOMIA
Produção Rural
08/10/2019
Governo de MT consegue aporte de R$ 460 milhões para FCO Rural
 
 
MUNDO JURÍDICO
Pionerismo
07/10/2019
MPMT celebra 1º acordo de não persecução penal na Justiça Militar
 
 
GASTRONÔMIA
Com Degustação
04/10/2019
Semana Nacional da Carne Suína realizará oficina gastronômica gratuita em Cuiabá
 
rodape.jpg
Próximo Ciclo  
Ampa prevê manutenção na área de algodão em Mato Grosso na safra 2019/20
 
Infraestrutura  
Prefeitura de São Félix inaugura pavimentação e o novo hospital municipal
 
Posicionamento  
A solução para dívidas de produtores rurais
 
Em São Paulo  
Cultura do algodão faz parte dos debates do 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agro
 
Tratamento  
Lesões na virilha
 
MP 884/19  
Câmara acaba com prazo para inscrição no Cadastro Ambiental Rural
 
Infecção  
Excesso de antibióticos pode causar sepse e levar até a morte alerta infectologista
 
Qualidade e Precisão  
Cuiabá conta com novo serviço de Hemodinâmica
 
Levantamento  
Uma história de Maria
 
Formação  
Fundação André e Lucia Maggi vai oferecer bolsas para curso de Agrocomputação da Fatec Senai MT