topo.jpg
Terça-feira - 20 de Agosto de 2019
 
ARTIGO - 09/08/2019 - 07:55
 
A escala para o bem como propósito individual e de marca
 
   
   
 

 

Paulo Camargo*

Todos os dias, falamos internamente sobre sugestões de novos produtos, desenvolvimento do nosso negócio e seus principais indicadores, planos para melhorar a vida dos nossos colaboradores, ideias para apoiar nossos fornecedores, e somos provocados pelos nossos clientes a evoluir. Rotina comum em muitas empresas. Mas o que mais me deixa orgulhoso de estar onde estou é ter a missão de, a partir desses dados, fazer uma autoanálise e entender se o nosso sucesso está sendo sustentado, acima de tudo, no propósito de usarmos a escala da nossa marca para o bem. Isso significa usar o nosso tamanho, a nossa liderança e influência para gerar ações com impacto positivo para a empresa e para a sociedade. O que traz um desafio diário de se olhar no espelho, a cada manhã, e se perguntar o quanto esse propósito individual e de marca está sendo entregue.

Neste processo evolutivo, a voz do cliente precisa estar muito presente. Entender seus anseios e suas expectativas é fundamental para continuarmos oferecendo propostas relevantes para as pessoas.  Agora em agosto, anunciamos mudanças importantes em um de nossos principais produtos: o McLanche Feliz. Resultado de uma evolução contínua no cardápio, as novas combinações no cardápio infantil ratificam nosso compromisso com as famílias e com a oferta de comida e qualidade, na medida em que apresentam sensível redução na quantidade de gorduras, sódio e açúcares, além de incluir mais frutas e vegetais entre as opções de composição desse menu.

A decisão acompanha os novos hábitos de consumo da sociedade, comprovados por meio de pesquisa** encomendada por nós e realizada por uma empresa independente. O levantamento feito na América Latina mostrou que a cada 10 mães e pais, seis acreditam que seus filhos comem melhor do que eles nessa mesma idade, a partir do acesso mais fácil às informações nutricionais. Outro ponto importante entre as pessoas ouvidas é que 8 em cada 10 pessoas consideram positiva a iniciativa de que as redes de serviço rápido ofereçam alternativas mais equilibradas, uma vez que a maioria afirmou que leva seus filhos pelo menos uma vez por mês em redes de fast food.

Conectados com o consumidor e com nosso propósito de marca, seguiremos fazendo evoluções necessárias para que o nosso negócio honre seu propósito de usar sua escala para o bem.  E qual tem sido o combustível para tantas decisões complexas e que envolvem mudanças estruturais no nosso negócio? A responsabilidade que temos com as pessoas e com uma das marcas mais valiosas do planeta. Uma responsabilidade que é individual e de cada integrante da nossa companhia. Só assim, continuarei a responder ao meu espelho a cada manhã:   “Sim, hoje mais uma vez vamos usar a nossa escala para o bem.”

(*) Paulo Camargo é presidente da Divisão Brasil da Arcos Dorados, maior franquia independente do McDonald’s no mundo, com atuação em 20 países da América Latina e Caribe

(**) Pesquisa realizada com 2.300 pessoas no Brasil, Argentina, Colômbia, Peru, Chile e México

 

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
09/08/2019  - A escala para o bem como propósito individual e de marca
08/08/2019  - Associação de Rondonópolis solicita abrigo para vítimas de violência doméstica contra a mulher
06/08/2019  - A inveja mata até o invejoso
26/07/2019  - Procuradoria do Município e Judiciário alinham ações para Mutirão Fiscal 2019
25/07/2019  - Prorrogado prazo para inscrições do Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Em Nota
20/08/2019
Defensor público-geral diz que nunca fez ataques aos advogados ou à advocacia
 
 
POLICIA
Em Sorriso
17/08/2019
Réu é condenado a 22 anos e seis meses de prisão por matar ex-mulher com 27 facadas
 
 
DESTAQUES
Abuso de Autoridade
16/08/2019
CNPG manifesta sua preocupação com o avanço do Projeto de Lei sobre o Abuso de Autoridade
 
 
EDUCAÇÃO
Cuiabá
16/08/2019
Prefeito visita EMEB Santa Cecília para acompanhar o Projeto Garatuja
 
 
MUNDO JURÍDICO
Baixaria na Corte
15/08/2019
OAB-MT diz não aceita que o defensor meça a advocacia com a régua da Defensoria
 
 
POLICIA
Alto Paraguai
14/08/2019
Sargento da PM é denunciado por deixar vítima cega de um olho
 
 
MUNDO JURÍDICO
Estruturação
14/08/2019
MPE cobra melhorias para Politec em Alta Floresta
 
 
CIDADES
Em Cuiabá
13/08/2019
Sine oferece 86 vagas para esta semana
 
 
ESPORTES
Série B 2019
10/08/2019
Cuiabá recebe o São Bento na Arena Panatanl neste sábado
 
 
POLICIA
Em Cuiabá
09/08/2019
Militares são denunciados por comercializar materiais de uso obrigatório para alunos em curso de for
 
 
DESTAQUES
Improbidade
08/08/2019
Justiça determina indisponibilidade de bens de prefeito de Comodoro, secretárias e empresários
 
 
ESPORTES
Copa Verde 2019
07/08/2019
Mato-grossenses estreiam nesta quarta-feira fora de casa na 1ª fase
 
rodape.jpg
Negócios  
A escala para o bem como propósito individual e de marca
 
Proteção  
Associação de Rondonópolis solicita abrigo para vítimas de violência doméstica contra a mulher
 
Cobiça  
A inveja mata até o invejoso
 
Cuiabá  
Procuradoria do Município e Judiciário alinham ações para Mutirão Fiscal 2019
 
Até 22 de Agosto  
Prorrogado prazo para inscrições do Prêmio Nacional CFO de Saúde Bucal
 
Falêcia  
Dos crimes falimentares
 
Já Tramita na Câmara Federal em Brasilia  
Projeto que exige intérprete de Libras em locais de grande fluxo de pessoas
 
Perdas na Produção  
Vermes de solo acende o sinal de alerta em MT
 
Porto Esperidião  
Promotoria de Justiça notifica concessionária de água
 
Vaga para PcD  
Conselho Regional de Psicologia é alvo de denúncia no MPF