topo.jpg
Quinta-feira - 18 de Julho de 2019
 
NACIONAL - 11/07/2019 - 05:20
 
Arquitetos DF alerta para descaso do GDF com planejamento urbano de Brasília
 
   
   
 

 

O Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas do Distrito Federal (ArquitetosDF) denuncia o descaso do Governo do Distrito Federal (GDF) com o planejamento urbano, o meio ambiente, o paisagismo e a arquitetura de Brasília. Como fato mais recente, a entidade aponta a exoneração arbitrária de diversos servidores públicos de postos-chave nos últimos meses, em especial da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Habitação do Governo do Distrito Federal (Seduh/GDF). Desde o último dia 2 de julho, pelo menos sete arquitetos e urbanistas foram demitidos sem qualquer negociação com os servidores do órgão.

De acordo com o coordenador do Arquitetos DF, Danilo Matoso, com o desmonte da máquina pública realizado pela atual administração, o povo brasileiro corre o risco de ver sucumbir ao descaso o Plano Piloto, Patrimônio da Humanidade desde 1987. “Foram exonerados inclusive servidores do quadro do GDF -- que exerciam cargos de chefia e assessoramento na Seduh/GDF. Alguns inclusive substituídos por agentes públicos sem competência profissional na área”, explicou.

Algo similar ocorreu na Secretaria de Cultura do Distrito Federal, que teve 11 servidores exonerados via Diário Oficial do Distrito Federal na última terça-feira (9/7). A medida levou servidores e funcionários da Biblioteca Nacional de Brasília a cruzar os braços durante entrega do recém reformado terceiro andar do prédio. “Caso persista a esta política, a paralisação é o caminho natural de luta para os servidores da Seduh”, alerta Matoso.

Na tarde desta quarta-feira, o Arquitetos DF divulgou nota de repúdio às demissões de arquitetos e urbanistas da Seduh, que pode ser conferida, na íntegra, abaixo:

Nota oficial 1/2019 do Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas do Distrito Federal

Contra a exoneração de arquitetos e urbanistas e desmonte da Seduh/GDF

1. O Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas do Distrito Federal (ArquitetosDF) manifesta o repúdio da categoria à exoneração sumária de pelo menos sete arquitetos e urbanistas -- muitos deles servidores do quadro do GDF -- que exerciam cargos de chefia e assessoramento na Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Habitação do Governo do Distrito Federal (Seduh/GDF), alguns substituídos por agentes públicos sem competência profissional na área.

2. A categoria entende que a Seduh e os cargos em questão têm sob sua responsabilidades atribuições próprias da profissão de Arquiteto e Urbanista, conforme a legislação profissional vigente, e que tais postos chaves devem ser ocupados preferentemente -- senão obrigatoriamente -- por Arquitetos e Urbanistas com experiência na área e servidores do quadro.

3. A categoria entende ainda que tais expurgos sistemáticos, conforme vêm ocorrendo pelas mãos desta mesma Administração em outros órgãos -- como a Secretaria de Cultura e a Secretaria de Estado de Educação -- são típicos de ações de desmonte da estrutura do Estado e de suas políticas públicas. São típicos ainda do ataque diuturno promovido nos últimos anos contra o funcionalismo público federal e distrital.

4. A categoria entende que, a médio e longo prazo, tais ações representam um ataque direto à população do Distrito Federal e seu entorno -- que sofrerá as consequências do descaso com o planejamento urbano, o meio-ambiente, o paisagismo, a arquitetura -- bem como ao povo Brasileiro de conjunto que verá sucumbir à desconsideração o Plano Piloto, declarado Patrimônio da Humanidade em 1987.

5. Pelo exposto, o Sindicato conclama todos os arquitetos e urbanistas, servidores públicos, organizações e lideranças popopulares à mobilização imediata contra o desmonte da Seduh e de suas políticas de planejamento urbano, de sustentabilidade, de preservação, de habitação popular. Pela reversão imediata das exonerações de arquitetos e urbanistas das funções de chefia e assessoramento da Seduh. Por uma política urbana tecnicamente qualificada, democrática e participativa, que garanta o direito à cidade a toda a população.

Brasília, 10 de julho de 2019.

Sindicato dos Arquitetos e Urbanistas do Distrito Federal

A nota também pode ser conferida em:http://arquitetosdf.org.br/contra-a-exoneracao-de-arquitetos-e-urbanistas-e-desmonte-da-seduh-gdf/

Crédito: VelhoJunior/iStock

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
15/07/2019  - Vermes de solo acende o sinal de alerta em MT
11/07/2019  - Inteligência Artificial no mercado financeiro
11/07/2019  - Conselho Regional de Psicologia é alvo de denúncia no MPF
11/07/2019  - Promotoria de Justiça notifica concessionária de água
10/07/2019  - Obesidade é a nova vilã do combate ao câncer, alertam pesquisas
 
Untitled Document
 
POLICIA
Em Várzea Grande
18/07/2019
Homem vai registrar B.O por perca de documento e acaba preso
 
 
MEIO AMBIENTE
Nobres
16/07/2019
Judiciário determina interdição de indústria de calcário por danos ao meio ambiente a pedido do MPMT
 
 
MUNDO JURÍDICO
Propaganda Enganosa
16/07/2019
MPMT pede condenação de empresa ao pagamento de R$ 350 mil por dano moral coletivo em Sorriso
 
 
EDUCAÇÃO
Escolas em Contêineres
15/07/2019
Comissão de Educação da AL vistoria Escola Estadual Padre Firmo nesta terça
 
 
DESTAQUES
Mandado de Segurança
14/07/2019
TJ defere liminar e determina retomada de inquérito pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa
 
 
DESTAQUES
Improbidade
11/07/2019
Justiça decreta indisponibilidade de bens de prefeito de Comodoro
 
 
ECONOMIA
Benefícios Fiscais
10/07/2019
Setor do comércio vê avanços nas negociações com o governo estadual
 
 
DESTAQUES
Cuiabá
09/07/2019
Abertas as inscrições ao processo seletivo para escolha dos candidatos a conselheiros tutelares
 
 
DESTAQUES
Nesta Segunda-Feira
08/07/2019
Carretas batem e pegam fogo na Serra de São Vicente
 
 
DESTAQUES
Itiquira
08/07/2019
Servidores comissionados são exonerados após suspeita de nepotismo indireto
 
 
DESTAQUES
Injúria, Desacato e Ameaça
05/07/2019
Servidores do Detran-MT são agredidos por proprietário com veículo irregular
 
 
DESTAQUES
Mato-grossense – 2ª divisão
05/07/2019
Recheado de jogadores conhecidos dos torcedores, certame começa neste domingo
 
rodape.jpg
Perdas na Produção  
Vermes de solo acende o sinal de alerta em MT
 
Porto Esperidião  
Promotoria de Justiça notifica concessionária de água
 
Vaga para PcD  
Conselho Regional de Psicologia é alvo de denúncia no MPF
 
Hábitos de Consumo  
Inteligência Artificial no mercado financeiro
 
Benefícios Fiscais  
Setor do comércio vê avanços nas negociações com o governo estadual
 
Fator de Risco  
Obesidade é a nova vilã do combate ao câncer, alertam pesquisas
 
Regularização Fundiária  
Decreto regulamenta nova modalidade de concessão de títulos em MT
 
Meditando  
Tempos Modernos
 
Mercado Global  
Sistema que controla produção de madeira nativa de Mato Grosso terá padrões europeus
 
Perspectivas do Agronegócio  
“Não há precedente histórico no mundo para o caso da China e a peste suína africana”,