topo.jpg
Quinta-feira - 17 de Outubro de 2019
 
ARTIGO - 08/07/2019 - 06:30
 
O legado de Dante
 
   
   
 

 

Gustavo Duarte

Clique para ampliar 

Treze anos depois de seu falecimento, Dante de Oliveira continua sendo uma ausência sentida para Mato Grosso como ser humano e político. A visão de futuro, empreendedorismo e pensamento estadista deixaram um grande legado para os mato-grossenses.

Dante conversava com o futuro de uma forma incrível. Foi uma das principais lideranças políticas de Mato Grosso do século XX e hoje é lembrança constante e saudade para os mais velhos e inspiração para as novas gerações.

Na manhã fria e nublada do início deste sábado (06), lembrando que hoje se completam 13 anos do falecimento de Dante de Oliveira, pensei em como seria maravilhoso se ele estivesse aqui para ver a Cuiabá que ajudou a construir. Ele nos ajudaria a superar as imensas dificuldades que ainda se impõem na agenda política estadual e nacional.

A visão política de Dante faz falta para Mato Grosso. O estadista que amava o seu Estado, amava, torcia e trabalhava por Cuiabá. Cada ação importante, seja idealizada por ele ou por um adversário político, era comemorada por Dante, que tinha no progresso do Estado o seu principal ideal.

Dante foi uma das mais destacadas personalidades mato-grossense do cenário nacional. É possível dividir o seu legado em dois, primeiro no período da redemocratização que o tornou conhecido no Brasil, como o homem das Diretas Já. O jovem deputado federal de 32 anos que apresentou no período da Ditadura Militar, uma emenda à constituição federal que contagiou o Brasil, simbolizando um grande passo para a redemocratização, ficando nacionalmente conhecido e entrando para a história com a emenda Dante de Oliveira.

Já tendo sido deputado estadual, e conseguindo expressividade nacional conquistada como deputado federal, Dante também entrou para o hall de mato-grossenses que se tornaram ministros de Estado. Foi também duas vezes prefeito de Cuiabá e duas vezes governador de Mato Grosso. Mesmo muito jovem, ocupou todos esses cargos de prestígio, mas com visão de futuro extraordinária.  

Lembro que o segundo mandato de Dante como prefeito, foi também o meu segundo como vereador. Eu era líder da oposição, sendo o único vereador da oposição. Dois anos depois, Dante se elegeu governador e eu deputado estadual, também liderei a oposição a ele na Assembleia Legislativa. Em 1998, novas eleições, Dante é reeleito governador e eu como deputado estadual, novamente liderei a oposição.

Mesmo com as posições políticas diferentes, nossa relação sempre foi de muito respeito, consideração. Dante era um visionário, um homem com intimidade com o futuro, e esse talvez é o maior legado que Dante de Oliveira deixou para Mato Grosso e suas novas gerações.

No momento em que fez uma reforma de Estado, mesmo tendo que reformular suas convicções políticas, Dante acertou, pois foi em um momento crucial para o Brasil e para Mato Grosso. E, se vivemos depois um boom econômico com o agronegócio posteriormente, foi graças ao trabalho de Dante de equilibrar as contas públicas para depois acontecer a retomada do crescimento, que de fato ocorreu.

Hoje, treze anos depois do falecimento de uma das principais figuras políticas de Mato Grosso, orgulho de Cuiabá e de Mato Grosso, como prefeito de Cuiabá, rendo minhas homenagens à família deste estadista e a memória de um dos grandes políticos de Mato Grosso. O inesquecível Dante faz falta!

Emanuel Pinheiro, prefeito de Cuiabá

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
14/10/2019  - Ampa prevê manutenção na área de algodão em Mato Grosso na safra 2019/20
13/10/2019  - Prefeitura de São Félix inaugura pavimentação e o novo hospital municipal
10/10/2019  - A solução para dívidas de produtores rurais
09/10/2019  - Cultura do algodão faz parte dos debates do 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agro
06/10/2019  - Lesões na virilha
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Emergencial e Fechada
16/10/2019
Mauro Mendes e Energisa debatem redução no ICMS na energia
 
 
DESTAQUES
Nesta Quinta e Sexta-Feira
16/10/2019
Cáceres recebe Colégio de presidentes e delegados do sistema OAB-MT
 
 
ECONOMIA
15%
15/10/2019
Municípios serão contemplados com o leilão do pré-sal
 
 
DESTAQUES
Recrutamento
15/10/2019
Quatro novos defensores públicos tomam posse esta semana
 
 
ECONOMIA
Fim do Prazo
14/10/2019
Mutirão Fiscal de Várzea Grande entra na reta final e vai até o dia 18
 
 
CIDADES
Infraestrutura
13/10/2019
Prefeitura de São Félix inaugura pavimentação e o novo hospital municipal
 
 
DESTAQUES
Desafio
11/10/2019
Inscrições para os maiores devoradores de hambúrgueres estão abertas
 
 
EDUCAÇÃO
6,8 Milhões
10/10/2019
Seduc repassa 7ª parcela do transporte escolar aos municípios
 
 
AGRONEGÓCIO
DINEPEC
09/10/2019
Dia de Negócios da Pecuária reunirá 5 mil pessoas em Cuiabá
 
 
ECONOMIA
Produção Rural
08/10/2019
Governo de MT consegue aporte de R$ 460 milhões para FCO Rural
 
 
MUNDO JURÍDICO
Pionerismo
07/10/2019
MPMT celebra 1º acordo de não persecução penal na Justiça Militar
 
 
GASTRONÔMIA
Com Degustação
04/10/2019
Semana Nacional da Carne Suína realizará oficina gastronômica gratuita em Cuiabá
 
rodape.jpg
Próximo Ciclo  
Ampa prevê manutenção na área de algodão em Mato Grosso na safra 2019/20
 
Infraestrutura  
Prefeitura de São Félix inaugura pavimentação e o novo hospital municipal
 
Posicionamento  
A solução para dívidas de produtores rurais
 
Em São Paulo  
Cultura do algodão faz parte dos debates do 4º Congresso Nacional das Mulheres do Agro
 
Tratamento  
Lesões na virilha
 
MP 884/19  
Câmara acaba com prazo para inscrição no Cadastro Ambiental Rural
 
Infecção  
Excesso de antibióticos pode causar sepse e levar até a morte alerta infectologista
 
Qualidade e Precisão  
Cuiabá conta com novo serviço de Hemodinâmica
 
Levantamento  
Uma história de Maria
 
Formação  
Fundação André e Lucia Maggi vai oferecer bolsas para curso de Agrocomputação da Fatec Senai MT