topo.jpg
Quinta-feira - 18 de Julho de 2019
 
ARTIGO - 08/07/2019 - 06:30
 
O legado de Dante
 
   
   
 

 

Gustavo Duarte

Clique para ampliar 

Treze anos depois de seu falecimento, Dante de Oliveira continua sendo uma ausência sentida para Mato Grosso como ser humano e político. A visão de futuro, empreendedorismo e pensamento estadista deixaram um grande legado para os mato-grossenses.

Dante conversava com o futuro de uma forma incrível. Foi uma das principais lideranças políticas de Mato Grosso do século XX e hoje é lembrança constante e saudade para os mais velhos e inspiração para as novas gerações.

Na manhã fria e nublada do início deste sábado (06), lembrando que hoje se completam 13 anos do falecimento de Dante de Oliveira, pensei em como seria maravilhoso se ele estivesse aqui para ver a Cuiabá que ajudou a construir. Ele nos ajudaria a superar as imensas dificuldades que ainda se impõem na agenda política estadual e nacional.

A visão política de Dante faz falta para Mato Grosso. O estadista que amava o seu Estado, amava, torcia e trabalhava por Cuiabá. Cada ação importante, seja idealizada por ele ou por um adversário político, era comemorada por Dante, que tinha no progresso do Estado o seu principal ideal.

Dante foi uma das mais destacadas personalidades mato-grossense do cenário nacional. É possível dividir o seu legado em dois, primeiro no período da redemocratização que o tornou conhecido no Brasil, como o homem das Diretas Já. O jovem deputado federal de 32 anos que apresentou no período da Ditadura Militar, uma emenda à constituição federal que contagiou o Brasil, simbolizando um grande passo para a redemocratização, ficando nacionalmente conhecido e entrando para a história com a emenda Dante de Oliveira.

Já tendo sido deputado estadual, e conseguindo expressividade nacional conquistada como deputado federal, Dante também entrou para o hall de mato-grossenses que se tornaram ministros de Estado. Foi também duas vezes prefeito de Cuiabá e duas vezes governador de Mato Grosso. Mesmo muito jovem, ocupou todos esses cargos de prestígio, mas com visão de futuro extraordinária.  

Lembro que o segundo mandato de Dante como prefeito, foi também o meu segundo como vereador. Eu era líder da oposição, sendo o único vereador da oposição. Dois anos depois, Dante se elegeu governador e eu deputado estadual, também liderei a oposição a ele na Assembleia Legislativa. Em 1998, novas eleições, Dante é reeleito governador e eu como deputado estadual, novamente liderei a oposição.

Mesmo com as posições políticas diferentes, nossa relação sempre foi de muito respeito, consideração. Dante era um visionário, um homem com intimidade com o futuro, e esse talvez é o maior legado que Dante de Oliveira deixou para Mato Grosso e suas novas gerações.

No momento em que fez uma reforma de Estado, mesmo tendo que reformular suas convicções políticas, Dante acertou, pois foi em um momento crucial para o Brasil e para Mato Grosso. E, se vivemos depois um boom econômico com o agronegócio posteriormente, foi graças ao trabalho de Dante de equilibrar as contas públicas para depois acontecer a retomada do crescimento, que de fato ocorreu.

Hoje, treze anos depois do falecimento de uma das principais figuras políticas de Mato Grosso, orgulho de Cuiabá e de Mato Grosso, como prefeito de Cuiabá, rendo minhas homenagens à família deste estadista e a memória de um dos grandes políticos de Mato Grosso. O inesquecível Dante faz falta!

Emanuel Pinheiro, prefeito de Cuiabá

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
15/07/2019  - Vermes de solo acende o sinal de alerta em MT
11/07/2019  - Inteligência Artificial no mercado financeiro
11/07/2019  - Conselho Regional de Psicologia é alvo de denúncia no MPF
11/07/2019  - Promotoria de Justiça notifica concessionária de água
10/07/2019  - Obesidade é a nova vilã do combate ao câncer, alertam pesquisas
 
Untitled Document
 
POLICIA
Em Várzea Grande
18/07/2019
Homem vai registrar B.O por perca de documento e acaba preso
 
 
MEIO AMBIENTE
Nobres
16/07/2019
Judiciário determina interdição de indústria de calcário por danos ao meio ambiente a pedido do MPMT
 
 
MUNDO JURÍDICO
Propaganda Enganosa
16/07/2019
MPMT pede condenação de empresa ao pagamento de R$ 350 mil por dano moral coletivo em Sorriso
 
 
EDUCAÇÃO
Escolas em Contêineres
15/07/2019
Comissão de Educação da AL vistoria Escola Estadual Padre Firmo nesta terça
 
 
DESTAQUES
Mandado de Segurança
14/07/2019
TJ defere liminar e determina retomada de inquérito pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa
 
 
DESTAQUES
Improbidade
11/07/2019
Justiça decreta indisponibilidade de bens de prefeito de Comodoro
 
 
ECONOMIA
Benefícios Fiscais
10/07/2019
Setor do comércio vê avanços nas negociações com o governo estadual
 
 
DESTAQUES
Cuiabá
09/07/2019
Abertas as inscrições ao processo seletivo para escolha dos candidatos a conselheiros tutelares
 
 
DESTAQUES
Nesta Segunda-Feira
08/07/2019
Carretas batem e pegam fogo na Serra de São Vicente
 
 
DESTAQUES
Itiquira
08/07/2019
Servidores comissionados são exonerados após suspeita de nepotismo indireto
 
 
DESTAQUES
Injúria, Desacato e Ameaça
05/07/2019
Servidores do Detran-MT são agredidos por proprietário com veículo irregular
 
 
DESTAQUES
Mato-grossense – 2ª divisão
05/07/2019
Recheado de jogadores conhecidos dos torcedores, certame começa neste domingo
 
rodape.jpg
Perdas na Produção  
Vermes de solo acende o sinal de alerta em MT
 
Porto Esperidião  
Promotoria de Justiça notifica concessionária de água
 
Vaga para PcD  
Conselho Regional de Psicologia é alvo de denúncia no MPF
 
Hábitos de Consumo  
Inteligência Artificial no mercado financeiro
 
Benefícios Fiscais  
Setor do comércio vê avanços nas negociações com o governo estadual
 
Fator de Risco  
Obesidade é a nova vilã do combate ao câncer, alertam pesquisas
 
Regularização Fundiária  
Decreto regulamenta nova modalidade de concessão de títulos em MT
 
Meditando  
Tempos Modernos
 
Mercado Global  
Sistema que controla produção de madeira nativa de Mato Grosso terá padrões europeus
 
Perspectivas do Agronegócio  
“Não há precedente histórico no mundo para o caso da China e a peste suína africana”,