topo.jpg
Quarta-feira - 18 de Setembro de 2019
 
MUNDO JURÍDICO - 11/06/2019 - 11:53
 
Jurados acolhem teses do MPMT e condenam integrantes de grupo de extermínio a 60 anos de prisão
 
   
   
 

 

JBNews


Os jurados acolheram as teses defendidas pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso e condenaram os réus Helbert de França Silva e José Edmilson Pires dos Santos, integrantes do grupo de extermínio conhecido como “os mercenários”, a 30 anos de prisão, cada um. Os dois foram condenados pelo homicídio qualificado praticado contra Luciano Militão da Silva e por tentativa de homicídio contra Célia Regina da Silva. Como efeito secundário da condenação, foi decretada a perda do cargo de Helbert de França Silva, que era Policial Militar.


Durante o júri, que começou às 9h e se estendeu até a madrugada desta terça-feira, o Ministério Púbico foi representado por quatro promotores de Justiça designados pela Procuradoria-Geral de Justiça a atuarem nesse caso que ganhou repercussão em nível nacional. O júri, que inicialmente aconteceria em Várzea Grande, foi desaforado para a Capital. Ainda existem mais dois julgamentos previstos para acontecer nos dias 24 de junho e 02 de julho.


Consta na sentença, que o grupo de extermínio era formado por aproximadamente seis policiais, além de civis. “Vale repetir que este grupo tinha um grande poder ofensivo e intimidador, utilizando até mesmo de coação no curso do processo, mediante ameaça às testemunhas”, diz a sentença. “Os Mercenários”, conforme apurado durante as investigações, possuíam todo um aparato para cometer crimes, como armamento sofisticado, rádio amador, silenciador de tiros e diversos carros e motocicletas com placas frias. Estima-se que pelo menos 15 pessoas tenham sido vítimas do grupo.


Os crimes pelos quais os réus foram julgados nesta segunda e terça-feira, conforme o Ministério Público, foram praticados em março de 2016 de forma altamente premeditada em concurso de agentes e com a utilização de pistola 380 e silenciador acoplado com extrema frieza. Consta na denúncia, que as vítimas estavam voltando de uma festa, sendo atacadas repentinamente quando já se encontravam na frente da sua residência, tentando abrir o portão, o que reduziu as suas chances de defesa.


Os sentenciados José Edmilson e Helbert de França Silva respondem a mais quatro ações penais, todas pela prática de crimes dolosos contra vida, praticados por motivação e circunstâncias semelhantes ao caso que foi julgado. Eles estão presos e não poderão recorrer da sentença em liberdade.



   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
13/09/2019  - Excesso de antibióticos pode causar sepse e levar até a morte alerta infectologista
11/09/2019  - Cuiabá conta com novo serviço de Hemodinâmica
06/09/2019  - Uma história de Maria
05/09/2019  - Touro Brangus impressiona pecuaristas brasileiros e argentinos
05/09/2019  - Fundação André e Lucia Maggi vai oferecer bolsas para curso de Agrocomputação da Fatec Senai MT
 
Untitled Document
 
MUNDO JURÍDICO
Em Defesa da Ordem
17/09/2019
TJMT assegura inviolabilidade do advogado parecerista
 
 
DESTAQUES
Em Rondonópolis
16/09/2019
Defensoria Pública integra comitê interinstitucional de combate às drogas
 
 
ECONOMIA
Mercado do Combustível
13/09/2019
Royal FIC anuncia ampliação na atuação em Mato Grosso neste segundo semestre
 
 
DESTAQUES
Em 30 Dias
12/09/2019
Sema aplicou R$ 146 milhões em multas por crimes ambientais
 
 
MUNDO JURÍDICO
Lei 10.953
12/09/2019
ABRACRIM diz que é Inconstitucional Lei que cobra pecúnia para o uso de tornozeleiras eletrônicas
 
 
DESTAQUES
Nesta Sexta-Feira
11/09/2019
Visitas na Penitenciária Central do Estado será retomadas
 
 
EDUCAÇÃO
Culinaria Escolar Cuiabana
11/09/2019
Concurso vai escolher as três melhores receitas do cardápio da alimentação escolar de Cuiabá
 
 
DESTAQUES
Nesta Quarta-Feira
10/09/2019
Comissão de Saúde discute ações para prevenção e tratamento do uso abusivo de drogas
 
 
ECONOMIA
Mercado Chinês
09/09/2019
7 indústrias são habilitadas a exportar para carne para a China
 
 
MUNDO JURÍDICO
Defesa das Prerrogativas
09/09/2019
OAB emite Nota sobre veto à criminalização da violação das prerrogativas da advocacia
 
 
POLICIA
Chapada dos Guimarães
09/09/2019
Jovem teria subtraído arma do avô da vítima parair matar namorada, pais e atirar na sogra
 
 
ECONOMIA
Maior PIB
07/09/2019
Seis municípios de MT arrecadaram juntos R$ 171 milhões em impostos
 
rodape.jpg
Infecção  
Excesso de antibióticos pode causar sepse e levar até a morte alerta infectologista
 
Qualidade e Precisão  
Cuiabá conta com novo serviço de Hemodinâmica
 
Levantamento  
Uma história de Maria
 
Formação  
Fundação André e Lucia Maggi vai oferecer bolsas para curso de Agrocomputação da Fatec Senai MT
 
Genética  
Touro Brangus impressiona pecuaristas brasileiros e argentinos
 
Pesquisa  
Pesquisadores da UNEMAT desenvolvem protocolos de preservação de sementes de árvores do Pantanal
 
Controle de Pragas  
Destruição de soqueira é essencial para o controle do bicudo após colheita, afirma IMAmt
 
Reflexão  
Produtor rural, o maior interessado na defesa do meio ambiente
 
Mercado  
Agenda ambiental é prioridade para produtores de carne
 
Contesto Histórico  
O Rio Cuiabá e a consciência cidadã