topo.jpg
Quarta-feira - 19 de Junho de 2019
 
TURISMO - 11/06/2019 - 09:59
 
MT e MS se unem para gerar renda e emprego com turismo de natureza no Pantanal
 
   
   
 

 

MT e MS se unem para gerar renda e emprego com turismo de natureza no Pantanal

 

Lideranças políticas de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul se reuniram, na última sexta-feira (07/06), em uma iniciativa de integração dos dois estados para a consolidação do Pantanal como destino internacional de natureza. A ideia é unir esforços para o desenvolvimento do ecoturismo, movimentar a economia, gerar renda, emprego, valorização da cultura e história da região.

O discurso, diferente do habitual, foi trazido por um biólogo espanhol, com experiência comprovada em países como África do Sul e Argentina. Ignácio Jimenez Pérez fala de “Produção da Natureza”, em que conservação e produção caminham juntos, conceito apresentado nos workshops realizados em Corumbá (MS) e Poconé (MT), nos últimos dias 4 e 6 de junho. O modelo foi testado na Argentina e virou case de sucesso ao transformar o Parque Iberá em destino internacional de natureza. Ele afirma que o mesmo pode ser feito no Pantanal, que apresenta inúmeras vantagens.

“O Pantanal está conservado, as espécies silvestres estão em abundância, como onça-pintada, araras azuis, ariranhas e antas. Só é preciso se dar conta de todo o valor ambiental, cultural e histórico que o Pantanal tem. O mundo está sedento por tudo isso”, enfatizou Ignácio.

De acordo com o diretor de Relações Institucionais do Instituto Homem Pantaneiro (IHP), Ângelo Rabelo, o diálogo com o poder executivo e legislativo dos dois estados é fundamental para criar estratégias de desenvolvimento da região. “A partir disso, a iniciativa privada entra com sua competência e, juntos, criamos condições para receber os visitantes e proporcionarmos a eles uma experiência única”, enfatizou. 

Os prefeitos Marcelo Yunes (Corumbá) e Tatá Amaral (Poconé) e o deputado estadual Evander Vendramini (MS) manifestaram entusiasmo por estarem juntos para discutir ações que beneficiem ambos os estados do Pantanal. Eles acreditam na união de esforços para alcançar visibilidade no cenário internacional.

“É muito importante as prefeituras incentivarem os empresários que querem fazer parte dessa iniciativa que representa um avanço para os dois estados pensarem no desenvolvimento do turismo”, pontuou o prefeito de Corumbá (MS), Marcelo Yunes.

Para Tatá Amaral, prefeito de Poconé (MT), pensar em ações em conjunto com o município de Corumbá é imprescindível para que o mundo conheça a potencialidade do Pantanal. “Temos em comum a grande bacia do Pantanal e se trabalharmos juntos para divulgar tudo o que temos aqui vamos avançar muito e trazer benefícios para toda a nossa região”, reforçou.

Já o parlamentar reiterou que a união de forças em prol do desenvolvimento do turismo de natureza se faz necessária. “Precisamos da união entre Mato Grosso e Mato Grosso do Sul para divulgar nossas belezas naturais, pois tirando a divisa geopolítica e fazendo a união dos povos, poderemos dar oportunidade a nossa população e um futuro melhor aos nossos jovens”, finalizou.

O encontro, realizado na Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) Fazenda Acurizal, em Corumbá, foi promovido pelo IHP/Rede Amolar e contou com a parceria do Sesc Pantanal.

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
14/06/2019  - Desenvolve-MT tem cartão de crédito exclusivo para servidores públicos
14/06/2019  - Conselho alerta para cuidados na hora de comprar um terreno
13/06/2019  - 91% dos produtores de soja do Estado de Mato Grosso preferem sementes certificadas
12/06/2019  - OAB-MT cria comissão para aumentar rigor contra captação ilícita de clientela
12/06/2019  - Fórum estadual aborda o papel social das bibliotecas públicas
 
Untitled Document
 
POLÍTICA
Visando as Eleições de 2020
19/06/2019
Partido Cidadania empossará presidentes de comissões provisórias em MT
 
 
DESTAQUES
Água para o Futuro
15/06/2019
Videoconferência prepara equipe do Paraná para executar projeto desenvolvido pelo MPMT
 
 
MUNDO JURÍDICO
Edital
11/05/2019
MPMT abre processo seletivo para credenciamento de estagiários na área de Direito
 
 
DESTAQUES
Crime no Detran
13/06/2019
Multas impostas a réus para suspensão de processos são utilizadas para aquisição de Drones
 
 
DESTAQUES
Crime no Detran
13/06/2019
Multas impostas a réus para suspensão de processos são utilizadas para aquisição de Drones
 
 
MEIO AMBIENTE
Em audiência de conciliação
12/06/2019
Acionado na Justiça, hospital universitário se compromete a regularizar pendências
 
 
ESPORTES
21 e 23 de Junho
11/06/2019
Liga das Nações de Voleibol Masculino será sediado em Cuiabá.
 
 
MUNDO JURÍDICO
Três Votos
10/06/2019
Supremo pode interpretar Moro com parcialidade e processo de Lula pode ser anulado
 
 
DESTAQUES
Luto
10/06/2019
Prefeito Emanuel Pinheiro lamenta falecimento da profª Maria Patatas
 
 
SAÚDE
Cuiabá
07/06/2019
Ministério da Saúde aprova entrega do HMC por etapas
 
 
DESTAQUES
Após Ação do MPE
06/06/2019
Prefeito não repassa recurso para a festa de São João Batista em Canabrava do Norte
 
 
DESTAQUES
Juara-MT
06/06/2019
Dentistas detidos burlando ponto eletrônico terão que pagar fiança de até 15 salários mínimos
 
rodape.jpg
Vai Construir?  
Conselho alerta para cuidados na hora de comprar um terreno
 
Linhas de Crédito  
Desenvolve-MT tem cartão de crédito exclusivo para servidores públicos
 
Padrão de Qualidade  
91% dos produtores de soja do Estado de Mato Grosso preferem sementes certificadas
 
História  
Exposição retrata 20 anos da Igreja Batista da Paz de Cuiabá
 
Em Debate  
Fórum estadual aborda o papel social das bibliotecas públicas
 
Ética e Disciplina  
OAB-MT cria comissão para aumentar rigor contra captação ilícita de clientela
 
Alienação Parental  
As causas do abandono afetivo parental, suas consequências e o dever de indenizar
 
Contra as Pragas  
Resultados de pesquisas com uso de biológicos para controle de pragas e doenças na agricultura
 
Apoio Institucional  
Gestão participativa é aprovada durante reunião promovida em Juína
 
Praga na Lavoura  
Controle químico não deve ser única tática adotada para o combate ao bicudo-do-algodoeiro