topo.jpg
Segunda-feira - 22 de Abril de 2019
 
POLÍTICA - 10/02/2019 - 09:49
 
Deputado pede aplicação da Lei da Ficha Limpa para a nomeação de conselheiros do TCE
 
   
   
 

Da Redação. 

 

O deputado estadual eleito para o primeiro mandado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso Ulysses Moraes (DC), vem causando desconforto entre os colegas de parlamento, nos últimos dias, o deputado apresentou proposição legislativa que cria rito e exige a aplicação da Lei da Ficha Limpa para a nomeação de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Apresentou projeto de lei para reduzir as verbas indenizatórias dos 24 deputados e de todos os servidores de alto escalão do Poder Legislativo. Neste a economia segundo o parlamentar pode ultrapassar R$ 57 milhões em quatro anos.

De acordo com a proposta, as verbas indenizatórias dos deputados serão reduzidas pela metade, passando dos atuais R$ 65 mil para R$ 32,5 mil por mês.

Coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL), o parlamentar não divulgou o conteúdo da matéria, mas alardeou a iniciativa nas redes sociais.

"Chega de conchavos e nomeações obscuras, a população deve ter a oportunidade de participar e acompanhar. Com isso conseguimos impedir e dificultar nomeações puramente políticas" postou Ulysses nas suas redes sociais.

 Se referindo ao embate interno que esta acontecendo nos últimos dias pelos corredores da AL-MT que irá indicar o próximo conselheiro para o TCE.

Pela lei a casa escolherá por voto secreto nos próximos dias o próximo conselheiro do tribunal para assumir a vaga do ex-deputado e conselheiro afastado Humberto Bosaipo.

Bosaipo renunciou ao cargo, em dezembro de 2014.

Ele estava afastado desde 2011, devido aos processos de desvio de dinheiro na Assembleia Legislativa, quando deputado, aos quais responde.

Na denúncia o ex-secretário-Chefe da Casa Civil, Pedro Nadaf, juntamente com Bosaipo teria negociado sua vaga por R$ 6 milhões para que Janete Riva, esposa do ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Geraldo Riva, fosse à indicação da Casa.

O procurador-geral do Poder Grhegory Paiva Maia, em entrevista nesta última sexta-feira (8) ao site Mídia News, afirmou que ter curso superior não é um requisito exigido legalmente, e nem o Supremo Tribunal Federal não cobra esse requisito.

Foto do Procurador da AL-MT  Grhegory Paiva Maia

Afirma que, conforme o entendimento do STF, a exigência feita na Constituição Federal - de que o postulante deve "ter notório conhecimento jurídico, econômico, financeiro ou de administração pública".

Disse também que essa exigência neste momento pode colocar a decisão que será do deputado e presidente da AL Eduardo Botelho (DEM), em xeque uma vez que pode ser questionado na justiça.

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
02/04/2019  - MPMT reivindica do Estado construção de Centros Socioeducativos
14/01/2019  - Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Pevenção Começa na Escola
22/04/2019
Projeto realiza apresentações em Querência, Água Boa e Barra do Garças
 
 
DESTAQUES
Administração Pública
18/04/2019
Novas regras para concessão de licença-prêmio atendem recomendação da CGE
 
 
NACIONAL
Alegando Separação das Funções
16/04/2019
Raquel Dodge arquiva inquérito aberto pelo min. Dias Toffoli para investigar noticiais falsas contr
 
 
MEIO AMBIENTE
REDD Early Movers
15/04/2019
MT-Programa internacional financia implementação das Promotorias de Justiça de Bacias Hidrográficas
 
 
TURISMO
Cerrado
15/04/2019
Pantanal é opção para viajar em família na Semana Santa
 
 
CULTURA
Administração Pública
14/04/2019
Conselho Estadual de Cultura abre inscrições para eleição complementar
 
 
DESTAQUES
Técnicas de Investigação
13/04/2019
MPMT promove seminário para aperfeiçoar técnicas de enfrentamento à improbidade administrativa
 
 
POLICIA
Mais de 15 Anos
12/04/2019
Réus julgados em abril por crimes dolosos contra a vida são condenados
 
 
MEIO AMBIENTE
MPe pede Desocupação da Área,
11/04/2019
Moradores de bairros são acionados na justiça por degradar nascente
 
 
DESTAQUES
A Pedido do MPMT
10/04/2019
Justiça decreta indisponibilidade de bens do prefeito de Alta Floresta
 
 
MUNDO JURÍDICO
Juri Popular
10/04/2019
MPMT pede a pronúncia de dois participantes da chacina de Colniza
 
 
CIDADES
Cuiabá 300 Anos
09/04/2019
Prefeito inaugura obras de infraestrutura e leva mais dignidade à moradores da Capital
 
rodape.jpg
Reunião  
MPMT reivindica do Estado construção de Centros Socioeducativos
 
Cudado na Estrada  
Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
 
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos