topo.jpg
Segunda-feira - 21 de Janeiro de 2019
DESTAQUES - 14/09/2018 - 7:490
 
Paciente espera transferência para UTI em Goiás, após intervenção da Defensoria Pública
 
   
   
 

 

A Defensoria Pública de Mato Grosso (DPMT) conseguiu liminar na Justiça, com bloqueio do valor de R$ 67 mil, para transferir para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Goiás, o paciente A.B.L., 35 anos. Ele sofreu um infarto agudo do miocárdio na segunda-feira (10/9) e aguarda, no Pronto Socorro de Barra do Garças, 521 km de Cuiabá, pela transferência.

O defensor público que atua na área criminal em Barra do Garças, Hugo Fernandes, explica que atendeu o caso de A. na madrugada de quarta-feira (12/9), quando o juiz plantonista Michell da Silva, aceitou o pedido da Defensoria e determinou que o Estado de Mato Grosso e o município, transferissem o paciente em UTI aérea, para uma UTI com especialista em cardiologia, no prazo de 24h.

Hugo Fernandes interna“Diante da gravidade do caso, o colega defensor que atua na área Cível e continuará com o caso, o Carlos de Souza, decidiu pedir o bloqueio de contas e o juiz Carlos Ferrari, também entendendo a gravidade, determinou o bloqueio, diante da inexistência de vaga pública e em hospitais conveniados no Estado”, disse.

Antes de encaminhar o pedido para a Justiça, a equipe da DPMT buscou orçamentos de hospitais públicos e privados, conveniados com o Estado, que tivessem estrutura e pudessem receber o paciente, mas diante da negativa de vaga pública e da recusa de vários privados em fornecer a informação, a DPMT indicou o Centro Goiano de Cateterismo, em Goiás, explicou Fernandes.

“A ausência de vaga no Sistema Único de Saúde (SUS), indicada pelos gestores da Saúde pública no processo, associada a falta de informação do custo de tratamento em hospitais privados e conveniados de Mato Grosso, nos fez buscar vaga em outro Estado. Agora, estamos fazendo os trâmites para agilizar a transferência, que será por UTI aérea”, informa o defensor.

A. precisa passar por um cateterismo e diante da gravidade da situação em que se encontra, precisa de cuidados intensivos e especializado de um profissional cardiologista. Os médicos do Pronto Socorro de Barra do Garças informaram que ele corre risco de morrer, caso o atendimento não seja prestado.

Recém Nascida – Além do caso de A., o defensor Fernandes explica que durante seu plantão nesta semana conseguiu transferir, com decisão liminar da Justiça, para uma UTI pediátrica com cardiologista, em Várzea Grande, a recém nascida I. V. A., que nasceu em Barra do Garças, no dia 9 de setembro com graves problemas respiratórios.

A bebê teve que ser entubada e passou a respirar por ventilação mecânica e os médicos da pediatria suspeitavam de doença da membrana hialina.

“Fomos atrás de outro bebê, que também precisava de UTI, mas teve melhora, graças a Deus. Lá, tomamos conhecimento da situação dessa recém nascida, que teve que passar por vários procedimentos, mas como o hospital não tem UTI Infantil e Neonatal, a vida dela estava em risco. Conseguimos a vaga e ela está em Várzea Grande, na UTI, porém, em situação muito grave”, explica o defensor.

O Hospital e Pronto Socorro de Barra do Garças conta com oito vagas de UTI adulto, todos ocupadas no momento.

Márcia Oliveira

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
14/01/2019  - Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Crise Financeira
21/01/2019
AL debate nesta segunda-feira reformas e novo Fethab em MT
 
 
MUNDO JURÍDICO
Nesta Segunda Feira
21/01/2019
Ato contra o fechamento da Justiça do Trabalho é realizado por advogados de Mato Grosso
 
 
POLÍTICA
Comodoro-MT
17/01/2019
Prefeito é condenado por ato de improbidade administrativa e tem direitos políticos suspensos
 
 
ALFINETADAS
Alfinetada
17/01/2019
Jurista diz que decreto de calamidade de Mauro Mendes é dar “calote” em fornecedores
 
 
DESTAQUES
Nesta Quinta e Sexta-Feira
17/01/2019
RGA, novo Fethab e Empaer serão debatidos em audiencia pública na AL-MT
 
 
CIDADES
Cuiabá
15/01/2019
Vagas do Sine têm salários de até R$ 2.300 esta semana
 
 
ECONOMIA
3,71% Menor
14/01/2019
Primeiro repasse do Fethab de 2019 terá queda em relação ao ano de 2018
 
 
CIDADES
Figueirópolis D’Oeste
13/01/2019
MPMT e município firmam TAC para adequação às normas de acessibilidade em torno da praça
 
 
POLICIA
Vera
12/01/2019
5 pessoas envolvidas no assassinato de agricultor são denunciadas pelo MP
 
 
DESTAQUES
asté a Próxima Terça-Feira
11/01/2019
MPMT abre inscrições para interessados em disputar vaga no CNMP
 
 
DESTAQUES
Audiência Pública
09/01/2019
Governo de Mato Grosso debate Lei Orçamentária nesta quinta e sexta-feira
 
 
DESTAQUES
Cuidado na Estrada
09/01/2019
Obras de recuperação na BR-163 são retomadas
 
rodape.jpg
Cudado na Estrada  
Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
 
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá