topo.jpg
Sábado - 16 de Fevereiro de 2019
POLÍTICA - 31/07/2018 - 10:00
 
Casa Civil critica Mauro Mendes: “é desonestidade fazer jogo de palavras”
 
   
   
 

 

 

O secretário-chefe da Casa Civil, Ciro Rodolpho Gonçalves, criticou a  postura do pré-candidato ao Governo Mauro Mendes (DEM) em relação aos números da dívida do Estado. Em entrevista ao programa "MT é Mais", da TV Brasil Oeste, nesta segunda (30.07), Ciro afirmou confiar nos dados divulgados pela Secretaria de Fazenda, na semana passada, dando conta de que a gestão Pedro Taques (PSDB) impediu o agravamento da crise econômica, por meio de medidas de austeridade adotadas desde 2015.

Na semana passada, o secretário de Fazenda Rogério Gallo afirmou, em entrevista à TV Vila Real, não ser real o valor de R$ 3,6 bilhões em restos a pagar explorados por Mauro Mendes. Segundo Gallo, retirando as operações de crédito de obras, o Governo deve, na verdade, R$ 500 milhões.

“Gallo é extremamente responsável em tudo que fala. Além da pessoa do Gallo, que é um servidor exemplo para todos nós servidores, confio na equipe que conduz a política econômica do Estado. Se colocar na balança servidores da Sefaz, com dados divulgados com responsabilidade, contra alguém que nada conhece do poder Executivo de Mato Grosso, não tem como comparar”, disse o Chefe da Casa Civil.

Ciro também alertou sobre possíveis jogos de palavras que serão usados pelos adversários de Pedro Taques, pré-candidato à reeleição pelo PSDB. “Fazer jogos de palavras, pinçar informações e trazer isso em programas curtos e editados, é desonestidade com a informação. Digo isso com segurança porque sou servidor há 8 anos, sou servidor do Controle e sei da responsabilidade com que esse assunto sempre foi tratado dentro do Governo”, disse.

Ainda sobre as contas do Governo do Estado, Ciro que foi Controlador-Geral, disse que a situação quando Pedro Taques assumiu era caótica. Ele lembrou que um dos grandes prejuízos ao Estado, no campo da corrupção, foram confessados pelo ex-governador Silval Barbosa que admitiu que foi o líder de um grupo que desviou mais de R$ 1 bilhão dos cofres públicos. “Todos os remédios estruturantes, estamos tomando desde 2015. Enfrentamos toda essa crise com bravura para preservar o patrimônio público. Fizemos tudo para combater a corrupção e isso nos permitiu economizar R$ 1,2 bilhão”, finalizou.

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
14/01/2019  - Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Untitled Document
 
ECONOMIA
Mercado Imobiliário na Agenda Legislativa
15/02/2019
Mato-grossense é escolhido coordenador da frente parlamentar do mercado imobiliário do Centro Oeste
 
 
DESTAQUES
Carnaval de 2019
15/02/2019
Emanuel esclarece que Prefeitura não patrocina Escola de Samba que homenageia Cuiabá
 
 
DESTAQUES
Em Brasília
15/02/2019
Secretária de MT é eleita vice-presidente do Fórum Nacional do Trabalho
 
 
CIDADES
Preservação
14/02/2019
Prefeitura participa de diálogo para recuperação do Centro Histórico de Cuiabá
 
 
DESTAQUES
Mortandade de Peixes
11/02/2019
MP-MT pede suspensão do enchimento do reservatório da Usina Hidreletrica em SINOP
 
 
POLÍTICA
Encerrada a Instrução
11/02/2019
TRE julga cassação de senadora Selma Arruda até março
 
 
DESTAQUES
Novo Conselheiro
09/02/2019
Voto secreto de deputados definirá indicação ao TCE
 
 
MEIO AMBIENTE
Por Descumprir Determinação Legal
08/02/2019
Cooperativa de reciclagem é interditada e diretoria será responsabilizada criminalmente
 
 
EDUCAÇÃO
Sem Calendário Escolar
07/02/2019
MP notifica prefeitura para que inicie o ano letivo na rede municipal de Mirassol D'Oeste
 
 
ECONOMIA
Vice-presidente vem a Mato Grosso encerrar colheita de soja
07/02/2019
O governador Mauro Mendes também estará no evento
 
 
ECONOMIA
Mato Grosso
06/02/2019
Governo edita normas mais rígidas para incentivos fiscais e despesa com pessoal
 
 
POLICIA
Guarantã do Norte, Marcelândia e Alta Floresta.
06/02/2019
Gaeco deflagra Operação “Caporegime” no interior do Estado
 
rodape.jpg
Cudado na Estrada  
Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
 
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá