topo.jpg
Domingo - 18 de Novembro de 2018
POLICIA - 11/07/2018 - 12:00
 
Vereador de VG faz disparos em bar e é preso
 
   
   
 

 

O Jânio Calistro (PSD), de Várzea Grande, foi detido na tarde desta terça (10),  em um bar do bairro Mapim, e autuado pelo crime de porte ilegal de arma.

De acordo com o boletim de ocorrência número 2018.216506, o parlamentar teria feito disparos em um bar conhecido como Mané Grande. Pouco depois, a Polícia Militar teria chegado ao local, após receber uma denúncia sobre o caso. No lugar, constataram que o suspeito era o vereador, que é policial civil aposentado.

Durante a abordagem, os militares pediram que ele apresentasse a carteira funcional da Polícia Civil. No entanto, ele disse que o documento estava em casa. O caso aconteceu por volta das 12h50.

Calistro comentou que tinha uma arma de fogo, que estava dentro de sua caminhonete, um S-10. O parlamentar foi ao automóvel e retirou o objeto do porta-luvas. Conforme a PM, ele portava uma arma de fogo pertencente ao modelo PT 940, calibre 40.

A arma tinha um brasão da Polícia Civil e, comprovadamente, pertencia à instituição. Na caminhonete, o vereador também tinha um carregador com quatro munições intactas.

ARMA DO VEREADOR

 Arma é uma pistola modelo PT 940, calibre 40 e está apreendida com a Polícia Militar

Conforme a PM, além de não estar com a funcional da Polícia Civil, ele também não estava com nenhuma documentação da arma de fogo.

O vereador, que é ex-presidente da Câmara de Várzea Grande, teria pedido que um amigo, que o acompanhava no bar, buscasse a carteira funcional em sua residência.

Segundo o boletim de ocorrência, o oficial de área, Tenente Barbosa, entrou em contato com o corregedor-geral da Polícia Civil, que repassou o contato do plantonista da corregedoria, Sérgio Medeiros.

O tenente informou que repassou o caso do vereador ao plantonista, que o orientou a apresentar o vereador várzea-grandense ao delegado de plantão, para que tomasse as medidas cabíveis ao caso.

O vereador foi dirigindo sua caminhonete até a Delegacia de Polícia. Em seguida, foi entregue ao delegado sem o uso de algemas.

O delegado deve autuar o parlamentar por porte ilegal de arma, crime que não cabe fiança. O Poder Judiciário será comunicado sobre o caso e decidirá sobre a liberdade do vereador.

RDNews

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Eleição da OAB
16/11/2018
Em Cáceres, Leonardo fecha agenda de viagens ao interior de MT
 
 
DESTAQUES
Poconé
15/11/2018
Município e prefeito são acionados por descumprirem leis de Acesso à Informação e da Transparência
 
 
DESTAQUES
Promovida pelo MPMT
14/11/2018
Lideranças cobram efetivação de políticas públicas étnico-raciais em audiência pública
 
 
POLÍTICA
Biênio 2019/2020.
13/11/2018
Botelho mais preparado e articulado pra ocupar cadeira de presidente de AL
 
 
DESTAQUES
Cuiabá
13/11/2018
Emanuel Pinheiro avalia positivamente andamento das obras e do processo de abertura do novo PS
 
 
DESTAQUES
São Paulo
12/11/2018
Iniciativa desenvolvida pelo MPMT é apresentada no “Acelera Startups”
 
 
DESTAQUES
Sistema de Esgotamento Sanitário
10/11/2018
MPF garante na justiça suspensão de contrato entre o Município de Jaciara/MT e empresa de engenharia
 
 
DESTAQUES
Cobrando Providência
09/11/2018
OAB Peixoto de Azevedo constata abandono em Lar dos Idosos
 
 
CIDADES
Arrecadação de Alimentos
09/11/2018
1ª dama de Cuiabá abre doações da 2ª edição do Natal Sem Fome
 
 
MEIO AMBIENTE
Debate
08/11/2018
Urbanismo e adoção integram pauta de encontro temático promovido pelo MPMT nesta quinta e sexta
 
 
DESTAQUES
Práticas Instrutórias
08/11/2018
MPF realiza cartório itinerante no Vale do Araguaia e percorre 1600 quilômetros em três dias
 
 
EDUCAÇÃO
Itiquira
07/11/2018
MPMT estabelece prazo de 60 dias para Estado reformar escola
 
rodape.jpg
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS