topo.jpg
Quinta-feira - 19 de Julho de 2018
SAÚDE - 10/07/2018 - 15:59
 
Cuidado com a Saúde
 
   
   
 

 

Fisioterapia pélvica traz benefícios para gestantes, principalmente durante o trabalho de parto

 

Ao se descobrir grávida, a mulher começa a planejar cada detalhe para que o bebê chegue tranquilamente. O cuidado com a saúde passa a ser prioridade e ela procura um médico, melhora a alimentação, pratica alguma atividade física e, é claro, trabalha a musculatura do assoalho pélvico, certo? Nem sempre. O períneo – como também é conhecido – ainda é, por vezes, negligenciado pela maioria das gestantes durante o pré-natal. Mas, fortalecê-lo é essencial.

 

Similar a uma “cama elástica”, o assoalho pélvico é um conjunto de músculos, fáscias e ligamentos que fazem a sustentação dos órgãos pélvicos como bexiga, útero, reto, intestino e todo conteúdo que fica na pelve – parte baixa do abdômen.

 

Durante a gestação, ele é muito exigido por conta do sobrepeso, pelo aumento progressivo do peso do bebê e pela ação dos hormônios, que contribuem para a sua perda de tônus. No parto normal, seu papel é de protagonista. Para se ter uma ideia, o diâmetro da cabeça fetal é aproximadamente quatro vezes maior que o diâmetro em repouso do canal vaginal. Investir em exercícios para essa musculatura é fundamental.

 

De acordo com a fisioterapeuta em saúde da mulher, Mayara dos Santos Barros, independente da escolha da via de parto (normal ou cesariana), é importante buscar um acompanhamento da musculatura do assoalho pélvico durante o pré-natal.

 

“Muitas mulheres nunca fizeram uma contração perineal. Com a musculatura do assoalho pélvico fortalecida, há menos riscos de disfunções perineais como incontinências (urinária e fecal) ou o que chamamos de prolapso – condição em que, por falta de sustentação, os órgãos saem de sua posição original”, ressaltou a médica durante Curso de Gestantes do Hospital Santa Rosa, uma iniciativa que faz parte das atividades do Projeto Parto Adequado.

 

A funcionalidade dos músculos do assoalho pélvico envolve componentes como controle, resistência, força e tônus. Tanto que a fisioterapia em gestantes é capaz de prevenir a dor, melhorar a postura, diminuir o risco de lesões, promover uma maior percepção corporal, melhorar a autoestima e proporcionar uma gravidez e parto mais saudável – por auxiliar também no segundo estágio do trabalho de parto.

 

Segundo Mayara, o parto normal é uma “prova de fogo” para o assoalho pélvico. “Sem treinamento, é como se uma pessoa normal tentasse fazer uma pose de bailarina. A performance não é a mesma. No parto normal, a mulher precisa de uma musculatura forte o suficiente para distender e uma boa capacidade de estiramento que facilite que o bebê saia sem o risco de lesões. Prevenindo, inclusive, a necessidade de uma episotomia (o famoso ‘pique’)”, ressalta.

 

EXERCÍCIOS – Em gestantes, a fisioterapia pélvica é realizada por meio de exercícios simples de alongamento, fortalecimento e relaxamento da musculatura perineal. Entre eles, está a massagem perineal – que deve ser realizada a partir da 32ª semana de gravidez. Ela consiste em movimentos circulares e em sistema de U, que podem ser realizados pelo fisioterapeuta ou em casa após treinamento.

 

Outro recurso existente é o Epi-no – um dispositivo que consiste em um balão de silicone que, ao ser introduzido e inflado na vagina da mulher, simula a pressão da cabeça da bebê em processo de parto. Ele irá contribuir para a percepção corporal relativa à força necessária que a mulher precisa desprender no momento de dar à luz, sem ter como adicional o estresse emocional do momento.

 

No pós-parto, os exercícios perineais têm como objetivo a melhora da tonicidade dos músculos pélvicos, além de fortalecer os músculos abdominais. 


Conforme explica a ginecologista e obstetra Caroline Paccola, uma das coordenadoras da especialidade no Santa Rosa e também do Projeto Parto Adequado na instituição, o importante é preparar a mulher para uma experiência gestacional e de parto bastante positiva.

 

“O recomendado é que a gestante inicie um acompanhamento com fisioterapeuta ainda no pré-natal, evite o ganho de peso excessivo e, no trabalho de parto (via normal), escolha as posições mais adequadas – entre elas, está o parto verticalizado, que tem como aliado à própria gravidade. Há também uma busca pela conscientização sobre os métodos [farmacológicos ou não] que facilitam a chegada do bebê ao mundo e reduzem a dor física, o que torna o parto menos traumático ambos – mãe e criança”, enfatiza.

 

ESTRUTURA – O Santa Rosa apresenta em sua estrutura uma suíte PPP (Pré-parto, Parto e Pós-parto) com ambientação para redução de ruídos e iluminação adequada, banheira, bola, banqueta ergonômica, barra espaldar (métodos não farmacológicos de alívio de dor) e um moderno equipamento de anestesia, que proporciona maior segurança ao local. Durante todo o processo de parto a gestante poderá contar com a presença de um acompanhante.

 

Além disso, a instituição conta com uma equipe de enfermeiras obstetras e berçaristas; plantão de anestesistas de corpo presente e obstetras 24 horas; pediatras de sobreaviso para recepcionar os recém-nascidos; e UTI Neonatal e Adulta para garantir toda segurança necessária à mãe e ao bebê durante e após o procedimento. Vale destacar que visitas guiadas para gestantes e acompanhantes também podem ser agendadas no hospital por meio do contato (65) 3618-8000.  

 

ACREDITAÇÃO – Ao completar 20 anos, o Santa Rosa é o único hospital de Mato Grosso certificado pela Acreditação Canadense, nível Diamond – uma das principais certificações de qualidade em saúde no mundo. A instituição também é certificada em Excelência, Nível III, pela Organização Nacional de Acreditação (ONA) e em Nível 6 da EMR Adoption Model (EMRAM) pela Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS) Analytics.


   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
16/04/2018  - Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Eleições 2018
19/07/2018
PSDB diz que adversários tentam "ludibriar" Justiça para barrar Caravana da Transformação
 
 
DESTAQUES
Condições de Trabalho
16/07/2018
Assistentes Sociais cobram resposta do TJMT sobre criação de cargos para concurso
 
 
DESTAQUES
Endereço Certo
13/07/2018
Mutuários devem apresentar documentos para participar de projeto
 
 
DESTAQUES
Notificação
12/07/2018
MPF/MT recomenda ao DNIT cumprimento do Plano Básico Ambiental da rodovia BR-364
 
 
ECONOMIA
Cuiabá
10/07/2018
Associação Comercial de Cuiabá oferece serviços gratuitos durante o Liquida Centro
 
 
POLÍTICA
Decisão Favorável
08/07/2018
MPE consegue decisão judicial para retirada de outdoors de Bolsonaro das ruas e avenidas de MT
 
 
DESTAQUES
Desburocratização
06/07/2018
Integração da Redesim assegura ampliação na entrada dos processos
 
 
DESTAQUES
Agenda
04/07/2018
Governador participa de inaugurações em Sinop e Lucas do Rio Verde
 
 
CIDADES
Cuiabá
03/07/2018
Prefeitura realiza semana de avaliação do Programa de Desenvolvimento Integrado
 
 
DESTAQUES
Inaugurações e Vistorias
03/07/2018
Governo inaugura pavimentação de rodovias e lança pontes de concreto no Araguaia
 
 
DESTAQUES
Ranking de Concorrentes
01/07/2018
MPMT é o segundo com maior número de inscritos no Prêmio Innovare 2018
 
 
CIDADES
Cuiabá
29/06/2018
Servidores municipais recebem salários do mês de junho nesta sexta-feira
 
rodape.jpg
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada