topo.jpg
Domingo - 23 de Setembro de 2018
POLICIA - 03/07/2018 - 10:00
 
Investigação
 
   
   
 

 

LUCAS RODRIGUES 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, citou inquéritos contra 22 dos 24 deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso ao se manifestar de forma contrária à soltura do deputado Mauro Savi (DEM).

 

O parecer foi dado em sede de reclamação ingressada pela Procuradoria da Assembleia em favor de Savi, junto ao Supremo Tribunal Federal (STF). A medida será julgada pela ministra Rosa Weber, que já negou um habeas corpus que pedia a liberdade do deputado, nesta segunda-feira (02).

 

Mauro Savi foi preso durante a 2ª fase da Bereré, que apura esquema de fraude, desvio e lavagem de dinheiro no âmbito do Detran-MT, na ordem de R$ 30 milhões, que operou de 2009 a 2015.

 

Segundo as investigações, parte dos valores repassados pelas financeiras à EIG Mercados por conta do contrato com o Detran retornava como propina a políticos e empresários, dinheiro esse que era “lavado” pela Santos Treinamento – parceira da EIG no contrato - e por servidores da Assembleia, parentes e amigos dos investigados.

Além de ignorar a gravidade dos crimes praticados pelo deputado, a Assembleia age manifestamente na defesa da pessoa do parlamentar - e não das prerrogativas do cargo

 

O deputado é apontado como um dos líderes e maiores beneficiários do esquema. O Ministério Público Estadual (MPE) afirmou que ele recebia propinas milionárias através do empresário Claudemir Pereira, então sócio da Santos Treinamento. Savi ainda teria exigido R$ 1 milhão dos sócios da EIG, em 2014, para aceitar encerrar as negociações ilícitas.

 

Na reclamação, a Assembleia Legislativa questionou uma decisão recente do desembargador José Zuquim, que ignorou a votação realizada pelos deputados, autorizando a liberdade de Savi.

 

Na avaliação da Assembleia, o Legislativo possui competência para votar a liberdade do deputado, cabendo a Zuquim apenas conceder o alvará de soltura.

 

A defesa de Savi também questionou tal decisão e ainda acusou o desembargador de fazer “malabarismo” para não conceder a soltura ao parlamentar. Os advogados do deputado alegaram ainda que a decisão de Zuquim foi “ilegal” e “abusiva”.

 

“Alarmante”

 

Para Raquel Dodge, a Assembleia não possui independência para votar pela soltura de Mauro Savi, pois possui “alarmante grau de comprometimento de membros da Assembleia Legislativa do Mato Grosso em investigações em processos criminais”.

 

“Esta circunstância fica cristalina no próprio ajuizamento desta reclamação, tendo em vista que, além de ignorar a gravidade dos crimes praticados pelo deputado, a Assembleia age manifestamente na defesa da pessoa do parlamentar - e não das prerrogativas do cargo”.

 

A procuradora afirmou que o Legislativo ignorou a contemporaneidade dos crimes praticados pela organização criminosa.

 

“E desconsiderou a demonstrada necessidade de preservar a instrução criminal, violada pela atuação do deputado”.

 

Dodge citou que só no esquema da Bereré, além de Savi outros seis deputados são investigados: Eduardo Botelho, José Domingos, Baiano Filho, Nininho, Romoaldo Júnior e Wilson Santos.

 

No parecer, a procuradora ainda anexou uma lista que mostra investigações em andamento contra os 24 deputados da Assembleia.

"Neste quadro, tenho por disfuncional e abusivo o ajuizamento da presente reGIa. mação pela Assembleia Legislativa do Estado do Mato Grosso".

 

Veja a lista de Raquel Dodge:

 

 

 

Leia mais sobre o assunto:

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
16/04/2018  - Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
 
Untitled Document
 
CIDADES
Caceres
21/09/2018
Audiência pública discutiu cobrança de honorários da Procuradoria Municipal.
 
 
DESTAQUES
Caso Cacoal
19/09/2018
Justiça Eleitoral recebe documentos que comprovam calote de Mauro Mendes
 
 
ECONOMIA
Nesta Quarta-Feira
19/09/2018
AMM realiza seminário sobre incremento de receitas próprias dos municípios
 
 
CULTURA
Achamos no Brasil
18/09/2018
Grupo Flor Ribeirinha grava para o Domingo Espetacular da rede Record
 
 
POLÍTICA
Eleições 2018
16/09/2018
Candidata a vice-presidente visita Cuiabá nesta segunda
 
 
DESTAQUES
Infartado
14/09/2018
Paciente espera transferência para UTI em Goiás, após intervenção da Defensoria Pública
 
 
MEIO AMBIENTE
Cuidados
13/09/2018
Confira algumas medidas preventivas que ajudam a enfrentar o clima seco
 
 
POLÍTICA
Feriado
07/09/2018
Agenda do candidato ao Governo de Mato Grosso
 
 
CIDADES
Integração e desenvolvimento:
06/09/2018
Debate sobre implantação de Ferrovia terá nova etapa
 
 
DESTAQUES
Nesta Quarta-Feira
04/09/2018
MPF em Mato Grosso inaugura oficialmente nova sede em Cáceres
 
 
POLÍTICA
Eleições 2018
01/09/2018
Justiça eleitoral defere registro de Ezequiel Fonseca
 
 
ESPORTES
Tenologia
30/08/2018
Clubes de Mato Grosso parabenizam acesso do Cuiabá nas Redes Sociais
 
rodape.jpg
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada