topo.jpg
Quinta-feira - 19 de Julho de 2018
DESTAQUES - 03/07/2018 - 06:21
 
Existe cunho religioso nas terapias alternativas?
 
   
   
 

 


 
Por Elen Lisboa Rodrigues Bellandi


O Coaching é uma metodologia moderna que ajuda a explorar as competências do indivíduo, trançando rotas para o caminho da satisfação. Apesar de bastante popular, a técnica ainda levanta dúvidas sobre seus verdadeiros efeitos na vida das pessoas. É como a Pranaterapia, que mesmo ganhando grandes adeptos nos últimos anos, ainda gera incertezas quanto à sua técnica de tratamento, levantando questionamentos principalmente sobre sua ligação com as religiões. A coach Elen Lisboa, com experiência de 10 anos na área de Coaching e quatro trabalhando com a Pranaterapia, explica quais os mistérios e dúvidas que giram em torno das terapias alternativas, que estão entre as mais populares do mundo. 

Muito se fala sobre a técnica de Coaching, mas o mais comum é associá-lo à maior e melhor metodologia existente no mercado no sentido de desenvolvimento humano. Para que determinado perfil de pessoa é indicada esta técnica?

Para pessoas que estão dispostas a assumir uma parcela de responsabilidade pela transformação que buscam. Portanto, para que haja a indicação do trabalho, é necessário que a pessoa reconheça um desejo de mudança. Se ela tiver qualquer desejo de mudança, de novo hábito ou de melhor resultado em comparação ao que está tendo – disposta a assumir uma corresponsabilidade por essa conquista –, ela tem perfil. Por isso, costumo dizer, é uma técnica que se aplica a muitas áreas da vida. Podemos dizer que se aplica a uma totalidade da área da vida, num Life Coaching, ou em áreas bem específicas de performance, como vendas, negócios, liderança, comunicação. Por exatamente tratar-se de uma estratégia de como gerar essa performance, do ponto de vista comportamental. Então a metodologia de Coaching tem muita influência da área de Administração de Gestão de Mudança e também da Psicologia Positiva, que trabalha essa parte comportamental de como sair de um nível de performance de ação de hábito e ir para um mais aliado ao objetivo almejado. 

O mundo dos negócios adotou o Coaching como uma ferramenta de avanço pessoal e em grupo. Em vista disso, atualmente as maiores empresas do mundo estão adotando o Coaching como ferramenta essencial para os seus negócios. De que forma o Coaching pode ajudar a pessoa que busca destacar-se no mercado de trabalho?

Realmente é uma comprovação. É uma das metodologias de desenvolvimento humano mais utilizada dentro das áreas de desenvolvimento e treinamento das empresas. A consultoria PricewaterhouseCoopers pela International Coach Federation (ICF) reconhece como uma das técnicas que mais retornam investimento. Existe um estudo apontando que o retorno do Coaching é de 300%, isto é, se você investe R$ 100 mil, o seu retorno como negócio é de R$ 300 mil. O que do ponto de vista dos negócios é muito interessante porque realmente se consegue apurar o retorno do investimento e esse acréscimo na performance do que é o líder e do que é a pessoa que está passando pelo processo. E isso acaba sendo tão eficaz no mundo dos negócios porque tem um viés muito pragmático e focado em resultado, que é o que se visa no mundo dos negócios. A pessoa quando vai entrar num processo de Coaching, no caso financiado pela empresa, tem um objetivo de desenvolvimento comportamental e um objetivo estratégico. Isso significa que ela tem algo a ganhar como negócio e dentro da performance da satisfação individual. O Coaching é um grande alinhador, o que quer dizer que gera uma sinergia que coloca esse colaborador em estado de latência, de consciência e de compromisso com o ganho pessoal dele, que gera o ganho empresarial. Portanto, é uma metodologia muito pautada no despertar de uma consciência maior, um esmiuçar do passo a passo para honrar com essa melhor performance pessoal, que futuramente promoverá um melhor resultado empresarial. 

Com casos resolvidos satisfatoriamente, o aumento da procura pelo Coaching cresceu significativamente. Em seu consultório, você percebe um aumento nessa procura?

Existe uma procura cada vez maior. Eu trabalho profissionalmente com o Coaching há 10 anos e testemunho, nesse tempo, uma ascensão da consciência das pessoas sobre o que é isso. Quando eu comecei a trabalhar com o Coaching, realmente era um público muito pequeno que conhecia a metodologia e que já tinha se beneficiado dela. Nesses anos, testemunho mais pessoas conhecendo o método e sendo beneficiadas. É um movimento de corrente do bem com mais pessoas inspiradas em buscar os benefícios. Paralelamente a isso, ocorre um boom de profissionalização na área. O número de colegas nesses 10 anos aumentou muito, então deu espaço para essa democratização do método. Existe uma maior acessibilidade a conhecimentos, por meio das mídias sociais, da internet e, por consequência, existe uma movimentação maior no mercado de Coaching. No meu consultório isso fica bastante evidente, pois tem cada vez um número maior de pessoas procurando, seja para auxiliar no âmbito pessoal ou profissional. 

É possível utilizar o Coaching como ferramenta para combater os vícios? De que forma ele pode ajudar?

Muito! Do ponto de vista comportamental, o vício é um hábito que se instaurou consciente e inconscientemente, perdurou por tempo o suficiente para os neurotransmissores com recompensas que talvez sejam maiores do que aquilo que você gostaria de ter de hábitos saudáveis. É completamente gerenciável, embora possa haver situações de maior complexidade ou de menor complexidade. Um hábito que o paciente começou a ter há 20, 30 ou 50 anos, que perdurou até aqui e, portanto, tornou-se um padrão vicioso que esteja gerando perdas e ganhos. Talvez ele esteja consciente dessas perdas e ganhos, e possa por meio de um processo de Coaching entender o que pode ser um ganho maior ainda, em vista deste que está tendo com o vício. De forma que tenha um fator de motivação, visão, missão e valores o suficiente para mexer nisso, porque o Coaching é algo que se aplica tremendamente a qualquer área e qualquer situação da vida, mesmo o vício. Por isso é importante que o paciente esteja altamente comprometido com o novo resultado. Se o vício é droga, álcool, químicos ou um padrão meramente comportamental, aquilo que vem a ganhar, se mudar os hábitos, deve ter mais valor do que ele está ganhando com aquele padrão anterior. O processo de Coaching começa como um gatilho por meio da vividez, do recompromisso com a grande conscientização de que possa ter mais satisfação mudando. Só terá êxito na conclusão desse processo se o paciente tiver algo muito interessante a ganhar com isso. 

A técnica de Coaching tem sido bastante associada ao processo de emagrecimento, incentivando os pacientes a adotarem exercícios físicos e uma alimentação saudável. Como é possível realizar esse processo de emagrecimento?

Emagrecer é, num ponto de vista da constância, criar um novo padrão comportamental, que promoverá um processo de reeducação de hábitos físicos, alimentares e padrões mentais. O Coaching se aplica muito a isso porque vai trabalhar a maneira que o paciente fazia e a maneira que deseja fazer a partir de agora. Ajuda muito no meio do percurso a gerenciar falhas e as nos entender melhor a partir do processo. Na verdade, a transformação de um hábito de alimentação e atividade física melhor acontecerá na medida em que você vai se conhecendo melhor no processo de Coaching, porque numa sessão você vai ser questionado a atentar-se ao que te leva a comer, qual a recompensa buscada, o que te leva a fazer um exercício e o que te boicota a ter uma alimentação saudável. O processo de Coaching elucidará essas questões. Portanto, o Coaching é um “objetivador” de como chegar ao resultado desejado. Se desejo emagrecer 10 quilos, o Coaching vai dar um aporte motivacional, no sentido de equivaler o processo de conscientização, e, se não der certo como se gostaria, mostrará o que se pode aperfeiçoar. 

A Pranaterapia é uma técnica de harmonização energética que utiliza o chamado Prana para transformar os processos do corpo. Ela tem associação com alguma religião? Qual a relação das religiões com a prática?

Não tem. Na verdade, ela tem um propósito universalista. A Pranaterapia tem inspiração em múltiplas religiões, prova disso é que dentro dela existem cursos de Cristianismo revelado, Budismo revelado, Induismo revelado e um voltado ao estudo da Cabala e da árvore da vida. Existe muito conhecimento da medicina chinesa de Feng Shui. Existe uma proposta por parte do fundador universalista de organizar o conhecimento de uma maneira laica, acessível a qualquer religião, para a prática da espiritualidade e do desenvolvimento humano. O objetivo da Pranaterapia como um todo é levar a autorrealização, que é praticamente o objetivo da Yoga. Para isso, o fundador utilizou o que cada religião tinha de mais poderoso – e não no sentido de devoção religiosa ou preferência religiosa –, mas abordando durante os cursos os conteúdos de múltiplas religiões, para entender os dogmas. A Pranaterapia, conhecida no mundo inteiro como Pranic Healing, trabalha com duas linhas que buscam esse objetivo macro. A primeira é uma técnica terapêutica, que não tem nada a ver com religião, porque é uma técnica de medicina energética que visa a harmonização do sistema de energia da pessoa. Volto a dizer, essa técnica não tem cunho religioso nenhum. Ela consiste em reconhecer o que a pessoa deseja melhorar física, mental, emocional e espiritualmente. Por exemplo, uma gastrite, um câncer, o déficit de atenção, a insônia ou a pressão alta. Dentro da Pranaterapia, nós temos mais de oito mil protocolos, organizados pelas Filipinas, sede da Pranaterapia em Manila, que regulamenta esse trabalho que existe há 30 anos no mundo e cuida de padronizar a qualidade técnica da parte terapêutica. Os protocolos são o passo a passo do que fazer no corpo de energia da pessoa para limpar, energizar e ter uma resolução nessa queixa dela. 

Mas a Pranaterapia não é feita apenas da parte terapêutica, esse é apenas um pilar. O segundo pilar é o que chamaremos de Yoga Arhática. Essa é a filosofia de vida para quem se identifica com a proposta da Pranaterapia, porque o paciente pode receber terapeuticamente a Pranaterapia sem precisar concordar com o que ela propõe, se beneficiando de forma igual. Deste modo, ela não precisa acreditar, não precisa concordar, basta ela querer um resultado. A Yoga Arhática é para aqueles que se identificaram com a proposta do estilo de vida, com o desenvolvimento contínuo, que acreditam que é possível alcançar a autorrealização. O yogue, praticante desta técnica, vai usar a terapia prânica para conseguir melhorar no caminho da Yoga Arhática. A proposta do Mestre Choa Kok Sui com os cursos prânicos é aliviar a dor humana, solucionando qualquer problema e cooperando para que as pessoas criem a realidade mais almejada. Esses são alguns dos grandes objetivos da terapia prânica sem cunho religioso, que basicamente quer dizer: se você tem um problema para resolver, você tem indicação para a Pranaterapia. Essa linha da Yoga Arhática não tem cunho religioso porque ela não vai fazer devoção a uma religião, por isso existem várias autoridades religiosas que praticam a Yoga Arhática, que é uma técnica altamente espiritualizada.

Muito se fala a respeito dos Chakras, mas, na verdade, o que são?

O Chakra é um centro de energia do corpo da pessoa. Nós temos um corpo físico e um corpo bioplasmático, que funciona como um órgão para o corpo físico. Ele possui funções específicas, com atribuições específicas vinculadas com endócrinos. Isto é, cada Chakra tem interferência significativa em cada endócrino. O Chakra trabalha como um ventilador, no sentido horário e anti-horário. No sentido horário, trabalha com pétalas que fazem com que ele esteja energizando o corpo. E, no sentido anti-horário, liberando as energias mal qualificadas dessa região que ele gerencia. Existem Chakras que cuidam de limpar e energizar partes bem densas do nosso corpo. Começam do Chakra básico que está relacionado a saúde das pernas e ossos, subindo Chakras por Chakras até chegar no da coroa, que seria dos mais familiares, de energia mais leve e mais espiritual. Tem Chakra com função corpórea, espiritual, mental e emocional. Dentro da Pranaterapia existe um curso chamado de Psicoterapia que estuda a relação de cada Chakra com as questões psíquicas e psiquiátricas. Nós exploramos para ver qual está sendo a ativação desse Chakra do paciente e, caso necessário, reorganizamos isso de forma a trazer para um nível de energia adequado, que vai levar esse Chakra a funcionar melhor e cumprir o papel que cabe a ele originalmente. 

A Pranaterapia pode ser indicada para quais perfis de clientes?

Honestamente, a resposta mais adequada é: para qualquer pessoa que almeja uma melhoria, aliviar um problema ou queira uma mudança. O paciente necessita de uma dessas relações para ser aplicável. Logo, ele só precisa existir, porque como ser humano ele já tem essas condições necessárias. A Pranaterapia é aplicável em gestante, em bebê e até em um feto, porque o feto na barriga da mãe está desenvolvendo o corpo físico, mental e espiritual dele. Podemos dizer que se aplica a qualquer pessoa, qualquer condição, pode ser uma planta ou um animal. Numa experiência bem pessoal minha por meio do meu trabalho de quatro anos, quem tem muita empatia pelo método é aquela pessoa que já tentou de tudo e não obteve os resultados. E, através da Pranaterapia, conseguiu um resultado extraordinário. E se encaixam neste caso aquelas pessoas com afinidade pelas terapias naturais, pela medicina complementar e pela realidade energética. 

De que forma é possível ver os efeitos da Pranaterapia no corpo humano?

Deve ter a mudança de experiência. Esse é o propósito. Isto é, se a pessoa veio com enxaqueca, como ela sabe que o tratamento está funcionando? É importante que reduza os casos de enxaqueca, as dores e a frequência delas. É preciso caminhar cada vez mais para uma solução melhor, o que significa acabar com a enxaqueca ou chegar ao ponto que aquilo esteja muito harmônico na vida dela. A experiência da melhoria, dentro do objetivo dela, é que vai medir a funcionalidade do trabalho. Muitas pessoas depois das sessões de Pranaterapia tornam-se mais devocionais em relação às suas religiões. É o que volto a dizer, não tem cunho religioso nenhum, mas como a pessoa está com o bem-estar maior, a tendência é que, pelo bem-estar que é praticar aquilo, ela se torne mais comprometida com isso. A pessoa que recebe a Pranaterapia na vida, genericamente, terá melhoras significativas nas performances de vida, seja na vida de casal, na vida de pai e mãe, de gerente do lar, gerente do trabalho e profissional. 

Pela satisfação no tratamento com a cura prânica, o método também ganhou uma plataforma na modalidade a distância. Nesta modalidade, como é possível garantir os efeitos positivos da Pranaterapia?

A modalidade a distância é feita a partir da consciência quântica da interconectividade desse corpo bioplasmático. Nesse corpo há Chakras com várias funções no corpo energético, que está interconectado com tudo. Do ponto de vista da interconectividade, o planeta Terra tem Chakras e um corpo bioplasmático que está completamente interconectado gerando uma retroinfluência, isto é, o que acontece lá, influencia aqui. Portanto, isso permite uma completa acessibilidade, a comunicação entre corpos bioplasmáticos porque a conexão já existe. É como dizer que o Wi-Fi já está ligado, mas eu posso mandar ou não um e-mail. E quando eu mando informações de um corpo bioplasmático para outro, basicamente, estou fazendo a distância o que faço presencialmente, que é explorar aquele Chakra da pessoa. Neste caso, utilizando os protocolos da Pranaterapia, sem ela me ver, estou fazendo no corpo bioplasmático dela que está interconectado com o meu.

Lisboa Desenvolvimento


Atenciosamente, 

Ana Prado

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
16/04/2018  - Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Eleições 2018
19/07/2018
PSDB diz que adversários tentam "ludibriar" Justiça para barrar Caravana da Transformação
 
 
DESTAQUES
Condições de Trabalho
16/07/2018
Assistentes Sociais cobram resposta do TJMT sobre criação de cargos para concurso
 
 
DESTAQUES
Endereço Certo
13/07/2018
Mutuários devem apresentar documentos para participar de projeto
 
 
DESTAQUES
Notificação
12/07/2018
MPF/MT recomenda ao DNIT cumprimento do Plano Básico Ambiental da rodovia BR-364
 
 
ECONOMIA
Cuiabá
10/07/2018
Associação Comercial de Cuiabá oferece serviços gratuitos durante o Liquida Centro
 
 
POLÍTICA
Decisão Favorável
08/07/2018
MPE consegue decisão judicial para retirada de outdoors de Bolsonaro das ruas e avenidas de MT
 
 
DESTAQUES
Desburocratização
06/07/2018
Integração da Redesim assegura ampliação na entrada dos processos
 
 
DESTAQUES
Agenda
04/07/2018
Governador participa de inaugurações em Sinop e Lucas do Rio Verde
 
 
CIDADES
Cuiabá
03/07/2018
Prefeitura realiza semana de avaliação do Programa de Desenvolvimento Integrado
 
 
DESTAQUES
Inaugurações e Vistorias
03/07/2018
Governo inaugura pavimentação de rodovias e lança pontes de concreto no Araguaia
 
 
DESTAQUES
Ranking de Concorrentes
01/07/2018
MPMT é o segundo com maior número de inscritos no Prêmio Innovare 2018
 
 
CIDADES
Cuiabá
29/06/2018
Servidores municipais recebem salários do mês de junho nesta sexta-feira
 
rodape.jpg
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada