topo.jpg
Domingo - 18 de Novembro de 2018
NACIONAL - 26/06/2018 - 08:58
 
Dois projetos do MP/MT são selecionados para a segunda fase do Prêmio CNMP /2018
 
   
   
 

 

 

 

Dois projetos desenvolvidos pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso foram selecionados para a segunda fase do Prêmio CNMP/2018. A lista foi divulgada  ontem (21) pelo Conselho Nacional do Ministério Público. Estão no páreo os projetos Água para o Futuro, realizado em Cuiabá, e a Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Barra do Garças e Pontal do Araguaia.

O “Água para o Futuro” concorre na categoria Defesa dos Direitos Fundamentais. Já a Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher de Barra do Garças e Pontal do Araguaia foi selecionada na categoria Indução de Políticas Públicas. O procurador-geral de Justiça, Mauro Benedito Pouso Curvo, ressalta que o Ministério Público do Estado de Mato Grosso está muito bem representado e que as duas iniciativas têm grandes chances de  receberem o prêmio.

            “Em todo o Estado, temos excelentes projetos. O reconhecimento em nível nacional dessas duas iniciativas com certeza é gratificante, mas independente da premiação todos já são vencedores por estarem prestando um serviço de excelência à sociedade”, afirmou Curvo.

A lista divulgada pelo CNMP  conta com 45 projetos, sendo cinco iniciativas em cada uma das nove categorias da premiação. Agora, a Comissão Julgadora do Prêmio CNMP 2018 receberá a lista final com todas as informações dos projetos, e, no dia 1º de agosto, os julgadores definirão os três finalistas de cada categoria.

            Os vencedores serão conhecidos no dia 13 de setembro, durante a solenidade de abertura do 9º Congresso Brasileiro de Gestão do Ministério Público

SELECIONADOS: O projeto Água para o Futuro é executado pelo Ministério Público  em conjunto com o Instituto Ação Verde e a Universidade Federal de Mato Grosso. O projeto busca, prioritariamente, garantir a segurança hídrica de Cuiabá e o abastecimento de água potável por meio da identificação, preservação e recuperação das nascentes.

Com esse propósito, equipes técnicas formadas por geólogos, hidrogeólogos, engenheiros florestais, engenheiros sanitaristas, biólogos, especialistas em sensoriamento remoto, entre outros profissionais, realizam trabalhos de campo, análises, pesquisas e atividades científicas diversas relacionadas à identificação, caracterização e monitoramento das nascentes urbanas de Cuiabá, previstas no seu plano de ação.

A Rede de Enfrentamento à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Barra do Garças e Pontal do Araguaia, por sua vez,  começou a ser implementada em 2013. A iniciativa busca a igualdade de gênero com a atuação proativa e articulada junto à comunidade local, criando mecanismos de reflexão e mudança do modelo social na efetividade dos direitos da mulher, bem como a aplicação humanizada da legislação pertinente ao combate da violência de gênero.


 Seguindo as diretrizes do artigo 8º, da Lei 11.340/06, trata-se de uma prática permanente estruturada em cinco eixos: Rede de atenção/proteção social na violência doméstica;Aplicação humanizada do procedimento legal;  Educação permanente dos agentes sociais; Núcleo acadêmico de pesquisa; Prevenção e sensibilização social.

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Eleição da OAB
16/11/2018
Em Cáceres, Leonardo fecha agenda de viagens ao interior de MT
 
 
DESTAQUES
Poconé
15/11/2018
Município e prefeito são acionados por descumprirem leis de Acesso à Informação e da Transparência
 
 
DESTAQUES
Promovida pelo MPMT
14/11/2018
Lideranças cobram efetivação de políticas públicas étnico-raciais em audiência pública
 
 
POLÍTICA
Biênio 2019/2020.
13/11/2018
Botelho mais preparado e articulado pra ocupar cadeira de presidente de AL
 
 
DESTAQUES
Cuiabá
13/11/2018
Emanuel Pinheiro avalia positivamente andamento das obras e do processo de abertura do novo PS
 
 
DESTAQUES
São Paulo
12/11/2018
Iniciativa desenvolvida pelo MPMT é apresentada no “Acelera Startups”
 
 
DESTAQUES
Sistema de Esgotamento Sanitário
10/11/2018
MPF garante na justiça suspensão de contrato entre o Município de Jaciara/MT e empresa de engenharia
 
 
DESTAQUES
Cobrando Providência
09/11/2018
OAB Peixoto de Azevedo constata abandono em Lar dos Idosos
 
 
CIDADES
Arrecadação de Alimentos
09/11/2018
1ª dama de Cuiabá abre doações da 2ª edição do Natal Sem Fome
 
 
MEIO AMBIENTE
Debate
08/11/2018
Urbanismo e adoção integram pauta de encontro temático promovido pelo MPMT nesta quinta e sexta
 
 
DESTAQUES
Práticas Instrutórias
08/11/2018
MPF realiza cartório itinerante no Vale do Araguaia e percorre 1600 quilômetros em três dias
 
 
EDUCAÇÃO
Itiquira
07/11/2018
MPMT estabelece prazo de 60 dias para Estado reformar escola
 
rodape.jpg
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS