topo.jpg
Quinta-feira - 18 de Abril de 2019
 
AGRONEGÓCIO - 16/06/2018 - 05:22
 
Mais de 6 mil propriedades serão fiscalizadas durante vazio sanitário da soja
 
   
   
 

 

 

De 15 de junho a 15 de setembro não poderá haver plantas vivas de soja cultivadas ou guaxas, tanto em áreas de cultivo quanto às margens das rodovias.
Dayanne Santana |
 

De acordo com a última atualização cadastral do Instituto de Defesa Agropecuária do Estado de Mato Grosso (Indea-MT), realizada em fevereiro deste ano, existem 11.787 propriedades produtoras de soja no estado. No período do vazio sanitário da soja, de 15 de junho a 15 de setembro, cerca de 60% deste total de propriedades devem ser fiscalizadas. Na safra 2017/2018 foram usados 7,9 milhões de hectares para o plantio da oleaginosa.

De acordo com a Instrução Normativa Conjunta Sedec/Indea-MT nº 002/2015, durante o período de 90 dias do vazio sanitário, não poderá haver plantas vivas de soja cultivadas ou guaxas (germinação voluntária). O objetivo é reduzir a sobrevivência do fungo causador da ferrugem-asiática, Phakopsora pachyrhizi, na entressafra e assim atrasar a ocorrência da doença durante a safra.

O fungo que causa a ferrugem-asiática precisa de hospedeiro vivo para se desenvolver e multiplicar. Ao eliminar as plantas de soja na entressafra “quebra-se” o ciclo do fungo, reduzindo assim a quantidade de esporos presentes no ambiente. A ferrugem asiática da soja provoca a desfolha precoce da planta impedindo a completa formação dos grãos, o que gera redução na produtividade, sendo considerada uma praga de importância econômica.

O Indea alerta também que as instituições concessionárias ou administradoras de rodovias, ferrovias, portos fluviais e aeroportos, precisam manter as áreas de seus domínios sem plantas vivas de soja, durante o período do vazio sanitário.

Denúncias quanto ao descumprimento do vazio sanitário podem ser feitas ao Indea por meio da Ouvidoria, pelo telefone 0800 647 9990 e Ouvidoria Geral do Estado pelo endereço eletrônico http://www.ouvidoria.mt.gov.br/falecidadao/.

A multa para quem descumprir o período é de 30 Unidade Padrão Fiscal (UPF-MT), mais 2 UPF por hectare de planta não eliminada. O valor da UPF pode ser consultado no site da Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-MT).


VEJA TAMBÉM


-- 
Dayanne Santana
   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
02/04/2019  - MPMT reivindica do Estado construção de Centros Socioeducativos
14/01/2019  - Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Administração Pública
18/04/2019
Novas regras para concessão de licença-prêmio atendem recomendação da CGE
 
 
NACIONAL
Alegando Separação das Funções
16/04/2019
Raquel Dodge arquiva inquérito aberto pelo min. Dias Toffoli para investigar noticiais falsas contr
 
 
MEIO AMBIENTE
REDD Early Movers
15/04/2019
MT-Programa internacional financia implementação das Promotorias de Justiça de Bacias Hidrográficas
 
 
TURISMO
Cerrado
15/04/2019
Pantanal é opção para viajar em família na Semana Santa
 
 
CULTURA
Administração Pública
14/04/2019
Conselho Estadual de Cultura abre inscrições para eleição complementar
 
 
DESTAQUES
Técnicas de Investigação
13/04/2019
MPMT promove seminário para aperfeiçoar técnicas de enfrentamento à improbidade administrativa
 
 
POLICIA
Mais de 15 Anos
12/04/2019
Réus julgados em abril por crimes dolosos contra a vida são condenados
 
 
MEIO AMBIENTE
MPe pede Desocupação da Área,
11/04/2019
Moradores de bairros são acionados na justiça por degradar nascente
 
 
DESTAQUES
A Pedido do MPMT
10/04/2019
Justiça decreta indisponibilidade de bens do prefeito de Alta Floresta
 
 
MUNDO JURÍDICO
Juri Popular
10/04/2019
MPMT pede a pronúncia de dois participantes da chacina de Colniza
 
 
CIDADES
Cuiabá 300 Anos
09/04/2019
Prefeito inaugura obras de infraestrutura e leva mais dignidade à moradores da Capital
 
 
ECONOMIA
Distorção
08/04/2019
Atuação do MPMT garante limitação da margem de lucro em 20% na revenda do álcool
 
rodape.jpg
Reunião  
MPMT reivindica do Estado construção de Centros Socioeducativos
 
Cudado na Estrada  
Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
 
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos