topo.jpg
Sábado - 16 de Fevereiro de 2019
MUNDO JURÍDICO - 13/06/2018 - 09:10
 
Cearense ganha liberdade após cumprir dois anos e quatro meses além do tempo total de sua pena
 
   
   
 

 

O cearense C. T. T. A., 29 anos, condenado a seis anos e oito meses de prisão em regime fechado, por furto qualificado e receptação, viveu, até poucos dias, um caso clássico de injustiça no sistema prisional brasileiro: foi esquecido e privado ilegalmente de sua liberdade por dois anos e quatros meses além do tempo total de sua pena. O martírio dele só chegou ao fim nove anos e 26 dias da sua prisão, após a intervenção da defensora pública que atua em Jaciara, Jacqueline Rodrigues.

A defensora é um dos 90 profissionais da força-tarefa “Defensoria Sem Fronteiras”, programa que acontece em Fortaleza (CE) de 4 de junho até sexta-feira (15/6), período em que das 8h às 20h, defensores públicos de todo o país avaliam a situação processual de 11 mil presos, de sete unidades prisionais daquele estado. O objetivo é identificar e cessar irregularidades e ilegalidades como as cometidas com C.

Internas (7)Jacqueline avalia que o caso de C. configura um caso grave e absurdo de ilegalidade encontrado no Sistema de Justiça brasileiro. “Caso o acompanhamento processual desse cidadão fosse feito, de forma adequada e dentro da lei, ele poderia ter saído para o regime aberto depois de ter cumprido dois anos e dois meses de prisão no fechado. Ele cometeu crimecontra o patrimônio, sem violência ou grave ameaça contra pessoas”, disse.

O caso famoso do goleiro Bruno Fernandes, condenado em 2010 pela morte de Eliza Samudio, serve para ilustrar a desproporção e gravidade da situação vivida por C.. Após cumprir sete anos de prisão, em regime fechado, Bruno conseguiu a liberdade, em fevereiro de 2017, garantida por uma liminar num habeas corpus, concedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello. Em abril do ano passado ele voltou para a prisão, mas a defesa recorreu da revogação da liminar.

Preso 1Atuação - Para solucionar o caso do cearense, a defensora explica que fez uma petição apontando a ilegalidade e pedindo a extinção da pena, diante do cumprimento dela além do tempo necessário, e solicitando que o juiz da 3ª Vara de Execuções Penais da Comarca de Fortaleza expedisse o alvará de soltura. No caso de C., ainda cabem os pedidos de indenização por danos morais e materiais, por prisão ilegal. A decisão da extinção e da soltura foram favoráveis e ele está em liberdade.

“Ele foi preso com 20 anos, passou grande parte da juventude preso por um crime contra o patrimônio e agora, caso ele queira, poderá sim pedir indenização, via Defensoria Pública do estado do Ceará”, explica a defensora.

Internas (2)Programa - O Defensoria Sem Fronteira está em sua 12ª edição e reúne 90 defensores públicos de todo o país, por 10 dias, no Centro de Eventos de Fortaleza, com o objetivo de avaliar a situação processual de presos, condenados e provisórios. A Defensoria Pública de Mato Grosso (DPE/MT) enviou cinco defensores para o programa, que teve início na segunda-feira (4/6).

Jaqueline informa que ficou com os casos de presos condenados e que nos primeiros dias de evento encontrou outro caso grave. “Peguei o caso de um acusado de homicídio, registrado em Macapá, mas preso em Fortaleza. Ele está no presídio há mais de mil dias, aguardando o julgamento no Júri Popular. O Júri já foi marcado duas vezes em Macapá, mas o estado do Ceará não fez a transferência para que ele possa ser julgado. É outro absurdo, o processo concluído para o julgamento no Júri e a pessoa aguardando há três anos”, afirma.

Da 12ª edição do programa, além de Jacqueline participam as defensoras públicas Giovanna Santos, que atua na comarca de Rosário Oeste; a defensora que atua em Chapada dos Guimarães, Janaína Yumi Osaki, Gisele Berna de Água Boa e o defensor que atua em Rondonópolis, Fábio Barbosa.

O DSF já foi realizado em Minas Gerais, Maranhão, Ceará, Paraná, Amazonas, Roraima, Rio Grande do Norte, duas vezes em Santa Catarina e duas vezes em Pernambuco e, por último, em Rondônia. Os bons resultados alcançados têm sido reconhecidos como política pública dentro do sistema de justiça brasileiro.

O defensor público-geral, Silvio Jeferson de Santana, avalia que a iniciativa é um divisor de águas na atuação da Defensoria Pública, em todo o território nacional, que evidencia a importância e a necessidade da união para o desenvolvimento de trabalhos essenciais para a garantia do direito. “A atuação em rede, com um único objetivo, é comprovadamente eficiente como política pública para reverter injustiça contra a população carente do país”.

Márcia Oliveira

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
14/01/2019  - Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Untitled Document
 
ECONOMIA
Mercado Imobiliário na Agenda Legislativa
15/02/2019
Mato-grossense é escolhido coordenador da frente parlamentar do mercado imobiliário do Centro Oeste
 
 
DESTAQUES
Carnaval de 2019
15/02/2019
Emanuel esclarece que Prefeitura não patrocina Escola de Samba que homenageia Cuiabá
 
 
DESTAQUES
Em Brasília
15/02/2019
Secretária de MT é eleita vice-presidente do Fórum Nacional do Trabalho
 
 
CIDADES
Preservação
14/02/2019
Prefeitura participa de diálogo para recuperação do Centro Histórico de Cuiabá
 
 
DESTAQUES
Mortandade de Peixes
11/02/2019
MP-MT pede suspensão do enchimento do reservatório da Usina Hidreletrica em SINOP
 
 
POLÍTICA
Encerrada a Instrução
11/02/2019
TRE julga cassação de senadora Selma Arruda até março
 
 
DESTAQUES
Novo Conselheiro
09/02/2019
Voto secreto de deputados definirá indicação ao TCE
 
 
MEIO AMBIENTE
Por Descumprir Determinação Legal
08/02/2019
Cooperativa de reciclagem é interditada e diretoria será responsabilizada criminalmente
 
 
EDUCAÇÃO
Sem Calendário Escolar
07/02/2019
MP notifica prefeitura para que inicie o ano letivo na rede municipal de Mirassol D'Oeste
 
 
ECONOMIA
Vice-presidente vem a Mato Grosso encerrar colheita de soja
07/02/2019
O governador Mauro Mendes também estará no evento
 
 
ECONOMIA
Mato Grosso
06/02/2019
Governo edita normas mais rígidas para incentivos fiscais e despesa com pessoal
 
 
POLICIA
Guarantã do Norte, Marcelândia e Alta Floresta.
06/02/2019
Gaeco deflagra Operação “Caporegime” no interior do Estado
 
rodape.jpg
Cudado na Estrada  
Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
 
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá