topo.jpg
Segunda-feira - 21 de Janeiro de 2019
MEIO AMBIENTE - 27/04/2018 - 05:32
 
Vereador pede fim de contrato da empresa que detém concessão por abandono do Parque Tia Nair
 
   
   
 

 

Vereador cobra respostas sobre abandono do Parque Tia Nair e pede fim de contrato da empresa que detém concessão

Marcrean afirma que os preços praticados no local são abusivos e por isso, a diversão não contempla a comunidade de baixa renda

 

Cumprindo o dever de fiscalizador dos serviços públicos da capital, o vereador por Cuiabá Marcrean Santos (PRTB) cobrou respostas ao poder público sobre o abandono do Parque Municipal Tia Nair e comunicou que encaminhará à Câmara Municipal dos Vereadores documentos solicitando à prefeitura de Cuiabá o fim da concessão à empresa ZF Comunicação. A empresa, detém o direito de explorar eventos dentro do espaço do parque municipal Tia Nair pelo período de 20 anos. 

Em vídeo, o parlamentar relata falta de respeito com a população devido às péssimas condições nos equipamentos de ginásticas, no parque infantil, pista de caminhadas e nas placas de sinalização. Segundo ele, em todos estes locais existem peças quebradas e ou extremamente danificadas.

"Recebemos diversas denúncias sobre a empresa que possui a concessão do Parque Tia Nair e chegando aqui constatamos o abandono total do local. Como fiscalizador e frequentador do espaço afirmo que o que encontramos aqui é um total desrespeito com a população. Muitos equipamentos de ginásticas quebrados, o parque das crianças todo danificado, pista sujas e com fezes de animais. Além disso, detectamos banheiros e bebedouros quebrados e a estrema sensação de falta de segurança, pois o local só possui um funcionário para cuidar de toda a área", frisou.

Marcrean afirma que os preços praticados no local tanto nos brinquedos quanto na alimentação são abusivos e por isso, explora ou exclui a população de baixa renda. "É um absurdo, os pedalinhos custam R$ 25 por 20 minutos, uma garrafa de água R$4, um cachorro quente pode chegar a R$ 20, a tirolesa R$50 isso é um abuso, uma exploração com a população de baixa renda que gostaria de frequentar esse parque natural lindo, mas tem que escolher entre trazer seus filhos e não comer e não brincar em nada, ou simplesmente não frequentar o local", completou.

Frente aos fatos, o parlamentar conclui dizendo que trabalhará na mobilização dos vereadores para solicitar o fim da concessão à empresa ZF Comunicação e devolver a administração do Tia Nair à prefeitura de Cuiabá. "Confio na sensibilidade do nosso prefeito Emanuel Pinheiro para reincidir o contrato com  empresa que hoje possui a concessão e devolvermos a administração do   Tia Nair à prefeitura  que tem administrado tão bem os demais parques da cidade. O Estopa tem sido exemplo, no cuidado com o Parque das Águas e de outros que além da segurança, vem proporcionando  verdadeiros espaços de lazer  para a população cuiabana. Peço apoio de todos os vereadores para darmos fim a essa concessão. Porque da forma que está o Tia Nair é uma afronta, uma verdadeira falta de humanização com as pessoas que frequentam o local e, enquanto legítimo fiscalizador de Cuiabá, não vou me calar frente à essa situação", concluiu Marcrean Santos.

Saiba mais sobre a concessão do Tia Nair

Entregue à população em dezembro de 2015, o parque Tia Nair localizado no bairro Jardim Itália, conta com 20 hectares de área aberta à população.  A Gestão Mauro Mendes concedeu à empresa ZF Comunicação o direito de explorar eventos dentro do espaço do parque municipal Tia Nair pelo período de 20 anos. O extrato do contrato de concessão foi publicado na edição do Diário Oficial de Contas no dia 20 de janeiro de 2016.

À época, tanto a empresa quanto a Prefeitura asseguram que a concorrência pública para a concessão atendeu ao processo legal e que ela não significava a "privatização" do parque municipal.

O direito de explorar a área atende ao modelo de concessão onerosa, segundo o qual a empresa terá de depositar o valor de R$ 2.400,00 mensalmente para a Prefeitura. Ou seja, conforme esta modalidade, a administração pública não efetua qualquer tipo de pagamento à empresa, restando a ela o dever de administrar o local e o direito de explorá-lo comercialmente (para serviço de entretenimento, merchandising e alimentação), mas sem interferir no direito da população de usufruir do espaço.

_________________________

Repórter - Júlia Oliveira

Foto – Fernando Viana

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
14/01/2019  - Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Crise Financeira
21/01/2019
AL debate nesta segunda-feira reformas e novo Fethab em MT
 
 
MUNDO JURÍDICO
Nesta Segunda Feira
21/01/2019
Ato contra o fechamento da Justiça do Trabalho é realizado por advogados de Mato Grosso
 
 
POLÍTICA
Comodoro-MT
17/01/2019
Prefeito é condenado por ato de improbidade administrativa e tem direitos políticos suspensos
 
 
ALFINETADAS
Alfinetada
17/01/2019
Jurista diz que decreto de calamidade de Mauro Mendes é dar “calote” em fornecedores
 
 
DESTAQUES
Nesta Quinta e Sexta-Feira
17/01/2019
RGA, novo Fethab e Empaer serão debatidos em audiencia pública na AL-MT
 
 
CIDADES
Cuiabá
15/01/2019
Vagas do Sine têm salários de até R$ 2.300 esta semana
 
 
ECONOMIA
3,71% Menor
14/01/2019
Primeiro repasse do Fethab de 2019 terá queda em relação ao ano de 2018
 
 
CIDADES
Figueirópolis D’Oeste
13/01/2019
MPMT e município firmam TAC para adequação às normas de acessibilidade em torno da praça
 
 
POLICIA
Vera
12/01/2019
5 pessoas envolvidas no assassinato de agricultor são denunciadas pelo MP
 
 
DESTAQUES
asté a Próxima Terça-Feira
11/01/2019
MPMT abre inscrições para interessados em disputar vaga no CNMP
 
 
DESTAQUES
Audiência Pública
09/01/2019
Governo de Mato Grosso debate Lei Orçamentária nesta quinta e sexta-feira
 
 
DESTAQUES
Cuidado na Estrada
09/01/2019
Obras de recuperação na BR-163 são retomadas
 
rodape.jpg
Cudado na Estrada  
Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
 
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá