topo.jpg
Terça-feira - 21 de Agosto de 2018
EDUCAÇÃO - 24/04/2018 - 07:56
 
AL doa 600 livros ao projeto Livro que Livra durante lançamento da campanha
 
   
   
 

 


 
Foto: Bruno Cidade/DPE-MTAL doa 600 livros ao projeto Livro que Livra durante lançamento da campanha

O Instituto Memória do Poder Legislativo entregou 600 livros para o projeto “Livro que Livra”, lançado na tarde de desta segunda-feira (23/4) pela Defensoria Pública de Mato Grosso (DPE/MT) e Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT), no auditório Milton Figueiredo. A iniciativa foi proposta para estimular a população, órgãos públicos e instituições a doarem livros de literatura, técnicos e científicos para que pequenas bibliotecas sejam estruturadas em cadeias públicas da Baixada Cuiabana.

A ideia, formatada pela defensora pública do Núcleo de Rosário Oeste, Giovanna Santos, é de oferecer o mínimo para que presos que não têm trabalho e estudo, possam redimir suas penas e aprender, enquanto cumprem sua condenação ou esperam por ela.

Interna (8)“A nossa intenção é colocar em prática a orientação 44/2013 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que estabelece a remissão de um dia da pena do preso para cada livro lido, resenhado e corrigido. Aqui em Rosário Oeste a Justiça já baixou portaria para que a orientação seja posta em prática, mas não temos estrutura, não temos livro e decidimos pedir auxílio da população, com uma campanha, para que esses presos possam ter a chance de rever suas vidas, aprender, enquanto estão detidos”, explica a defensora.

Giovanna lembra que na comarca onde trabalha existem 100 presos por crimes de furto, roubo, homicídio, e que eles não são criminosos de carreira. Para eles, avalia, a ressocialização é uma via possível. “Aqui eles estão próximos da família, vivem numa cidade menor, a pressão social para que reintegrem a sociedade é maior e o apoio também. E o que pretendemos na verdade é que a lei seja cumprida, garantindo que essas pessoas tenham uma nova chance pelo caminho da educação”, afirma.

Interna (14)

O segundo subdefensor-geral, Caio Zumioti, participou da cerimônia, aberta pelo deputado Guilherme Maluf, e reforçou a importância da iniciativa da defensora. “A iniciativa da Giovanna é louvável e está de acordo com as orientações da DPE/MT, pois ao invés de esperar as condições ideais de trabalho, busca a condição possível para que uma das funções da prisão, a ressocialização, seja uma realidade. O projeto é piloto, vai primeiro estruturar a biblioteca em Rosário e em outras cidades do entorno da Capital e à medida que arrecadar o suficiente, será expandido. Pedimos que a população nos auxilie”, disse.

O preso pode remir até 48 dias de sua pena, em um ano, caso leia 12 livros e comprove que absorveu o conteúdo do título. Essa avaliação é feita pela Justiça e pela equipe da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (SEJUDH). E à DPE cabe cobrar que essas medidas sejam cumpridas e fiscalizar se a remissão está sendo computada. Porém, com o projeto, a defensora também receberá os livros e os redistribuirá entre as cadeias públicas.

Interna (11)“Eu apoio essa iniciativa, abracei a ideia da Defensoria porque acredito que estudar, ler são atividades que libertam. Precisamos ter políticas públicas para os presos, precisamos pensar na ressocialização e prometo que darei apoio maior, em novas iniciativas, caso eu esteja nesta Casa no ano que vem”, disse Maluf.

Os interessados em fazer a doação podem entregar os livros no Instituto Memória do Poder Legislativo ou no Núcleo da Defensoria Pública em Rosário Oeste, 112 km de Cuiabá.

Interna (10)Participaram da cerimônia de lançamento do Livro que Livra o procurador-geral da AL, Grhegori Maia, que ressaltou a ressocialização do preso como um dever do Estado e lembrou que desde 1957 as Nações Unidas definiram diretrizes para o tratamento digno das pessoas encarceradas. “Com essa iniciativa não estamos beneficiando ninguém, mas tentando cumprir uma lei internacional, com apoio do CNJ. Parabenizo a Defensoria pela iniciativa e me coloco à disposição para auxiliar no que pudermos”, disse.

A superintendente do Instituto Memória, Mara Visnadi e o secretário adjunto de administração penitenciária, Emanoel Alves Flores. E as defensoras públicas do Núcleo de Chapada dos Guimarães, Janaína Osaki e do Núcleo Criminal de Cuiabá, Cristiane Obregon.

Márcia Oliveira

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
16/04/2018  - Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Cáceres
19/08/2018
MPF ingressa com Ação Civil Pública por desvio de função de servidores públicos municipais
 
 
MUNDO JURÍDICO
Em Cuiabá
16/08/2018
A Luta por Justiça no Júri” é tema de livro que será lançado durante VIII Encontro dos Promotores do
 
 
ESPORTES
Via Internet
15/08/2018
Inscrições para VI Corrida da Advocacia e III Corrida da Advocacia Kids terminam neste sábado
 
 
DESTAQUES
Contorno norte de Cuiabá e Várzea Grande
15/08/2018
Sinfra realiza coletiva de imprensa para detalhar andamento das obras Rodoanel
 
 
DESTAQUES
Acidentes na BR
14/08/2018
Indice de mortes em Mato Grosso fica abaixo da média nacional
 
 
DESTAQUES
Violência Doméstica e Familiar
12/08/2018
CNMP premia 11 iniciativas do MPMT em seis anos. Em 2018 dois projetos estão entre os finalistas
 
 
POLICIA
OPERAÇÃO RED MONEY
10/08/2018
Polícia Civil prende homem que fez ameaças a juiz por decretar prisão da esposa
 
 
DESTAQUES
Cuiabá
10/08/2018
Tecnologia de pontos ônibus repercute entre usuários da internet e sites de economia criativa
 
 
POLICIA
Mato Grosso
09/08/2018
Polícia Civil cumpre 94 mandados de prisão e sequestra bens de facção criminosa em MT
 
 
POLÍTICA
Eleições 2018
09/08/2018
MP Eleitoral oficia empresas de táxi-aéreo para que realizem registro de passageiros
 
 
DESTAQUES
Cadastro Ambiental Rural
08/08/2018
Mato Grosso e União sincronizam sistemas de Cadastro Ambiental Rural
 
 
MEIO AMBIENTE
São Félix do Araguaia
04/08/2018
MPE adota providências para sensibilizar e combater focos de incêndio no município
 
rodape.jpg
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada