topo.jpg
Quinta-feira - 18 de Abril de 2019
 
CIDADES - 03/04/2018 - 07:12
 
Concessão
 
   
   
 

Diário de Cuiabá

A Secretaria de Estado de Infraestrutura está em fase de finalização do projeto definitivo para licitação da concessão da rodoviária de Cuiabá. O novo modelo, que deve funcionar como rodoviária shopping está previsto para ser lançado ainda neste semestre. Vale ressaltar que o contrato com a atual administradora, a empresa Sinart segue até o mês que vem. 

A empresa Sinart passou a administrar o terminal rodoviário em novembro do ano passado, até então os serviços eram prestados por mais de duas décadas pela Servexte que operou mais de duas décadas. A contratação, por um período de seis meses foi em substituição a empresa que alegava prejuízos e não vinha fazendo os investimentos necessários na rodoviária. A nova empresa que atua até maio fez uma série de ações na infraestrutura do terminal, principalmente na acessibilidade, limpeza e segurança para os usuários do transporte coletivo. 

Com o novo edital, a empresa que deve operar por 30 anos gerenciará um novo modelo que será de rodoviária shopping. A expectativa é ter um investimento privado no valor de R$ 40 milhões. O edital prevê a rodoviária 100% climatizada, modernizada, adaptada para internet e cadeirante. 

A ideia é que o terminal seja um modelo de rodoviária Shopping, onde a população encontrará vários serviços. No modelo “rodoviária shopping” está prevista a implantação de caixas eletrônicos, unidades bancárias, novos restaurantes, lojas e até a instalação de uma unidade de Ganha Tempo. Outra melhoria que deverá ocorrer será a climatização da unidade e a disponibilidade de internet gratuita (wifi). 

Mais licitação – Na semana passada a Sinfra, em cumprimento a decisão judicial, suspendeu concorrência pública 001/2017 referente à concessão do Sistema de Transporte Coletivo Rodoviário Intermunicipal de Passageiros. O Governo de Mato Grosso, por meio da Procuradoria Geral do Estado (PGE), irá recorrer da liminar. Em despacho, o juiz da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular, Luís Aparecido Bortolussi Júnior, apontou como suposta ilegalidade a falta de realização de audiência pública. A Sinfra confirmou que houve, sim, a realização das audiências públicas. A pasta enfatixou ainda que em 2012, foi iniciada a concorrência pública. Dos 16 lotes definidos no Plano de Outorga, apenas nove foram homologados e adjudicados. Os demais, segundo a comissão de licitação, tiveram as empresas inabilitadas ou não tiveram vencedores. Houve ainda uma série de interposição de recursos e liminares que impediram o prosseguimento da licitação. 

 

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
02/04/2019  - MPMT reivindica do Estado construção de Centros Socioeducativos
14/01/2019  - Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Administração Pública
18/04/2019
Novas regras para concessão de licença-prêmio atendem recomendação da CGE
 
 
NACIONAL
Alegando Separação das Funções
16/04/2019
Raquel Dodge arquiva inquérito aberto pelo min. Dias Toffoli para investigar noticiais falsas contr
 
 
MEIO AMBIENTE
REDD Early Movers
15/04/2019
MT-Programa internacional financia implementação das Promotorias de Justiça de Bacias Hidrográficas
 
 
TURISMO
Cerrado
15/04/2019
Pantanal é opção para viajar em família na Semana Santa
 
 
CULTURA
Administração Pública
14/04/2019
Conselho Estadual de Cultura abre inscrições para eleição complementar
 
 
DESTAQUES
Técnicas de Investigação
13/04/2019
MPMT promove seminário para aperfeiçoar técnicas de enfrentamento à improbidade administrativa
 
 
POLICIA
Mais de 15 Anos
12/04/2019
Réus julgados em abril por crimes dolosos contra a vida são condenados
 
 
MEIO AMBIENTE
MPe pede Desocupação da Área,
11/04/2019
Moradores de bairros são acionados na justiça por degradar nascente
 
 
DESTAQUES
A Pedido do MPMT
10/04/2019
Justiça decreta indisponibilidade de bens do prefeito de Alta Floresta
 
 
MUNDO JURÍDICO
Juri Popular
10/04/2019
MPMT pede a pronúncia de dois participantes da chacina de Colniza
 
 
CIDADES
Cuiabá 300 Anos
09/04/2019
Prefeito inaugura obras de infraestrutura e leva mais dignidade à moradores da Capital
 
 
ECONOMIA
Distorção
08/04/2019
Atuação do MPMT garante limitação da margem de lucro em 20% na revenda do álcool
 
rodape.jpg
Reunião  
MPMT reivindica do Estado construção de Centros Socioeducativos
 
Cudado na Estrada  
Chuvas são registradas na região norte da BR-163, entre Diamantino e Sinop
 
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos