topo.jpg
Quinta-feira - 24 de Maio de 2018
POLÍTICA - 17/01/2018 - 12:48
 
Estado investiga conduta de mais de 800 servidores, que podem ser até demitidos
 
   
   
 

 

O Governo de Mato Grosso tem 887 procedimentos administrativos disciplinares em andamento para apurar supostas infrações funcionais de servidores públicos estaduais. Os dados são da Controladoria Geral do Estado (CGE-MT), órgão central da área de Corregedoria no Poder Executivo Estadual.

Dos 887 procedimentos, 76% têm como envolvidos servidores de três secretarias: Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Educação (Seduc) e Saúde (SES), respectivamente com 39%, 26% e 11% dos processos. Mais de 80% dos 887 processos são relativos a infrações ligadas às áreas finalística, de gestão de pessoas e de gestão financeira.

Das violações funcionais na área finalística, 82% dos processos estão alocados na Sejudh, na Seduc e no Departamento Estadual de Trânsito (Detran). A maioria dos processos é em razão de: agressão a reeducando, fuga de reeducando, soltura de preso, gestão escolar, agressão a aluno, emissão de documento escolar falso, procedimento irregular relativo a serviços do Detran e transferência de veículos.

Das violações funcionais na área de gestão de pessoas, 77% dos processos estão concentrados na Seduc, Sejudh e SES. Os principais assuntos são: abandono de cargo, acúmulo ilegal de cargos públicos, apresentação de documento escolar falso, descumprimento de jornada de trabalho, recusa em exercer atribuições, ausência frequente ao serviço e assédio.

Já das violações funcionais na área de gestão financeira, 93% dos processos estão alocados na SES, Seduc e Sejudh. Os principais assuntos são: indenização de pagamento, pagamento indevido, adiantamento e morosidade no pagamento e na prestação de contas.

Balanço de 2017

Em 2017, a CGE e as Unidades Setoriais de Correição dos órgãos finalizaram 55 procedimentos administrativos disciplinares, os quais resultaram em: 15 anulações, 12 demissões, 12 arquivamentos, cinco absolvições, três suspensões, três pareceres de legalidade, duas repreensões, duas destituições de cargo em comissão e uma exoneração de ofício.

Como órgão central da área de Corregedoria no Poder Executivo Estadual, a CGE-MT é responsável por efetuar a admissibilidade dos processos, definir as diretrizes e os fluxos na condução dos procedimentos administrativos, supervisionar os prazos, bem como orientar e capacitar os servidores atuantes na atividade de correição em todas as secretarias.

Em relação aos treinamentos, destaque, em 2017, para a realização de capacitação sobre teoria e prática em processos administrativos, para 146 servidores de 26 órgãos estaduais.

Também foi realizada a Conferência de Controle Disciplinar: por um Estado Íntegro e Eficiente, com a participação de quase 300 pessoas, entre servidores públicos, estudantes universitários, profissionais de comunicação e sociedade em geral para debater temas ligados à conduta, controle disciplinar e eficiência de agentes públicos e de empresas que negociam com o setor público.

A atuação da CGE na área de Corregedoria somente não alcança procedimentos administrativos disciplinares relativos à Procuradoria Geral do Estado (PGE), à Polícia Judiciária Civil (PJC), à Polícia Militar (PM-MT) e ao Corpo de Bombeiros Militar (CBMMT), já que essas instituições têm ordenamentos disciplinares próprios para os servidores. Ou seja, não são regidas pelo Estatuto do Servidor Público Estadual – Lei Complementar 04/1990.

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
16/04/2018  - Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Cohab Velha
23/05/2018
13 indivíduos são presos por furtar residência em Cáceres
 
 
POLICIA
Números do Crime
22/05/2018
Governo diz que dados apontam redução de roubos e furtos em Mato Grosso
 
 
MUNDO JURÍDICO
Por fuga de um Preso em Poxoréo-MT
22/05/2018
Delegado investigado em procedimento reverte medidas cautelares no Tribunal de Justiça
 
 
DESTAQUES
Audiência Pública
21/05/2018
Segurança Pública é debatida na AL-MT nesta Segunda-Feira
 
 
DESTAQUES
Primavera do Leste
20/05/2018
Polícia Civil faz mobilização contra a violência sexual infantojuvenil
 
 
MUNDO JURÍDICO
Revogação de Prisão
19/05/2018
Ex-procurador-geral Rodrigo Janot é contra intervenção de casas legislativas
 
 
MEIO AMBIENTE
Crime
18/05/2018
Sema apreende 32 quilos de pescado
 
 
CIDADES
14ª Edição
17/05/2018
Sinop começa a receber estrutura da Caravana da Transformação
 
 
DESTAQUES
Sinop
16/05/2018
Formação de voluntários para Caravana entra na reta final
 
 
DESTAQUES
Delação de Silval
14/05/2018
Justiça bloqueia R$ 6 mi de prefeito, ex-governador e 4 ex-secretários de MT
 
 
CIDADES
Cuiabá
13/05/2018
Prefeitura inicia construção do relógio dos 300 anos e revitalização da Av. Mato Grosso
 
 
DESTAQUES
Grampos Telefônicos
10/05/2018
OAB-MT reitera pedido de celeridade e cobra respostas à sociedade
 
rodape.jpg
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada