topo.jpg
Sábado - 16 de Dezembro de 2017
POLÍTICA - 07/12/2017 - 17:43
 
Assembleias legislativas não podem rever prisões de deputados estaduais e Fabris pode retornar ao CC
 
   
   
 

  

Assembleias legislativas não podem rever prisões de deputados estaduais e Fabris pode retornar ao CCC

JBNews

O supremo tribunal federal (STF), decidiu em sessão nesta quinta feira 07, a inconstitucionalidade das assembleias legislativas  dos estados a votar pela revisão de prisão de deputados estaduais.

Por 05 votos os ministros entenderam que as assembleias  não podem revisar medidas cautelares ou de prevenção,que cada caso deve ser julgados pelo estado,  outros 04 entendem que sim , que as assembleias devem votar pela revisão.

O placar foi obtido com voto de desempate da presidente, Cármen Lúcia. Durante seu voto, a ministra disse que a "corrupção está sangrando o país" e que o sistema jurídico impõe a ética no serviço público.

Por não ter 06 votos para tomada de decisão, foi suspensa a sessão no STF que define esta situação nos estados.

Faltou os votos do ministro Ricardo Lewandowski que esta  de licença médica, Luís Roberto Barroso, que esta em viagem acadêmica.

Segundo a ministra Carmem Lucia "É preciso que os princípios constitucionais digam respeito a higidez das instituições, aos princípios democráticos, mas não permitem, no entanto, que a imunidade se torne impunidade.",

Durante os dois dias de julgamento, os ministros Marco Aurélio, Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes e Celso de Mello votaram a favor da imunidade. Edson Fachin, Rosa Weber, Luiz Fux, Dias Toffoli e Cármem Lúcia se manifestaram contra o benefício.

Se for mantida esta decisão, ficam proibida as assembleias legislativas a decidir sobre prisão por medidas cautelares ou de prevenção de parlamentares estaduais, esta medida só pode ser tomada por parlamentares do congresso nacional, Deputados federais e senadores da republica.

Esta decisão pode mandar novamente para a prisão o deputado estadual Gilmar Fabris do PSD de Mato Grosso.

A Assembleia Legislativa decidiu revogar no dia 24 de outubro , a prisão preventiva do deputado estadual Gilmar que estava detido desde o dia 15 de setembro deste ano.

 

A decisão também devolveu o mandato do parlamentar, que estava suspenso.

 

A revogação foi aprovada por 19 votos a favor, nenhum contra e cinco abstenções, e teve como base o recente entendimento do Supremo Tribunal Federal que decidiu que as casas legislativas têm o direito de votar sobre prisões e medidas cautelares impostas contra parlamentares.

Fabris foi  preso um dia após a deflagração da Operação Malebolge, da Polícia Federal após delação premiada do ex-governador Silval Barbosa.

 

Conforme a PF, Fabris obstruiu a investigação por supostamente ter sido informado antecipadamente a respeito da operação. Ele deixou seu apartamento, em Cuiabá, meia hora antes da chegada dos policiais federais.

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
28/08/2017  - MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
23/08/2017  - Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
23/08/2017  - MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
23/08/2017  - Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Untitled Document
 
EDUCAÇÃO
Cuiabá
14/12/2017
As matriculas para alunos novos nas creches e CMEI poderão ser feitas entre os dias 18 e 21
 
 
DESTAQUES
Investigação
13/12/2017
MPF/MT apura prática de improbidade administrativa no DNPM
 
 
DESTAQUES
Lei Orçamentária Anual (LOA)
13/12/2017
Saúde e Educação ficam com 60,05% do orçamento
 
 
DESTAQUES
Na Arena Pantanal
12/12/2017
Advocacia tem atendimento preferencial no Mutirão Fiscal Estadual
 
 
POLICIA
Campo Novo do Parecis
11/12/2017
Homem é preso por tentar usar CNH falsa em curso de especialização
 
 
CIDADES
Reforma
07/12/2017
Trincheira Santa Rosa está liberada meia pista durante o dia
 
 
DESTAQUES
Ultimo Dia
07/12/2017
Semana da Conciliação da OAB-MT termina nesta quinta-feira
 
 
DESTAQUES
Cuiabá
06/12/2017
MPE e MPT realizam reunião para reestabelecer Fórum Estadual de Combate aos Efeitos dos Agrotóxicos
 
 
POLICIA
Várzea Grande
05/12/2017
Presos dois homens com mandados de prisão por assaltos e tráfico
 
 
POLÍTICA
Arca de Noé
04/12/2017
TJ nega pedido para ação sobre desvios na AL tramitar na Justiça Federal
 
 
POLICIA
Caso da Manu
02/12/2017
Réu é condenado a 12 anos de reclusão por homicídio qualificado em Jaciara
 
 
DESTAQUES
Incremento de R$ 6 Milhões
01/12/2017
Governo Federal unem forças para incentivar o Pró Café Mato Grosso
 
rodape.jpg
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada
 
Artigo  
Modelo Ideal?*
 
Legalize Já!  
Ministro do STF diz que Brasil deve 'legalizar a maconha e ver como isso funciona na vida real'
 
Cultivo Protegido  
Futuros Produtores visitam em Campinas a Divisão de Hortaliças da Monsanto
 
Anvisa Avisa  
Droga da USP não tem ação comprovada contra câncer