topo.jpg
Terça-feira - 23 de Outubro de 2018
NACIONAL - 07/12/2017 - 11:45
 
PEC que melhora FPM e garante mais R$ 5 bilhões aos municípios
 
   
   
 

 

Senado aprova PEC que melhora FPM e garante mais R$ 5 bilhões aos municípios

Proposta aprovada será implementada em quatro anos para amortecer o impacto no Orçamento da União e foi comemorada pelos municipalistas

“Essa é mais uma grande vitória do municipalismo”. Foi dessa forma, que o senador Wellington Fagundes (PR-MT), um dos líderes do Movimento Municipalista no Congresso Nacional, se manifestou sobre o esforço pela aprovação, em plenário, da Proposta de Emenda à Constituição 29/2017,  que aumenta as receitas do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). A PEC eleva de 49% para 50% o repasse da União ao fundo relativo ao Imposto de Renda (IR) e ao Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

A previsão inicial é de haja um acréscimo de R$ 5,6 bilhões de recursos ao Fundo de Participação para ser repassado aos municípios em setembro de cada ano. Para que se consolide, a PEC precisa ser aprovada pela Câmara dos Deputados, que deverá criar imediatamente uma Comissão Especial para análise e em seguida a proposta irá a votação em dois turnos, no plenário da Casa. Uma vez aprovada, a emenda irá à promulgação.

Esse acréscimo será implementado em até quatro anos de modo a amortecer o impacto no orçamento da União. Ou seja: a PEC eleva as transferências aos municípios via FPM em R$ 1,1 bilhão, R$ 1,2 bilhão, R$ 2,6 bilhões e R$ 5,6 bilhões, respectivamente, em 2018, 2019, 2020 e 2021.

Durante a votação, o senador Wellington Fagundes fez questão de destacar o trabalho do presidente da Associação Matogrossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga, junto à Confederação Nacional dos Municípios (CMN) pela aprovação da matéria. “Essa votação é mais uma demonstração da luta que estamos empreendendo pelo fortalecimento do Pacto Federativo” – ele assinalou.

“Conhecemos o dia-a-dia das dificuldades dos municípios, sobretudo quando analisamos a quantidade de programas criados sem a devida contrapartida” - observou o senador republicano.

Autor da Emenda Constitucional, o  senador Raimundo Lira (PMDB-CE) explicou que a proposta aprovada no Senado corrige uma injustiça na distribuição da receita tributária no Brasil, ao ampliar a pequena parcela de recursos que cabe aos municípios brasileiros.  “Isso faz com que os municípios não possam cumprir, muitas vezes, com as suas necessidades básicas de criar a infraestrutura necessária para o conforto e a segurança da população, e também a prestação de serviço que é responsabilidade dos municípios, principalmente nas áreas de saúde e educação do primeiro grau – defendeu.

A PEC 29/2017 altera o artigo 159 da Constituição, que trata da distribuição de receitas tributárias. Tal artigo obriga a União a repassar aos entes federados 49% da arrecadação do Imposto de Renda (IR) e do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). Deste total, 21,5% vão para o Fundo de Participação dos Estados (FPE); 3% vão para aplicação em programas de financiamento ao setor produtivo do Norte, Nordeste e Centro-Oeste; e 24,5% são destinados ao Fundo de Participação dos Municípios.


Da Redação

Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
16/04/2018  - Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Untitled Document
 
AGRICULTURA
Concorrência Desleal
23/10/2018
Feira irregular recebe multa de R$ 73 mil em Campo Verde
 
 
DESTAQUES
Nesta Quinta e Sexta-Feira
23/10/2018
MPMT promove evento com foco no desenvolvimento de pessoas
 
 
CIDADES
Cuiabá
23/10/2018
Fiscais do Procon visitam estabelecimentos comerciais do novo Shopping
 
 
DESTAQUES
Em Visita a Mato Grosso
22/10/2018
Ministro Carlos Marun garante recursos para finalizar obra de duplicação Cuiabá e Jaciara
 
 
DESTAQUES
Em Diamantino
22/10/2018
Obras de pavimentação da rodovia na BR-163 deixa rodovia mais lenta nesta segunda-feira
 
 
DESTAQUES
Decisão Inédita no Mato Grosso
19/10/2018
Taxa de condomínio deve ser igual para morador de cobertura de prédio
 
 
AGRICULTURA
Proposta
19/10/2018
Presidente do Indea apresenta minuta do Fundeagro ao setor produtivo e representantes de classe
 
 
CIDADES
Cuiabá
18/10/2018
Prefeitura informa que não haverá mudança na tarifa do UBER com alteração tributária
 
 
CIDADES
Cuiabá
16/10/2018
Secretaria entrega uniformes a equipes inscritas no Bola Cheia; campeonato começa hoje
 
 
NACIONAL
Convite para os Ministérios
15/10/2018
Haddad confirma convite a Cortella e diálogo com Joaquim Barbosa
 
 
DESTAQUES
Projeto de Lei
14/10/2018
Remição de pena pela leitura deve ser normatizada em MT
 
 
DESTAQUES
Conflito por Terras
11/10/2018
MPF instaura procedimento para apurar suposto conflito envolvendo indígenas no norte de Mato Grosso
 
rodape.jpg
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social