topo.jpg
Sábado - 16 de Dezembro de 2017
MÚSICA - 05/12/2017 - 07:32
 
Renato Teixeira lança disco com Orquestra de Mato Grosso reunindo clássicos de sua carreira
 
   
   
 

 

Renato Teixeira lança disco com Orquestra de Mato Grosso reunindo clássicos de sua carreira

 

O álbum Terra de Sonhos é o resultado de uma turnê que percorreu oito cidades mato-grossenses apresentando espetáculos em praça pública, com repertório variado que incluiu clássicos da carreira de Renato Teixeira especialmente arranjadas para Orquestra e canções inéditas ou pouco conhecidas

 

No auge dos seus 70 anos, inquieto e criativo, Renato Teixeira pega a estrada novamente, mas, dessa vez, carregando consigo mais que sua inseparável viola. Em companhia dos instrumentistas da Orquestra de Mato Grosso, sob regência do maestro Leandro Carvalho, Renato Teixeira embarcou numa turnê desafiadora, uma saga musical que arrastou uma multidão entusiasmada, cantando em uníssono e a plenos pulmões. O encontro entre Renato Teixeira e a Orquestra de Mato Grosso deu tão certo que não demorou para que a parceria fosse eternizada no disco "Terra de Sonhos".

Lançado agora pela gravadora Kuarup, o novo disco da Orquestra de Mato Grosso em parceria com Renato Teixeira destaca 14 canções que combinam clássicos como "Tocando em Frente", "Chalana" e "Um Violeiro Toca" com homenagens à Mato Grosso com "Trem do Pantanal", "Mato Grosso Rico", eternizada na voz de Tonico & Tinoco e "Passatempo", uma composição inédita do próprio Renato. Com arranjos especialmente encomendados para o disco, à grandes nomes da música como André Mehmari, Ruriá Duprat, Ítalo Perón, Vittor Santos, Paulo Aragão e Tiago Costa, o álbum conta ainda com o violonista Natan Marques, parceiro de Elis Regina, e Chico Teixeira, filho de Renato com carreira solo autoral, que se juntaram a Orquestra de Mato Grosso nesse projeto.

Sobre a nova experiência musical, de pegar a estrada e gravar com a Orquestra, Renato Teixeira ressalta com entusiasmo o significado do trabalho. "Poder tocar com a Orquestra de Mato Grosso, com arranjos específicos e muito bem cuidados, que fujam dos formatos originais das canções, com a interpretação eloquente do maestro Leandro Carvalho e de todos aqueles instrumentistas, me causa uma sensação muito boa, de renovação. Eu volto para estrada revigorado, animado, louco para continuar tocando", comemora o artista. "Nunca fui para o estúdio para gravar um disco por gravar. A intenção aqui é linda, revigora. A música renasce. Estou muito feliz. Uma experiência magnífica", completa.

A turnê que uniu Renato Teixeira e Orquestra do Estado de Mato Grosso exibiu espetáculos abertos, em praças públicas, nas cidades de Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Tangará da Serra, Cuiabá, Rondonópolis e Primavera do Leste.

Em 13 temporadas, a Orquestra de Mato Grosso realizou mais de 700 concertos em mais de 120 cidades de todas as regiões do país. Gravou 17 álbuns originais, com repertório inovador e colaboração de grandes solistas brasileiros e estrangeiros, buscando sempre uma sonoridade singular e uma forma de fazer música comprometida com a qualidade.  "Mais uma vez, de forma ousada, a Orquestra elaborou novos arranjos para a singular combinação entre instrumentos eruditos e regionais como a viola de cocho, o mocho e o ganzá, consolidando uma sonoridade única. Trabalhar com Renato Teixeira era um sonho antigo que agora se realiza da melhor forma possível. Tivemos tempo para ensaiar e testar as interpretações na estrada antes de entrar em estúdio", comenta Leandro Carvalho.

"Terra de Sonhos", o novo álbum da Orquestra de Mato Grosso, em parceria com Renato Teixeira, tem direção artística de Leandro Carvalho e foi gravado em maio de 2015, no Estúdio Inca, em Cuiabá, Mato Grosso. Mixado por Sidney Marques e Manuel Neto (Inca) e masterizado por André Dias (Post Modern Mastering, do Rio de Janeiro), o disco físico está disponível nas lojas do ramo, e também nas plataformas digitais como iTunes, Dezzer, Spotify e Tidal.

 

Orquestra de Mato Grosso

 

Criada em 2005, no coração da América Latina, a Orquestra de Mato Grosso encontrou espaço entre as mais importantes orquestras brasileiras em atividade. Conduzida pelo maestro Leandro Carvalho, a OEMT quebrou os paradigmas da música de concerto ao combinar o repertório tradicional com novas composições e arranjos em que os instrumentos da cultura popular mato-grossense - como a viola de cocho, o mocho, o ganzá - são utilizados. A bem-sucedida combinação rendeu amplo reconhecimento e estabeleceu uma forte conexão com o público.

 

A OEMT gravou 17 discos com importantes artistas em atuação no Brasil e exterior como Yamandu Costa, Hamilton de Holanda, Turibio Santos, Antonio Del Claro, Emmanuele Baldini, Roberto Corrêa, Pablo Agri, Carlos Corrales, Ivan Vilela, Renato Teixeira, Vittor Santos, a banda de folk rock Vanguart entre outros.

 

Em pouco mais de uma década de atuação, a Orquestra de Mato Grosso realizou mais de 700 apresentações em todo o Brasil. Concertos gratuitos ou a preços populares, para um público anual de mais 100 mil pessoas. Em Mato Grosso, as apresentações da OEMT chegaram a 24 municípios. Pelo Brasil, são 110 concertos em 22 estados brasileiros de todas as regiões, chegando a mais de 120 cidades de todo o país.

 

Em 13 temporadas, apresentou centenas de composições fundamentais da literatura universal, juntamente com novas composições e arranjos especialmente encomendados. A OEMT gravou 4 DVDs, 17 discos (ainda cinco a serem lançados), recebeu maestros e solistas de prestigio internacional, e atendeu mais de 320 instituições de ensino da rede pública e privada de Cuiabá, Várzea Grande, Nobres e Diamantino, na série de Concertos Didáticos.

 

Em 2017, foi finalista do Prêmio da Música Brasileira, realizado no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, onde concorreu em duas categorias: Melhor Disco Instrumental e Melhor Solista, ambas as categorias como álbum Alegria, gravado em parceria com o bandolinista Hamilton de Holanda.

 

Em 2014, a OEMT foi convidada a apresentar seu case de sucesso num dos mais importantes encontros do setor, o Classical Next, realizado em Viena, na Áustria e em 2006, a Orquestra foi convidada a participar, na Bolívia, do mais importante festival de música barroca e renascentista do mundo, o VI Festival Internacional "Misiones de Chiquitos".

 

Em 2016, em São Paulo, sua trajetória foi destaque no Transform Orchestra Leadership (TOL), conferência internacional realizada pelo British Council, reunindo importantes profissionais do setor orquestral.

 

Em 2009, foi finalista do "XII Prêmio Carlos Gomes de Ópera e Música Erudita", a mais importante premiação do gênero.

 

A OEMT está sob a direção artística e regência de um dos maiores talentos brasileiros da atualidade, o maestro Leandro Carvalho, reconhecido em 2008 pelo extinto Anuário Viva Música (na época, uma das mais importantes publicação do setor) como uma das dez personalidades de maior importância da década, na música de concerto.

 

A Orquestra do Estado de Mato Grosso integra a política cultural do governo do Estado de Mato Grosso, sendo reconhecida pelo Decreto Governamental n. 415, de 05 de julho de 2007, como Organização Social da Cultura.

 

 

Leandro Carvalho, regente 

 

Conhecido por sua vitalidade e abordagem singular de ampla variedade de repertórios, Leandro Carvalho é considerado um dos mais proeminentes artistas brasileiros da nova geração. Foi um dos fundadores da Orquestra do Estado de Mato Grosso e é seu atual diretor artístico e regente principal.

 

Em 2013 e 2014 fez residência artística (conducting fellowship) na prestigiada Philadelphia Orchestra, nos Estados Unidos, e de 2011 a 2013 foi regente assistente na Orquestra Sinfônica Brasileira (OSB), no Rio de Janeiro, quando teve a oportunidade de dirigir concertos com grandes solistas como Daniil Trifonov, Simone Dinnerstein, Lenine e Gilberto Gil.

 

Com a Orquestra de Mato Grosso, de 2005 a 2017, sob sua direção, foram apresentados mais de 700 concertos, distribuídos em diferentes séries, em diversos municípios de Mato Grosso e do Brasil, com destaque para duas grandes turnês realizadas em 2008 quando a OEMT apresentou 162 concertos em 92 cidades de 22 estados brasileiros. Com a OEMT, Leandro Carvalho gravou 17 discos e 4 DVDs com obras inéditas e de compositores consagrados, também com grandes instrumentistas como Yamandu Costa, Turibio Santos, Antonio Del Claro, Emmanuele Baldini, Roberto Correa, Pablo Agri, Carlos Corrales, Ivan Vilela, Renato Teixeira entre outros.

 

Leandro Carvalho graduou-se em Música Erudita em São Paulo, fez pós-graduação em Regência Orquestral na Holanda e na Järvi Academy, na Estônia. Participou de festivais, na classe de regência, na Inglaterra e no Brasil (Campos do Jordão) e de master classes com os maestros Valery Gergiev e Kurt Masur. Nos Estados Unidos, desenvolveu-se como regente sob a orientação de Leonid Grin.

 

Como instrumentista gravou 9 CDs, lançados no Brasil e exterior com destaque para os duos com Turíbio Santos e Baden Powell. Realizou concertos no Brasil e exterior em salas de grande prestigio como Royal Festival Hall em Londres.

 

Seu trabalho como pesquisador apresenta uma visão singular da cultura brasileira, sintetizada na dissertação de mestrado "... e o estrepitoso zabumba põe tudo em alvoroço", elaborada com a orientação do escritor Ariano Suassuna e apresentada no departamento de pós-graduação em História Social da Universidade Federal de Pernambuco.

 

Leandro Carvalho foi finalista da "Svetlanov International Conducting Competition" em Paris, com a 'Orchestre Philharmonique de Radio France', em junho de 2014. A partir de quinhentos e dez inscritos de mais de trinta países foram selecionados 18 participantes por um júri composto por alguns dos maiores nomes da atualidade como Valery Gergiev, Riccardo Muti, Zubin Mehta, Evgeny Kissin, Vladimir Ashkenazy e Jesús López-Cobos.  

 

 

 

Faixas "Terra de Sonhos"

1.       Terra de Sonhos (Renato Teixeira e Almir Sater)

2.       Raízes (Renato Teixeira)

3.       Tocando em Frente (Renato Teixeira e Almir Sater)

4.       Trem do Pantanal (Geraldo Roca)

5.       Amora (Renato Teixeira)

6.       Chalana (Arlindo Pinto e Mário Zan)

7.       Um Violeiro Toca (Renato Teixeira e Almir Sater)

8.       Passatempo (Renato Teixeira)

9.     Sonhos Guaranis (Paulo Simões e Almir Sater)

10.    Meu Veneno (Renato Teixeira)

11.    Siriema do Mato Grosso (Mário Zan e Nho Pai)

12.    Depois do Chimarrão (Eupídio dos Santos e Nininho)

13.    Flor Mato-grossense (Anacleto Rosas Jr.)

14.    Mato Grosso Rico (Paraíso e Tinoco)

Serviço

 

"Terra de Sonhos"

Direção artística de Leandro Carvalho

Gravado e mixado no Estúdio Inca, em Cuiabá, MT, entre 2015 e 2016 por Sidney Marques e Manuel Neto

Masterizado por André Dias ″ Post Modern Mastering ″ RJ

Fotos de Protásio de Morais

 

Lançamento da Gravadora Kuarup

 

Disponível pelo

iTunes, Deezer, Spotify e Tidal

E nas mais importantes lojas do ramo

 

Spotifybit.ly/TerradeSonhosSpotify
Deezerbit.ly/TerradeSonhosDeezer 
iTunesbit.ly/TerradeSonhosiTunes
Google Play Musicbit.ly/TerradeSonhosGooglePlay 
Napsterbit.ly/TerradeSonhosNapster

 

Acesse

www.orquestra.mt.gov.br

www.renatoteixeira.com.br

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
28/08/2017  - MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
23/08/2017  - Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
23/08/2017  - MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
23/08/2017  - Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Untitled Document
 
EDUCAÇÃO
Cuiabá
14/12/2017
As matriculas para alunos novos nas creches e CMEI poderão ser feitas entre os dias 18 e 21
 
 
DESTAQUES
Investigação
13/12/2017
MPF/MT apura prática de improbidade administrativa no DNPM
 
 
DESTAQUES
Lei Orçamentária Anual (LOA)
13/12/2017
Saúde e Educação ficam com 60,05% do orçamento
 
 
DESTAQUES
Na Arena Pantanal
12/12/2017
Advocacia tem atendimento preferencial no Mutirão Fiscal Estadual
 
 
POLICIA
Campo Novo do Parecis
11/12/2017
Homem é preso por tentar usar CNH falsa em curso de especialização
 
 
CIDADES
Reforma
07/12/2017
Trincheira Santa Rosa está liberada meia pista durante o dia
 
 
DESTAQUES
Ultimo Dia
07/12/2017
Semana da Conciliação da OAB-MT termina nesta quinta-feira
 
 
DESTAQUES
Cuiabá
06/12/2017
MPE e MPT realizam reunião para reestabelecer Fórum Estadual de Combate aos Efeitos dos Agrotóxicos
 
 
POLICIA
Várzea Grande
05/12/2017
Presos dois homens com mandados de prisão por assaltos e tráfico
 
 
POLÍTICA
Arca de Noé
04/12/2017
TJ nega pedido para ação sobre desvios na AL tramitar na Justiça Federal
 
 
POLICIA
Caso da Manu
02/12/2017
Réu é condenado a 12 anos de reclusão por homicídio qualificado em Jaciara
 
 
DESTAQUES
Incremento de R$ 6 Milhões
01/12/2017
Governo Federal unem forças para incentivar o Pró Café Mato Grosso
 
rodape.jpg
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada
 
Artigo  
Modelo Ideal?*
 
Legalize Já!  
Ministro do STF diz que Brasil deve 'legalizar a maconha e ver como isso funciona na vida real'
 
Cultivo Protegido  
Futuros Produtores visitam em Campinas a Divisão de Hortaliças da Monsanto
 
Anvisa Avisa  
Droga da USP não tem ação comprovada contra câncer