topo.jpg
Domingo - 18 de Novembro de 2018
POLÍTICA - 04/12/2017 - 09:44
 
TJ nega pedido para ação sobre desvios na AL tramitar na Justiça Federal
 
   
   
 

Diego Frederici

 

O desembargador da Segunda Câmara Criminal, Pedro Sakamoto, negou em sede liminar (provisória) a suspensão de uma ação penal derivada da operação “Arca de Noé” que tramita na Sétima Vara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT). A decisão é do último dia 17 de novembro.

O técnico em contabilidade Joel Quirino Pereira, um dos réus na ação, alegou que a competência para julgamento da ação seria da Justiça Federal - o que foi negado pelo magistrado. A sentença ainda poderá ser revertida no julgamento do mérito do habeas corpus, que ainda não possui data para ocorrer.

“Observo que a aventada conexão entre os fatos apurados na Justiça Comum e na Justiça Federal ou a incompetência para a Justiça Comum apreciar crimes de lavagem de dinheiro quando comprometer o Sistema Financeiro Nacional, não deve ser apreciada na via estreita do habeas corpus, sob pena de haver supressão de instância, na medida em que tais questões deverão ser apreciadas pelo próprio Juízo de origem, além de ser indispensável prova inequívoca da alegada incompetência do Juízo, o que não se verifica nos caso dos autos neste momento processual”, diz trecho da decisão.

De acordo com Joel Quirino, o Procurador-Geral de Justiça de Mato Grosso, “não se atentou à competência da Justiça Federal para processar e julgar o crime de lavagem de capitais utilizando o Sistema Financeiro Nacional, bem como a conexão com os autos de Inquérito Policial que já tramitava pelo Tribunal Regional Federal da Primeira Região”.

Pedro Sakamoto, porém, além de considerar que o habeas corpus não é o meio adequado para análise do caso, também disse que a liminar não deveria ser concedida pois Joel Quirino “não está atualmente sujeito a custódia cautelar, nem na eminencia de ser preso”. “Dessa forma, em análise perfunctória, exclusivamente para o fim da liminar pleiteada, não encontro motivos para determinar o sobrestamento dos autos da ação em trâmite na Sétima Vara Criminal da Comarca de Cuiabá/MT, mormente porque o beneficiário não está atualmente sujeito a custódia cautelar, nem na eminencia de ser preso”, ponderou Sakamoto.

ARCA DE NOÉ

O técnico em contabilidade Joel Quirino Pereira e seu irmão, José Quirino da Silva, são acusados de abrirem empresas fantasmas que contribuíram para a lavagem de dinheiro investigadas na operação “Arca de Noé”.

Vários cheques foram nominais da AL-MT foram encontradas na Confiança Factoring, de propriedade de João Arcanjo Ribeiro. As duplicatas eram emitidas para pagamento de serviços não realizados pelas empresas fantasmas e tinham o objetivo de saldar dívidas de políticos da AL-MT com o próprio Arcanjo. Os crimes teriam ocorrido entre abril de 2000 e dezembro de 2002.

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
03/11/2018  - Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
11/10/2018  - Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
25/04/2018  - Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
19/04/2018  - STF torna Aécio Neves réu por corrupção
16/04/2018  - Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Untitled Document
 
DESTAQUES
Eleição da OAB
16/11/2018
Em Cáceres, Leonardo fecha agenda de viagens ao interior de MT
 
 
DESTAQUES
Poconé
15/11/2018
Município e prefeito são acionados por descumprirem leis de Acesso à Informação e da Transparência
 
 
DESTAQUES
Promovida pelo MPMT
14/11/2018
Lideranças cobram efetivação de políticas públicas étnico-raciais em audiência pública
 
 
POLÍTICA
Biênio 2019/2020.
13/11/2018
Botelho mais preparado e articulado pra ocupar cadeira de presidente de AL
 
 
DESTAQUES
Cuiabá
13/11/2018
Emanuel Pinheiro avalia positivamente andamento das obras e do processo de abertura do novo PS
 
 
DESTAQUES
São Paulo
12/11/2018
Iniciativa desenvolvida pelo MPMT é apresentada no “Acelera Startups”
 
 
DESTAQUES
Sistema de Esgotamento Sanitário
10/11/2018
MPF garante na justiça suspensão de contrato entre o Município de Jaciara/MT e empresa de engenharia
 
 
DESTAQUES
Cobrando Providência
09/11/2018
OAB Peixoto de Azevedo constata abandono em Lar dos Idosos
 
 
CIDADES
Arrecadação de Alimentos
09/11/2018
1ª dama de Cuiabá abre doações da 2ª edição do Natal Sem Fome
 
 
MEIO AMBIENTE
Debate
08/11/2018
Urbanismo e adoção integram pauta de encontro temático promovido pelo MPMT nesta quinta e sexta
 
 
DESTAQUES
Práticas Instrutórias
08/11/2018
MPF realiza cartório itinerante no Vale do Araguaia e percorre 1600 quilômetros em três dias
 
 
EDUCAÇÃO
Itiquira
07/11/2018
MPMT estabelece prazo de 60 dias para Estado reformar escola
 
rodape.jpg
Arquitetura  
Preservação de patrimônio histórico abre Seminário Olhares Sobre a Cidade
 
Congresso Nacional  
Deputados podem votar auxilio às santas casas na próxima terça
 
A volta Por Cima do Limão Caipira  
Saiba como preparar delicias com limão-cravo o mais popular do país
 
No Alvo  
STF torna Aécio Neves réu por corrupção
 
Mato Grosso  
Circuito de Tecnologia apresenta novidades e opções de carreira na área de TI
 
Em Rondonópolis  
Fiemt discute comércio exterior e acesso ao crédito com industriais
 
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS