topo.jpg
Sábado - 16 de Dezembro de 2017
AGRONEGÓCIO - 31/10/2017 - 15:59
 
Segunda etapa da vacinação começa nesta quarta-feira
 
   
   
 

 

Segunda etapa da vacinação começa nesta quarta-feira (01)

Pecuaristas deverão imunizar animais de zero a 24 meses na maioria das regiões, com exceção do Pantanal


A partir da próxima quarta-feira, 1º de novembro, começa a segunda etapa da vacinação de bovinos e bubalinos contra a febre aftosa. Nesta fase, devem ser imunizados os animais com idades de zero a 24 meses em todas as regiões de Mato Grosso, com exceção do Pantanal, onde todos os animais devem receber a dose da vacina. A expectativa é que 14 milhões de animais sejam imunizados.


Este é o primeiro ano da inversão do calendário de vacinação, com a imunização total do rebanho em maio e em novembro a etapa reduzida. Esta alteração atendeu a um pedido dos produtores para que a principal etapa fosse realizada no período de menor incidência de chuvas e desvinculada da chamada estação de monta, quando os animais são fertilizados.


A imunização do rebanho é obrigatória em todo o Estado e os produtores que não aplicarem a vacina serão multados e podem ter a emissão da Guia de Transporte de Animais (GTA) temporariamente suspensa, impedindo a comercialização dos animais.


O presidente da Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), Marco Túlio Duarte Soares, destaca o compromisso do pecuarista com a sanidade do rebanho, o que há anos mantém o Estado livre da doença.


"O produtor sabe da importância da sanidade do rebanho para a manutenção de mercados e há anos mantemos o índice de vacinação acima de 98%. Agora caminhamos para a implantação de um plano para suspender a vacinação, mas que deve ser feito de forma responsável e gradual", afirma Marco Túlio.


O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) fez o lançamento oficial da vacinação nesta segunda-feira (30) em Cuiabá. Mas desde o último 27 de outubro, 20 equipes foram deslocadas para a fronteira do Estado com a Bolívia onde acompanham a imunização nas propriedades da região. Fora isso, os fiscais do Indea ainda devem acompanhar a vacinação em 2% das 105 mil propriedades do Estado.


Prazos

A vacinação do rebanho poderá ser feita até o dia 30 de novembro em todas as regiões, com exceção do Pantanal, onde prazo é até 15 de dezembro. A diretora-técnica do Indea-MT, Daniella Soares, explica que os produtores terão até 10 de dezembro para fazer a comunicação aos Indea e no caso do Pantanal, o prazo para vacinação e para comunicação será o mesmo, 15 de dezembro. 


"O produtor que não vacinar será multado no valor equivalente a um Unidade Padrão Fiscal (UPF) por animais e deverá fazer a vacinação acompanhada dos fiscais do Indea", afirma a diretora.


A Acrimat possui uma cartilha de orientação para os produtores que a vacinação seja realizada de forma correta e com o mínimo de impactos para os animais. O médico veterinário da Acrimat, Nilton Mesquita, explica que o manejo adequado e o bom acondicionamento e aplicação da vacina são indispensáveis para evitar as chamadas reações vacinais, quando são formados abscesso no corpo do animal.


Confira algumas dicas:


Aplicação:

″             Conservação adequada da vacina (temperatura, local e tempo, conforme recomendação do fabricante)

″             Aplicação adequada para reduzir riscos de reações adversas;

″             Higienização de materiais e esterilização de seringas.


Ambiente:

″             Revisar as instalações;

″             Manter o piso limpo e seco;

″             Avaliar da estrutura do curral, tronco e porteiras.


Animais:

″             Manejo adequado e sem pressa;

″             Planejar o manejo com antecedência;

″             Separar os animais por lotes;

″             Utilizar tronco de contenção;

″             Conduzir os animais, após o procedimento, para locais com sombra, água e alimento.

   
COMENTAR NOTÍCIA
VER COMENTÁRIOS
 
 
 
01/09/2017  - Você tem o direito de errar
28/08/2017  - MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
23/08/2017  - Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
23/08/2017  - MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
23/08/2017  - Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Untitled Document
 
EDUCAÇÃO
Cuiabá
14/12/2017
As matriculas para alunos novos nas creches e CMEI poderão ser feitas entre os dias 18 e 21
 
 
DESTAQUES
Investigação
13/12/2017
MPF/MT apura prática de improbidade administrativa no DNPM
 
 
DESTAQUES
Lei Orçamentária Anual (LOA)
13/12/2017
Saúde e Educação ficam com 60,05% do orçamento
 
 
DESTAQUES
Na Arena Pantanal
12/12/2017
Advocacia tem atendimento preferencial no Mutirão Fiscal Estadual
 
 
POLICIA
Campo Novo do Parecis
11/12/2017
Homem é preso por tentar usar CNH falsa em curso de especialização
 
 
CIDADES
Reforma
07/12/2017
Trincheira Santa Rosa está liberada meia pista durante o dia
 
 
DESTAQUES
Ultimo Dia
07/12/2017
Semana da Conciliação da OAB-MT termina nesta quinta-feira
 
 
DESTAQUES
Cuiabá
06/12/2017
MPE e MPT realizam reunião para reestabelecer Fórum Estadual de Combate aos Efeitos dos Agrotóxicos
 
 
POLICIA
Várzea Grande
05/12/2017
Presos dois homens com mandados de prisão por assaltos e tráfico
 
 
POLÍTICA
Arca de Noé
04/12/2017
TJ nega pedido para ação sobre desvios na AL tramitar na Justiça Federal
 
 
POLICIA
Caso da Manu
02/12/2017
Réu é condenado a 12 anos de reclusão por homicídio qualificado em Jaciara
 
 
DESTAQUES
Incremento de R$ 6 Milhões
01/12/2017
Governo Federal unem forças para incentivar o Pró Café Mato Grosso
 
rodape.jpg
Resultado  
Você tem o direito de errar
 
Primavera do Leste  
MPE notifica prefeito e vereadores para que não reduzam limite para aplicação de agrotóxicos
 
Semana Nacional  
Secretaria de Educação e Bibliotecas Comunitárias comemoram Folclore nas ruas de Cuiabá
 
Iprobidade  
MPE notifica Estado para que suspenda qualquer ato de gestão em nome do IPAS
 
Cuiabá  
Niuan Ribeiro, homenageia maçons por contribuição social
 
Casa Própria  
Governo entrega casas a 100 famílias em Jangada
 
Artigo  
Modelo Ideal?*
 
Legalize Já!  
Ministro do STF diz que Brasil deve 'legalizar a maconha e ver como isso funciona na vida real'
 
Cultivo Protegido  
Futuros Produtores visitam em Campinas a Divisão de Hortaliças da Monsanto
 
Anvisa Avisa  
Droga da USP não tem ação comprovada contra câncer