POLITICA

DEM,PP,PSB,PSDB,PL e Avante reúnem para definir nome que vai a eleição suplementar ao senado em MT

Publicados

em

 

JBNews

Uma reunião entre membros de seis partidos nesta quinta-feira 09, na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), para definir uma chapa que possa enfrentar o grupo liderados pela senadora cassada Selma Arruda e o deputado federal José Medeiros, ambos do Podemos, que vem com forte apoio e apelo popular, após a cassação da juíza aposentada Selma por caixa dois, que não pretende deixar barato a perda da cadeira, luta com unhas e dentes para estar no processo eleitoral no próximo dia 26 de abril de 2020 (data prevista e ainda a ser definida pelo TRE MT), no dia da eleicão suplementar para a vaga de senador em MT.

No jantar estavam também a prefeita de Várzea Grande Lucimar Campos (DEM), e o deputado federal Eamanuel Neto (PTB) .

Um grupo intitulado de suprapartidário estão firmando um pacto de vários partidos e seis pré candidatos para fazer uma pesquisa de avaliação dos nomes em todo Estado, e analisar o melhor nome ou o mais forte, para ser o candidato do Grupo, e que possa enfrentar outros, como o do agronegócio que também quer a cadeira com os nomes de Pivetta (PDT) . Rossato e Carlos Fávaro (PSD), sendo este último o mais cotado e de preferência do governador Mauro Mendes, (DEM)

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputados de MT destacam importância da Conferência Unale em Salvador
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POLITICA

Relator declara perda do mandato de Selma Arruda

Publicados

em

Jb News.

O Senador da República, Eduardo  Gomes, (MDB-Go), relator escolhido pelo Senado para analisar a possibilidade ou não da cassação da senadora Selma Arruda (PODE), julgada e cassada no ano passado (2019) por caixa dois, nas eleições de 2018, proferiu o seu voto no relatório nesta quinta-feira, 19, acompanhando a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE)  que determinou a perda do mandato de Selma .

O  relatório agora será encaminhado para que a mesa diretora do Senado Federal possa colocar em votação pelos seus pares, em plenário.

Nas suas conclusões, a cerca da perda do  mandato, o relator observou os artigos 55, e o parágrafo 3°da Constituição Federal de 1988, e o art.34 do parágrafo 3°do Regimento Interno do Senado Federal (RISF), que dispõe sobre a perda do mandato quando decretada justiça eleitoral, e que tratou tão somente em dar prosseguimento ao que determina o TSE.
Declarando a perda do mandato da juíza aposentada Selma Arruda, por caixa dois, nos mesmos moldes determinado pela Justiça Eleitoral.

Veja aqui :👇

 

Leia Também:  AL-MT aprova ainda hoje subsídios para alunos alimentarem em casa,prisão e multa para quem praticar obuso nos preços dos produtos utilizados no combate ao Coronavirus

 

 

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA