Cidades

Cras Cristo Rei beneficia usuários do sistema com corte de cabelo gratuito

Publicados

em

jB News
Cerca de 20 usuários do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) do bairro Cristo Rei, que procuraram a unidade para atendimento social, nesta segunda-feira (01), tiveram acesso a um espaço montado para cortes de cabelo gratuitamente. A ação integra o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), que visa a interação entre as comunidades.

Os cabelereiros Alexandro Barbosa da Silva; Eder Rodrigues da Silva; Gustavo Henrique Santos de Campos; Heleno Francisco da Guia; Jamile Braz Maciel; Jonny Everson Borges; José Souza Gomes; Kayque Cardoso Maldonato; Luan Carlos Campos; Pedro Henrique Guarghtti; Roberto da Costa e Victor Hugo Campos Souza – que trabalharam de forma voluntária – mudaram o visual dos beneficiários e de pessoas que procuraram o local para informações. Eles são alunos da Niko´s Barber Academy – Academia de cursos na área da Beleza.

A coordenadora da academia, Taniela Maria de Arruda, disse que a academia é uma instituição que trabalha a formação de barbeiros profissionais, iniciantes e aqueles que já atuam na área e oferece também outros cursos na área da beleza. “A empresa tem a sua responsabilidade social e atua em benefício de seu público, tanto interno quanto externo, e sempre que é solicitada participa de ações sociais promovidas por órgão públicos e instituições não governamentais, bem como em ações da própria academia, como o corte de cabelo à pessoas em situação de rua, com intuito de transmitir e oferecer bem-estar, autoestima, confiança e qualidade de vida aos seus modelos”, destacou.

Leia Também:  AMM orienta municípios sobre mudanças na Lei de Improbidade Administrativa

A coordenadora do CRAS Cristo Rei, Lucilene da Silva Amaral, explica que a unidade tem ampliado as parcerias de serviços em prol dos usuários, e que sempre acontece uma ação social, como essa que hoje proporcionou corte de cabelo de forma gratuita, as pessoas que passaram pelo local, além de outras ações como o Guarda Roupa Solidário, que distribui roupas as pessoas mais carentes.

‘É importante que essas parcerias aconteçam porque elas beneficiam, exatamente, quem precisa. É bacana também saber que há pessoas interessadas em ajudar ao próximo, e que dedicam uma parte do seu tempo prestando serviço, atenção e carinho àqueles que necessitam de um olhar e um gesto acolhedor”, elogiou a coordenadora.

A secretária de Assistência Social, Ana Cristina Vieira, disse que todas as unidades sociais de Várzea Grande realizam relevantes serviços à população, e que essa rede de compartilhamento, acontece em todas os CRAS, tanto que os cabeleireiros, já manifestaram o desejo de atender as demais unidades sociais. “E essas parcerias só fortalecem a nossa gestão, que é trabalhar para aqueles que necessitam de nosso auxílio”, pontuou.

COMENTE ABAIXO:

Cidades

Dupla Nico e Lau leva projeto “Juventude Contra as Drogas” para escola do bairro Pedra 90

Publicados

em

Por

JB News

Por Ana Carla Costa

 

Com o objetivo de conscientizar os jovens sobre os danos causados pelo consumo de drogas lícitas e ilícitas, o Instituto Sociológico de Mato Grosso (Isma) e a dupla humorista Nico e Lau estão percorrendo escolas públicas de Mato Grosso com o projeto “Juventude Contra as Drogas”.

 

De forma lúdica, o projeto, que completou no mês de julho um ano, reúne atividades culturais, como teatro, dança, oficinas e palestras voltadas para o público jovem.

Em julho, o projeto desenvolveu várias atividades presenciais e virtuais, uma delas foi o Arraiá do Castro e Juventude Contra as Drogas realizado na Escola Estadual Dr. Mário de Castro que fica no bairro Pedra 90, em Cuiabá. Com muita música, quadrilha e apresentação de Cururu e Siriri, cerca de 500 jovens participaram das atividades do projeto e vão ser multiplicadores das informações, principalmente dos malefícios das drogas e o impacto negativo que elas causam no organismo e nas relações interpessoais.

 

“Foi um sucesso o nosso arraiá consciente na Escola Estadual Dr. Mário de Castro. Nossa intenção com o projeto é conscientizar os jovens com uma abordagem leve e que possa formar, de fato, lideranças escolares e comunitárias para serem multiplicadores de um conteúdo que é de utilidade pública. Os jovens que participam do nosso projeto serão protagonistas e multiplicadores da importância do pleno exercício da cidadania, em especial na prevenção do uso de drogas, sejam elas lícitas ou ilícitas”, destaca o coordenador do projeto, o sociólogo Hélio Silva.

Leia Também:  Chapada é a principal escolha para quem procura cidades menores para morar

 

O coordenador do projeto explica que o ambiente escolar é o campo de atuação onde se pode vencer a batalha contra as drogas e a degradação pessoal e social que ela causa na sociedade.

 

“Não se pode pensar na educação com uma visão simplista do ensinar a ler e escrever. É preciso formar cidadãos conscientes de seus direitos e deveres. Essa formação social e cidadã do aluno é transformadora e possui infinitas possibilidades, inclusive na consciência da necessidade de uma formação que previna o uso de drogas”, frisa Silva.

 

Para Nico, que é da dupla Nico Lau e parceiro do projeto, a conscientização sobre as drogas precisa ser constante, uma vez que o uso aumentou no Brasil durante a pandemia do coronavírus.

 

“Temos uma vasta experiência com campanhas educativas e percebemos que as atividades culturais, como o humor, são eficientes no processo de conscientização dos jovens”.

 

O humor também é utilizado pela dupla nos vídeos aulas do projeto. “Nos vídeos aulas que são apresentados de forma virtual ou presencial para os estudantes de escolas públicas e privadas de Mato Grosso vão ser abordados vários temas com especialistas das áreas, mas a abertura da aula sempre é feita pelos humoristas Nico e Lau. A popularidade e o talento da dupla é um grande atrativo para o jovem. O mais gratificante é ver que o projeto vem dando resultados satisfatórios”, comemora Hélio Silva.

Leia Também:  Prefeito edita decreto e regulamenta criação do Conselho dos Usuários na esfera da administração pública

 

Os vídeos aulas do projeto possuem oito minutos de duração e poderão ser assistidos pelas plataformas das escolas ou pelo canal do YouTube do Projeto Juventude Contra as Drogas . Nos vídeos, os especialistas abordam temas variados. As escolas interessadas em participar do projeto poderão entrar em contato com o Isma através do email: institutosociologicomt@gmail.com. O arrariá educativo na escola estadual do Pedro 90 pode ser assistido pelo canal Youtube do Projeto Juventude Contra as Drogas.

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA