Cidades

Corpo do professor Adriano Silva foi confirmado pra chegar às 15:00hrs em Cáceres

Publicados

em

O  translado funerário foi confirmado pra chegar às 15:00hrs desta tarde de quinta-feira 03, na cidade de Cáceres-MT.

Amigos homenageia professor Adriano Silva com tristeza, choro e distanciamento
Enterro em tempos de pandemia, sem despedidas póstumas, distanciamento e lembranças
Widson Ovando

Amigos do professor Adriano Silva, que faleceu ontem (03) em Cuiabá com suspeita de Covid-19, passaram a noite em trocas de lembranças pelos grupos nas redes sociais em Cáceres e Cuiabá, logo pela manhã decidiram fazer uma carreata em homenagem, lembrando dos cuidados e prevenções exigidas.

“Como não podemos ter uma despedida, vamos homenageá-lo como podemos”, cita um dos comentários. Está programado para assim que o corpo chegar na cidade na entrada do Portal do Turismo, até o cemitério e em seguida param na praça Duque, em frente a residência do professor Adriano.

Neste momento aguardam a liberação em Cuiabá do corpo pela Vigilância Sanitária, em época de pandemia, as despedida comum ,mudou severamente, choro e distanciamento e o que as famílias tem vivido no sepultamento dos seus entes queridos em tempos de pandemia do novo Coronavírus.

Leia Também:  Governo de MT planeja reiniciar aulas de forma não-presencial e contratar os interinos

Mesmo por suspeita, o distanciamento tem sido uma prática diária, no cemitério a rotina dos coveiros e agentes funerários mudou completamente, no local precisam usar vestimentas adequadas, no caixão só eles podem tocar para manusear até a cova, de longe o olhar de tristeza e saudades.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Prefeito de Nova Maringá distribuirá medicamento a toda população para prevenção da Covid-19

Publicados

em

 

_A iniciativa é inédita em Mato Grosso_

A ivermectina, medicamento que está sendo usado no combate à covid-19, será distribuída de forma gratuita aos moradores de Nova Maringá (localizada a 370km de Cuiabá). A medida será adotada pelo prefeito da cidade, João Braga Neto (PSDB), a partir da próxima semana. A iniciativa é inédita em Mato Grosso.

De acordo com o gestor municipal, o objetivo da ação é tratar a população de forma preventiva para atenuar a infecção causada pelo vírus. “Antes das pessoas serem contaminadas pelo vírus, já será ministrado o medicamento”, pontua o prefeito.

A aquisição do remédio foi feita com recursos recebidos do Governo Federal, para as ações de combate à pandemia, após uma criteriosa pesquisa de preço, para otimizar a compra. Toda a distribuição da ivermectina será acompanhada por profissionais da secretaria de saúde. “Serão entregues para as pessoas, com o acompanhamento dos médicos que estão na linha de frente do combate à pandemia, e que atendem no município, além disso estamos realizando os testes diariamente junto à população”, garante o prefeito.

Leia Também:  Policia prende 33 pessoas e desmantela facção criminosa em MT

Ainda segundo João Braga, a decisão foi debatida com os profissionais da saúde sobre as vantagens do medicamento. O prefeito frisa que em conversa com o médico Marco Aurélio Ribeiro, de Cuiabá, há uma “significativa melhora em pacientes sintomáticos tratados com o remédio”.

Vale destacar que um estudo na Austrália, mostrou que a ivermectina possui atividade antiviral, em teste in vitro, contra o vírus causador da COVID-19 (SARS-CoV-2). “Além de estudos, há resultados positivos em outras cidades, como em Porto Feliz, cidade de São Paulo”, explica o médico. Embalada em caixas com quatro ou dois comprimidos, a ivermectina é indicada de acordo com o peso de cada pessoa.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA