Geral

Coronel Fernanda surpreende moradores de Jaciara e Juscimeira com carreatas

Publicados

em

JB News

Os moradores de Jaciara se surpreenderam nesta sexta-feira (23) com a carreata da candidata do Patriota ao Senado, coronel Fernanda, número 511.


O evento foi acompanhado pelos candidatos a prefeito do município, Cláudio Ximenes e do vice, Rogério Berwanger, ambos do PSL, e
candidatos a vereadores e apoiadores da região.

A agenda no município contou ainda com ‘adesivaço’ realizado no comitê jaciarense.

O trio elétrico com a caravana do bem partiu do bairro Planalto e percorreu a área central de Jaciara e as principais avenidas do comércio local.

Juscimeira

Em seguida, foi a vez dos juscimeirenses conhecerem pessoalmente a candidata bolsonarista.

Em carreata, Fernanda liderou o grupo no qual estavam candidatos a vereadores e o candidato a vice-prefeito do município, Eurípedes Goiano(PSL).

Os veículos circularam pela avenida JK, rua Curitiba, Vila Xavier e avenida F, na região da Cidade Alta.

A agenda eleitoral da candidata prossegue pela região Sul do estado neste sábado (24), quando ela participa pela manhã de um arrastão na área central de Rondonópolis e à tarde de uma carreata de 13 quilômetros pelo município.

Leia Também:  Programa Nota MT realiza último sorteio retroativo do ano

Fernanda é a única mato-grossense do sexo feminino que concorre à vaga no Congresso, ela tem como adversários dez homens.

Apesar do grande volume de postulantes ao cargo, apenas a militar tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Justiça Eleitoral investiga esquema de Emanuel por uso da máquina pública e coação de servidores

Publicados

em

7JB News

Da Redação

A prima do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), candidato à reeleição, Miriam de Fátima Nascheveng Pinheiro, foi denunciada à Justiça Eleitoral e passa a ser investigada, por organizar um esquema de favorecimento a Emanuel no 2o turno. Mirian foi flagrada em reunião, durante o expediente, na sede da Secretaria Municipal de Saúde pedindo votos e coagindo os servidores públicos a votarem no emedebista, bem como, a comparecerem em um ato de campanha sob a ameaça de perderem os cargos. As provas foram entregues em Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) e protocoladas neste sábado (21.11).

Conforme a denúncia, Mirian é lotada na Coordenadoria Técnica de Atenção Primária da Secretaria Municipal de Saúde com DGA 3 e a reunião teria ocorrido na manhã da segunda-feira (16.11).

Numa demonstração clara de desrespeito às famílias e uma gestão de perseguição, Miriam incita os servidores a abandonarem os próprios filhos para fazerem campanha.

“Não tem filho, não tem conselho tutelar que vai tirar a criança de vocês por 13 dias só. Não tem marido ciumento, não tem nada, vão pra rua. Ano que vem, se aquele louco ganhar, todo mundo vai pra rua. Aqui todo mundo tem cargo, tem emprego, tem benefícios e ninguém cobra nem o ponto de vocês aqui dentro. Ninguém sabe quem vai ficar no meu lugar, no lugar da Suelen. Eu  preocupada com tudo que foi construído até hoje, vai tudo por água abaixo. Se deixar pra acordar ano que vem, ano que vem vai tá todo mundo na rua, é isso que vai acontecer.”

Leia Também:  Binotti arrasta multidão na “Caminhada da Vitória”

Nas gravações enviadas à Justiça Eleitoral, Miriam obriga os servidores a comparecerem em um adesivaço do candidato e determina estratégias de atuação junto à policlínicas, UPA’s e Postos de Saúde. “Nós vamos pra rua, todo mundo, porque todo mundo precisa do cargo aqui! E outra, vai ter adesivaço às duas horas aqui, quem tiver com o carro adesivado com o vereador e tal, por favor, tirem e coloquem só do Emanuel pra destacar melhor”.

Além da prima de Emanuel Pinheiro, o coordenador técnico da Secretaria de Saúde, Gilson Guimarães, afirmou que as redes sociais dos servidores estão sendo todas monitoradas. “Qual o primeiro passo, todos aqueles que estão com o Emanuel, todos aqueles que estão nessa caminhada, vai fazer o monitoramento da rede de quem está tá! Vai trocar já a imagem”, ordenou Gilson.

A Lei das Eleições veda a utilização da máquina pública em benefício de candidatos, conforme o rol de condutas vedadas a agentes públicos do art. 73 da Lei 9.504/97. Além disso, a Polícia Federal e Ministério Público devem investigar os crimes de coação e ameaça aos servidores públicos e compra de voto mediante oferta de benefícios ao eleitor, como cargos na administração pública.

Leia Também:  Em MT, sai Arcanjo e entram os financistas do agro”, dispara Euclides Ribeiro

 Audio Miriam.mpeg

AIJE – ABUSO DE PODER POLÍTICO

Outro lado

Emanuel Pinheiro negou a veracidade da denúncia. Disse que a Miriam não é servidora do município, que foi exonerada em agosto desse ano, para sua candidatura a vereadora, em Várzea Grande.

Confira a nota completa 

O prefeito de Cuiabá e candidato à reeleição, Emanuel Pinheiro (MDB), informa que a denúncia realizada na tarde de hoje (20), não é verídica. A senhora Miriam de Fátima Nascheveng Guimarães Pinheiro não é servidora do município de Cuiabá. Ela reside em Várzea Grande onde possui o seu domicílio eleitoral. Foi exonerada da rede municipal de Saúde para concorrer a cargo eletivo pela cidade de Várzea Grande em 14  de agosto de 2020.

Portanto, os fatos narrados dizem respeito a uma iniciativa exclusivamente pessoal, ação de uma cidadã sem nenhum vínculo com o Poder Público Municipal da Capital.

Nesta oportunidade, Pinheiro reafirma que cabe, exclusivamente à ela, responder por seus atos e que jamais coadunará com medidas que transgridam os princípios éticos da gestão publica e da democracia.

  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
  • Abílio e Wellaton denunciam prima de Emanuel por coagir servidores; ouça o áudio
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA