Esportes

Copa do Brasil 2020: CBF divulga tabela detalhada da competição

Publicados

em

 

A Confederação Brasileira de Futebol divulgou na tarde desta sexta-feira (10) a tabela detalhada da 1ª fase da Copa do Brasil – Edição 2020. Três mato-grossenses disputarão a fase inicial, enquanto, o Cuiabá entrará diretamente nas oitavas de finais.

As primeiras equipes a estrearem serão Operário e Luverdense, no dia 5 de fevereiro. O Tricolor Várzea-grandense enfrentará o Santa Cruz-PE, às 18h15 (horário de Mato Grosso), com a tabela marcando o confronto para a Arena Pantanal.

No mesmo dia, o Luverdense visita o Bahia de Feira, às 19h30 (horário de Mato Grosso), na Arena Cajueiro, em Feira de Santana-BA.

Na quinta-feira, dia 6, será a vez do União receber o Atlético Goianiense, às 20h30 (horário de Mato Grosso), no estádio Luthero Lopes, em Rondonópolis.

Confira os jogos:

Operário x Santa Cruz – 05/02, às 18h15 / Arena Pantanal

Bahia de Feira x Luverdense – 05/02, às 19h30 / Arena Cajueiro

União x Atlético-GO – 06/02, às 20h30 / Estádio Luthero Lopes

Tabela detalhada em PDF.

Higor Vinicius Ramos /

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Governo de entrega mais 20 UTIs na Santa Casa nesta sexta-feira
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

Atletas cobram quitação do “Programa Bolsa Atleta” em MT

Publicados

em

JB News

Atletas das modalidades do Ciclismo Olímpico, Cross Country Olímpico e Cross Country Maratona, que ingressarem junto ao novo Governo de Mato Grosso (SECEL), requerendo inclusão no Programa Bolsa Atleta, cobram uma solução da divida do govero, para com os atletas mato-grossense, cita Elber dos Santos, um dos que ainda não recebeu a Bolsa Atleta. Esse programa tem um atraso de 7 anos, segundo levantamento das federações e atletas, a divida beira a casa dos 10 milhões de reais. Só para os atletas do esporte do pedal, fica em torno de três milhões e meio. Manoel Lima, dirigente da FMTC cita que por 5 anos consecutivos, o ciclismo é a modalidade que mais protocolou pedidos de inclusão ao programa. Conquistamos nas temporadas de 2010 a 2014, vários títulos em nível nacional, cinco vice-campeonatos e inúmeras outras posições entre os seis melhores do país, dando direito aos atletas de ingressarem com as solicitações. Em campanha, Mauro Mendes, prometeu dar uma definição a esta divida do gover, para com os atletas, lembra Elber dos Santos. A proposta deste governo é de mudança e queremos que de fato, o Estado de Mato Grosso, possa realmente contribuir com o esporte amador. O ciclismo regional é a modalidade amadora que mais requerer inclusão junto ao citado programa de apoio aos atletas amadores, finaliza Lima.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Deputado Wilson Santos cobra políticas públicas de combate à mortalidade infantil em MT
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA