Economia

Consignado: servidores federais poderão comprometer até 40% do salário

Publicados

em

Taxa foi aumentada de 35% para 40%
Reprodução

Taxa foi aumentada de 35% para 40%

O presidente Jair Bolsonaro editou uma medida provisória  (MP) que aumenta de 35% para 40% o valor máximo do salário de servidores públicos que pode ser destinado para empréstimos consignados. A MP foi publicada nesta quinta-feira (4) no Diário Oficial da União (DOU) e entra em vigor imediatamente.

Do total de 40%, 5% devem ser destinados exclusivamente para a amortização de despesas contraídas por meio de cartão de crédito, incluindo na finalidade de saque. Não poderá ser contratada uma nova consignação quando a soma de descontos alcançar 70% do salário.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

Caso não haja outro regulamento específico, o mesmo limite de 40% vale para servidores públicos federais inativos, militares das Forças Armadas (inclusive da reserva), empregados públicos federais da administração direta, autárquica e fundacional e pensionistas de servidores e de militares.

Leia Também:  2021 começa com alta na Intenção de Consumo das Famílias em Cuiabá

Antes de cada contratação, terá que ser informado o “custo efetivo total e do prazo para quitação integral das obrigações assumidas”.

Bolsonaro havia vetado trecho de MP

Uma alteração semelhante havia sido incluída durante a tramitação no Congresso de outra MP que trata de empréstimo consignado. Entretanto, ao sancionar o texto, Bolsonaro vetou esse trecho, por sugestão do Ministério da Economia.

De acordo com a Secretaria-Geral da Presidência, a proposta estava “disciplinada em termos imprecisos, que terminavam, por exemplo, por restringir as espécies de consignações permitidas, excluindo várias outras”.

O texto anterior citava que 35% das consignações seriam destinadas “exclusivamente para amortização de prestações relativas a operações de empréstimo, financiamento e arrendamento mercantil”.

Na justificativa do veto, a Economia alegou que essas “são apenas uma das modalidades passíveis de serem consignadas em folha pelo servidor” e que por isso “a proposição legislativa excluiria a possibilidade de consignar outras modalidades na margem facultativa, o que poderia caracterizar reserva de mercado, ao privilegiar instituições financeiras em detrimento de outras”. O novo texto não detalha as operações possíveis de empréstimo consignado.

Leia Também:  Max Russi participa de lançamento de obras de usina de álcool e cita desenvolvimento industrial

Outra mudança é que não havia citação ao limite de 70%, o que “poderia favorecer o descumprimento de obrigações já assumidas pelos servidores perante as instituições consignatárias”, segundo a Economia.


Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:

Economia

10 dicas para se sair bem na dinâmica em grupo

Publicados

em

Por

10 dicas para se sair bem na dinâmica em grupo
Redação EdiCase

10 dicas para se sair bem na dinâmica em grupo

Saiba como se preparar para essa fase do processo seletivo

Por Eco Editorial

A dinâmica em grupo é a etapa do processo seletivo em que os candidatos interagem uns com os outros para desenvolver determinadas tarefas em equipe. Esse tipo de teste costuma ser muito cobrado, por isso, é fundamental estar preparado para ele. Confira a seguir 10 dicas para se sair bem e garantir uma vaga.

Invista na carreira profissional que você gosta

1. Conheça a empresa

Procure se informar sobre a empresa e a vaga antes de iniciar a dinâmica. Pode haver perguntas sobre isso.

2. Preste atenção ao vestuário

Procure descobrir como as pessoas nessa empresa se vestem. Na dúvida, opte por roupas clássicas.

3. Seja você

Não tente fingir o que você não é, buscando “acertar” qual é o perfil desejado para a vaga. Os profissionais da seleção costumam saber quando alguém está fingindo. Seja autêntico!

Leia Também:  INSS: quem ganha acima do salário mínimo recebe na semana que vem

4. Fale o essencial

Não fale demais, tentando “roubar” o tempo dos outros ou interrompê-los o tempo todo. Mas também não fique quieto demais. Apresente e defenda as suas ideias.

Entenda a importância da inteligência emocional no trabalho

5. Faça parte do grupo

Participe ativamente das atividades em grupo, dando ideias e colaborando com os demais.

6. Cuidado com as gírias

Não use gírias e palavrões. Evite vícios de linguagem , como o excesso de gerúndio.

7. Escute com atenção

Para não repetir o que já foi dito, escute com atenção os demais candidatos.

8. Preste atenção na explicação do recrutador

Atente-se à explicação do recrutador. Há várias atividades que avaliam justamente a atenção do candidato.

Saiba como se comportar nas entrevistas e evite gafes

9. Seja pontual

Chegue 15 minutos antes do início da dinâmica.

10. Deixe a timidez de lado

Por mais que você seja tímido e não goste de participar de dinâmicas em grupo , entenda que em algum momento vai ter que passar por isso. Apenas faça o seu melhor e lute pela vaga desejada.

Leia Também:  2021 começa com alta na Intenção de Consumo das Famílias em Cuiabá

Confira mais dicas de carreira na revista ‘Sim, você pode!’

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA