Economia

Comissão prepara evento para debater internacionalização de MT

Publicados

em

Foto: Helder Faria

A Comissão de Relações Internacionais, Desenvolvimento e Aperfeiçoamento Institucional da Assembleia Legislativa apresentou, nesta terça-feira (3), informações sobre a convenção que será realizada no dia 2 de junho, com o objetivo de discutir a internacionalização do Estado de Mato Grosso.

Conforme o presidente da comissão, deputado Gilberto Cattani (PL), o evento será realizado no Teatro Zulmira Canavarros e contará com a participação de autoridades estaduais e nacionais, professores universitários e representantes de instituições públicas e privadas. “É o Estado de Mato Grosso se abrindo não só para o Brasil, mas para o mundo”, destacou o parlamentar.

Durante reunião, que também contou com a presença do deputado Carlos Avallone (PSDB), Cattani questionou o Governo do Estado acerca das medidas tomadas após o embargo imposto pela União Europeia em 2018 a dois frigoríficos mato-grossenses. Com a decisão, as empresas foram proibidas de exportar carnes para países do bloco.

“Queremos saber o que de fato está sendo feito para que isso seja sanado, pois resulta em perda de arrecadação do Estado”, declarou o presidente da comissão.

Leia Também:  Imitáveis lança trailer de filme sobre Jacildo e Seus Rapazes

Tecnologia – A reunião contou ainda com a presença do diretor de expansão da Cronos Bank, que apresentou os benefícios da utilização da tokenização pelo setor do agronegócio.

“Esse setor pode ser lastreado tanto em soja, milho, gado ou qualquer outro setor produtivo originário do estado. A negociação é feita mundialmente e sem intermediários. Ela não fica limitada a um grupo seleto de investidores, você pode ter tanto o investidor individual, como hoje existe a comercialização das criptomoedas, quanto os adquirentes de grandes grupos que acabam comprando o produto brasileiro em grande escala”, explicou.

Na avaliação de Cattani, a utilização da tecnologia pode ser benéfica também para os pequenos produtores. “Através do conhecimento desse processo, podemos criar mecanismos no estado para que os pequenos produtores também possam acessar esse tipo de mecanismo econômico”, frisou.

Fonte: ALMT
COMENTE ABAIXO:

Economia

Governo de MT já liberou mais de R$ 5,1 milhões de créditos a pequenos empresários em 2022

Publicados

em

Por

Liberação de créditos é facilitada com auxílio de agentes credenciados, afirma presidente do Desenvolve MT

Vitória Kehl | Desenvolve MT

Governo de Mato Grosso, por meio da agência de fomento Desenvolve MT, já liberou mais de R$5,1 milhões em crédito para apoiar pequenos e micro-empreendedores mato-grossenses, fortalecendo os negócios, e gerando emprego e renda nos municípios.

O valor considera os recursos liberados entre janeiro a maio de 2022, quando foram formalizados 241 contratos em 49 municípios, por meio da plataforma digital e agentes de crédito credenciados. Entre os 15 municípios que mais tomaram crédito neste ano, 11 possuem agentes que facilitam o acesso e dão suporte para o empreendedor durante todo processo de contratação.

Atualmente, a agência possui 40 municípios parceiros e 15 entidades de classe que prestam apoio e atendimento aos empreendedores. A oferta de crédito potencializa o desenvolvimento das cidades ao financiar pequenos negócios, contribuindo na geração de emprego e renda.

Silvana Camargo, proprietária da academia Top Fitness em Vila Rica (1.272 km de Cuiabá), é um exemplo de empreendedora que conseguiu o recurso da Desenvolve MT para investir em equipamentos e melhorar a estrutura do seu negócio. Microempresária de um dos setores mais afetados na pandemia da Covid-19, ela conta que ficou sabendo do crédito por meio da agente de crédito da sua cidade.

Leia Também:  Colunista: “Ajuste fiscal do governador de MT permitiu melhoria da malha rodoviária”

“Ela me explicou as possibilidades de crédito para microempresários e me ajudou a correr atrás dos documentos. O trabalho dela foi fundamental. Começamos a montar o processo e em 15 dias foi liberado o crédito em minha conta”, explica Silvana.

 

A agente de crédito de Vila Rica, Alva Pinnow, destaca que o trabalho dos agentes é considerado um papel essencial para pequenos empresários e a economia do município. Eles são parceiros da Desenvolve MT, atuando na oferta de crédito e prestando atendimento e orientação ao empreendedor. “Nosso trabalho é fundamental para orientar e ajudar as pessoas na hora de solicitar o crédito e enviar as documentações necessárias, no processo que elas possuem certa dificuldade”, afirma.

Conforme o presidente da Desenvolve MT, Jair Marques, os municípios com maiores destaques são onde os gestores locais e as entidades representativas estão atentas às oportunidades e parcerias que podem ajudar a movimentar a economia.

“Os agentes de créditos são necessários para a agência atuar com mais efetividade nos municípios. Durante a pandemia nós atuamos firmemente na manutenção de empresas e empregos, com índice de inadimplência baixíssimo. Temos foco específico em cuidar do pequeno e para isso, é importante a habilitação dos agentes nos municípios”, ressalta.

Municípios 

Com R$362.776,20 em créditos liberados, Várzea Grande foi um dos maiores beneficiários do crédito concedido aos empreendedores, de janeiro a maio deste ano.

Leia Também:  COT UFMT será inaugurado nesta terça-feira

Entre os 15 municípios que mais obtiveram crédito com a Desenvolve MT,  destaque para Cuiabá R$2.365.844,57, Rondonópolis R$271.572,57, Sinop R$219.765,92, Santo Antônio do Leverger R$210.941,09, Guarantã do Norte R$207.119,72 e Vila Rica R$134.433,19.

Para expandir a oferta de recursos, a agência tem percorrido municípios do Estado, reunido com prefeito e lideranças para entender as demandas locais e apresentar os produtos da agência.

Confira abaixo os municípios que mais tomaram crédito em 2022, no período de janeiro a maio:

Capacitação

Os agentes de crédito credenciados são capacitados pela Desenvolve MT para atuarem na oferta de crédito, por meio de prefeituras e associações, às empresas que atuam nos diversos setores produtivos.

Por meio da qualificação, os agentes compreendem sobre todas as linhas de crédito da agência, cadastro, envio de documentos e o funcionamento da plataforma online de solicitação do crédito. Dessa forma, se tornam aptos a orientar e prestar um bom atendimento aos empreendedores dos municípios parceiros.

Até maio, três cursos onlines foram ministrados para 37 agentes e colaboradores de prefeituras do interior do estado e de Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDLs).

(Com supervisão de Livia Rabani)

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA