CUIABÁ

Coach cuiabana lança livro sobre transição para aposentadoria

Publicados

em

O lançamento e a noite de autógrafos do livro “Coaching para Aposentadoria” serão nesta quarta-feira (27), às 19h, na Livraria Saraiva do Shopping Estação

A coach cuiabana Neide Arantes, a Matrix Editora e a Saraiva promovem nesta quarta-feira (27), às 19h, na Livraria Saraiva do Shopping Estação Cuiabá, o lançamento do livro “Coaching Para Aposentadoria – 100 perguntas para pensar a transição de vida”.

O livro será um estímulo para ajudar as pessoas no processo de coaching e transição de carreira para a aposentadoria. A ferramenta abrangerá reflexões sobre as oportunidades que podem surgir na fase da terceira idade, enquanto momento favorável para colocar em prática sonhos que estavam adormecidos.

“Esta obra tem a proposta de abrir o diálogo com essa população e mostrar que tem vida pela frente após a aposentadoria. É olhar para a plenitude, para o que pode ser apreendido, realizado, construído, vivenciado”, explica a autora do livro, a coach Neide Arantes.

Principal ferramenta do coaching, as perguntas poderosas que compõem o livro abordam temáticas diversas, como autoconhecimento, relacionamentos interpessoais, vida social, amizade, autocuidado, realizações, carreira, dinheiro, construção de legado, entre outro.

Neide avalia que o objetivo do livro é incentivar as pessoas a pensarem e falarem sobre a importância de se planejar para viver a aposentadoria. (ou algum outro momento de transição) de forma ativa, dinâmica, consciente. Não é um livro para ser folheado e sim vivenciado, sentido. É para ser utilizado em workshops, em processos de coaching de carreira, rodas de conversas com os amigos, com familiares aos domingos para trazer atitudes que façam a diferença na vida das pessoas”, comentou.

Leia Também:  Aron Dresch é reeleito presidente da FMF

Questionada se o livro é focado para aquelas pessoas que já se aposentaram ou estão prestes a se aposentar, a escritora revela que o livro conta com perguntas para a vida e carreira em geral, ou seja, serve também para quem ainda não está em período de aposentadoria”, argumentou.

NOVO CICLO

Com o objetivo de trazer conteúdo prático e acessível, a fim de facilitar a compreensão e reflexão das pessoas sobre um novo ciclo e sem medo, o livro traz questões reflexivas e assertivas, capazes de instigar o (a) leitor (a) a lidar com suas indagações internas de forma honesta, profunda e leve.

“É uma proposta que traz o convite para a pessoa se olhar e encarar com verdade essa fase que, se planejada, pode ser vivida com plenitude, alegria e muita vida ativa. Ajuda a pessoa a se ver e a se orientar considerando o que faz sentido pra ela. Ou seja, após a aposentadoria, se a pessoa quiser aproveitar seus talentos para vivenciar uma nova atividade profissional ou se quiser parar com tudo ligado ao trabalho, que seja uma escolha consciente e positiva para si”, exemplificou Neide Arantes.

LONGEVIDADE

Pesquisa divulgada pelo jornal Folha de São Paulo em março deste ano aponta que o Brasil é o 4º país do mundo em que a expectativa de sobrevida aos 60 anos mais cresce, com tendência de viver até os 82 anos. O processo de longevidade no Brasil mudou a pirâmide etária populacional. Antes, os idosos eram em menor quantidade, o que se inverteu ao longo dos anos. Essa nova dinâmica tem aberto mercado de trabalho aos mais maduros, com expectativa de novos aprendizados, para o que é novo.

Leia Também:  Exposição traz fotos do Pantanal mato-grossense assinadas pelos fotógrafos José Medeiros e Deny Kobayashi

SOBRE NEIDE ARANTES

Coach de Carreira com a missão de atender mulheres em transição de vida e carreira, especialmente aquelas acima dos 50 anos. Administradora, advogada, analista judiciário aposentada.

Formada em Coaching pelo Integrated Coaching Institute – ICI e Instituto Maurício Sampaio – IMS, idealizadora do Programa Maturidade Ativa (preparação para aposentadoria), analista comportamental DISC, Facilitadora Points of You e Consteladora Organizacionacional- Instituto Oca.

Experiente, madura, sensata, Neide já empreendeu e atuou nas áreas privada e pública, em especial na seara jurídica. É sócia fundadora da Pipou Consultoria e Coaching, empresa familiar e cuiabana, que atua ajudando pessoas a reinventarem suas carreiras e seus negócios.

Mãe, avó, criativa, de espírito jovem e inquieto, primorosa e responsável com suas entregas, planeja e se antecipa às mudanças, alegre, positiva e sábia. Experiente, sensata, e agora, autora, que adora compartilhar o que sabe!

CRÉDITOS DAS FOTOS: Bruno Pini

COMENTE ABAIXO:

COVID-19

Único médico da Câmara Municipal defende medidas duras, mas é contra lockdown

Publicados

em

Por

 

Da Assessoria

Único médico vereador na Câmara Municipal de Cuiabá, o Dr. Luiz Fernando (Republicanos), afirma que é a favor de medidas mais duras e drásticas para conter a disseminação do vírus da covid-19. Porém, adianta que não é a favor do lockdown já que os comerciantes seriam “sangrados” novamente com a decisão do fechamento.

Para o médico, é grande a preocupação sobre o aumento de casos da covid-19, já que a taxa de ocupação de leitos das Unidades de Terapia Intensiva (UTI), está em 90%.

“O Poder Público precisa aumentar o número de leitos, enfermarias e UTI’s. Mas, para mim esta não é a solução. A população precisa se conscientizar da gravidade da pandemia e evitar as aglomerações. Claro que o Poder Público também deveria reduzir a quantidade de pessoas principalmente no transporte público porque não tem distanciamento algum. Vejo pessoas denunciando que tem gente contaminadas dentro dos ônibus e não fazendo uso de máscaras. Precisa-se aumentar o número de frota também”, detalhou.

*Toque de recolher*

Para, o Dr. Luiz o toque de recolher neste momento é essencial.

Leia Também:  Projeto abre inscrição para festival de música autoral em Cuiabá

O Governo de Mato Grosso anunciou novas medidas restritivas que visam frear o contágio da covid-19 no estado, a exemplo de restrição de horários para atividades econômicas e toque de recolher após às 21h. O decreto foi assinado pelo governador Mauro Mendes nesta segunda-feira (01.03), após reunião com os Poderes, instituições e prefeitos dos 141 municípios.

Na quarta-feira (3), a Câmara Municipal terá sessão extraordinária às 9h para apurar o Projeto de Lei encaminhado pelo prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro em regime de urgência. O Projeto de Lei que prevê penalidades e sanções para pessoas e estabelecimentos comerciais de qualquer natureza que descumprirem o decreto nº 7.849 de 20 de março de 2020 que impõe uma série de medidas emergenciais e temporárias para combater a proliferação da Covid-19 na Capital.

Nesta terça-feira (2), a Câmara Municipal de Cuiabá já fechou o atendimento ao público e os vereadores reduziram o total de servidores em seus gabinetes. Atualmente a Casa tem 11 servidores contaminados sendo medicados em casa.

*Confira as novas medidas: *
– De segunda à sexta, proibição de todas as atividades econômicas das 19h às 5h. Aos sábados, a proibição será após o meio-dia. Nos domingos, nenhuma atividade será permitida. A exceção fica por conta das farmácias, serviços de saúde, funerárias, postos de gasolina (exceto conveniências) e indústrias.

Leia Também:  Pinheiro sanciona lei com penalidades mais duras por descumprimento de medidas de biossegurança

– Nos horários permitidos, as atividades econômicas deverão respeitar as medidas de segurança, como o uso de máscara, distanciamento e limitação de 50% da capacidade máxima do local.

– Os serviços de entrega por delivery seguem autorizados até às 22h.

– O transporte coletivo e congêneres (Uber, 99, etc) podem funcionar normalmente.

– Toque de recolher a partir das 21h até às 5h, com proibição de circulação.

– Projeto de lei que prevê multa a pessoas físicas e às empresas que descumprirem as normas, bem como notificação à Polícia Civil e Ministério Público.

– Nos órgãos públicos estaduais, fica suspenso o atendimento presencial em todas as secretarias e órgãos do governo, com exceção das unidades finalísticas. Quanto a jornada de trabalho, cada secretaria/autarquia vai disciplinar medidas para redução do fluxo de pessoas.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA